SOU VICIADA EM LIKES!

34

Alguém já viu algum viciado(a) em likes admitindo a “doença”? Eis uma reflexão sobre esse novo mal moderno kkkkk.

Assine o Canal e clique no sininho para ativar as notificações!

Fanpage, InstagramTwitter

Snapchat (pergunteamulher)

Meu facebook pessoal (só não vejo inbox kkk)

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.

  • mariana cobra

    Lú, sou sua fã e amo os conteúdos que vc cria, mas esse vídeo ficou muito ruim.
    Produção/luz/vc e toda parte técnica é nota 10, mas o conteúdo deixou a desejar. Esse tema é extremamente rico e vc poderia tê-lo usado com um outro viés, afinal, a sociedade atual perece em nome da vaidade, de vidas paralelas e de problemas psicológicos derivados da substituição do contato humano pelo virtual.
    A semana passada mesmo teve várias matérias em diversos canais de notícia sobre o fenômeno dos “hikikomori”, ou pessoas que vivem reclusas em pleno século XXI. Uma patologia identificada no Japão nos anos 90 e que hoje configura-se como problema de saúde global.
    Ser viciada em like (não trabalhando com isso) é problema e não deve ser incentivado com “tire fotos melhores que os likes virão”. Tenho alguns exemplos bem próximo de pessoas que vivem somente no mundo online e a vida real é deixada totalmente de lado.
    Ser viciada em like já é um grande sinal que alguma coisa não está ok e está na hora de procurar ajuda psicológica urgente…
    É mega legal receber atenção e ver que as pessoas se importam, mas será que likes é a melhor forma de demonstração qdo a pessoa não vive disso?
    Bjo gata.

    • Também tem o primeiro episódio da terceira temporada de Black Mirror que aborda, não o vício, mas algo que já tá começando a acontecer. As pessoas serão medidas por seus likes

      https://pt.wikipedia.org/wiki/Nosedive

      • mariana cobra

        Eu não estou conseguindo encontrar o artigo que li sobre o “isolamento extremo” causado pelas redes sociais que hoje é problema de políticas públicas.
        Jovens que vivem trancados em seus quartos imersos em redes sociais e jogos online….e sim, não precisamos ir muito longe ou pensar que pessoas serão avaliadas pela quantidade de curtidas no futuro…isso já acontece.

      • O mundo é o que é sempre será.

    • vixi Mari, vou ter que dizer, concordo com vc
      Eu falei só do ponto de vista de quem trabalha com isso, mas realmente a doença é um caso sério e daria outro vídeo.
      Vc tem razão e achei sua crítica super construtiva! Obrigada por ela

      • mariana cobra

        Deve ser muito difícil criar conteúdo na frequência que vc cria, por isso é normal focar somente num ponto de vista.
        Sempre que eu ver alguma coisa diferente vou te mandar e-mail com ideias. 🙂

        • Pode sim, achei sua ideia muito válida e muito coerente Mari
          E sabe oq rola em vídeo tbm? Ainda q tenha vídeos longos, tento fazer com que não fiquem TÃOOO longos. Nisso as vezes acabo pegando um foco e me esquecendo de outros, kkkk. Mas realmente rola super a parte dois e pode mandar sugestões de vídeos sempre. Nem sempre estou inspirada para fazer, mas vai q estou? E pode servir de tema futuro, etc!
          ah, notícias, polemicas etc pode me mandar por aqui ou por email

          • Jps

            Feminismo, machismo, racismo reverso…….to ai alguns temas polêmicos, hahaha

            Deixando as brincadeiras de lado, o video poderia ter sido mais curto mesmo, mas tudo bem também. Que nem a Mari disse, deve ser complicado criar conteudo e pelo que eu entendi, esse vídeo foi mais para comentar sobre o assunto do que fazer uma dissertação profunda.

          • Eu nao ligo mt pra tamanho de vídeo, tipo tento fazer mais curto, mas seee ficar longo posto mesmo assim, até pq galera q ama youtube mesmo em geral até prefere video logo (como disse, não é regra). Agora no foco do conteudo – que foi oq a Mari deu opinião e super concordo- ai tento observar mais.
            Agora assim, em geral, o site tem mais conteúdo do que o Youtube por motivos óbvios (nao consigo fazer milagres no tmepo de vídeo, mas vamos tentando kkk)

          • Jps

            Acho que depende muito do video e esse especificamente pareceu mais longo. Eu já vi videos sobre forja de espada no estilo medieval que duravam 19 minutos e não tive problema, haha
            (sim diferente o conteudo, hahaha)

            É meio modinha, mas você podia tentar fazer aquelas famosas TAGs com outros youtubers, ou até colegas seu e no seu caso, voltar mais para relacionamento e coisas do gênero.

