Não consigo me livrar de um cara que é estúpido e abusivo comigo:

13

Leitora: Olá tenho 31 anos vivo com um cara que esta longe de ser o que eu sempre sonhei é estúpido grosseiro por varias vezes já me bateu ai todos me perguntam pq de eu ainda esta com ele ..então medo de sair da vida dele e ele voltar quando me ver com outro ps já fiz a experiencia …outra questão flata de emprego ..ele não deixa eu trabalhar não me da condições de sair e busca algo..todos os dias ele diz a mesma coisa se não esta bom caia fora …me ajuda minha forças estão no fim …ele me destrói todos os dias com a palavras doloridas que saem da boca