          • Isso q vc disse eu já faço kkkkkkk colab fiz não tem uma semana loke

          • Jps

            haha sim, já até vi alguns

            Falo das Tags, ou challenge, sei la.

            Tipo, “50 coisas sobre mim”, “Eu nunca”, “Jogo do Troca” e demais coisas, rs

          • 50 fatos sobre mil Vo fazer com 50 mil!

          • Jps

            Tendi, então estamos no aguardo, rs

          • Pudim

            Esse vai ser engraçado! hehe

          • mariana cobra

            Eu vi um sobre forja de facas com cabo de aço…super massa e se eu tivesse espaço em casa ia tentar a sorte kkkkkkkkkkk

          • Jps

            Haha, é então, mas quem sabe um dia, né?

            Youtube é uma fonte muito boa de coisas uteis e inuteis, rs…..é um perigo para quem quer passar o tempo.

      • mariana cobra
        • “O casal começou um canal no Youtube em maio deste ano com o objetivo de mostrar “a vida real de um casal jovem que são pais adolescentes”. … q tristeza

        • João Emanuel

          Isso se chama Banana comandado por mulher tem aos montes só claro os mesmo vai se defendidos pelas domadoras deles esse otário teve o que mereceu fica com exemplo para esse monte de pasteleiros aprende a ser homem se posicionar diante de uma puta homicida igual a essa e que digas de passagem O MUIE FEIA nossa senhora narizão eeeeeca.

  • Rodrigo Silva

    Eu acho que deveriam criar uma clínica de reabilitação para viciados em like. Conheço muita gente fanática por isso.

    • Clínica Deslike, onde você não é curtido.

      • hadassa

        Verdade o mundo que vivemos hoje no século 21 tá um saco ninguém presta atenção em ngm sabe mais de comunicar ao vivo em quem está a seu redor.
        As pessoas estão doentes e viciadas só vivem de cabeça baixa nos seus smarth conectados em suas redes sociais e querendo vê suas coisas postadas foram curtidas e compartilhadas aff.

  • Jps

    Se a pessoa é viciada especificamente nos likes, porque precisa da aprovação alheia, nesse caso eu aconselho a ir para algum terapeuta. Ela pode também conversar com alguém próximo para tentar ver de onde vem essa carência toda por atenção.

    Mas se a pessoa gosta mesmo de postar fotos do dia-dia, e não se importa quem está olhando, ai meu conselho é totalmente diferente. Faça algum curso de fotografia, trabalhe bastante para comprar um celular/câmera melhor e porque não se especializar nisso. Hoje em dia, a internet da muitas possibilidades diferentes de ganhar dinheiro e porque não fazer algo que a pessoa gosta. Claro que deve ser muito dificil, muito mais no Brasil, mas se ela conseguir equilibrar com uma outra fonte de renda mais estável, não vejo problema.

  • Jps

    hahahah, mas ta certa.
    Quem ta ai com site, canal no youtube, facebook com vários seguidores é você, haha

    Nós só damos nossa opinião, porque queremos te ajudar a aumentar o canal, mas podemos errar na dica também sem querer. Continue a seguir seu jeito que os seguidores que você já tem vão permanecer e com o tempo você vai conseguir mais.

  • Pudim

    Posta foto dos seus pés, Luiza. Vai chover like no Instagram! hahahaaha

  • Pudim

    Amo sim. <3

    Pô, Luiza. Foto de sapato quem gosta são as mulheres. A gente gosta de ver os pés descalços mermo! hauahua

  • Pudim

    Ah, isso é verdade. Tem muito cara sem noção mesmo, que acha que pode comentar qualquer coisa. É cada um que a gente vê…

    Pensando melhor, não posta nada não. Vou continuar te amando mesmo de sapato fechado. <3

    • ahhhh, aí sim!!!!!!!!!!!
      pelo visto seu perfil no instagram tá com um nome d homem aleatório em q eu não saberia q vc é vc ne? kkk

      • Pudim

        Sim. XD Quer dizer, tá o meu nome mesmo. Não é perfil fake não.

        Eu não te sigo, mas sempre vejo suas fotos. <3

        • então trate de seguir ainda mais q vc tem fake pra incentivar a Lu o/
          Apesar d q no insta é super d leves e mesmo sem fake seria de bobs tbm kkk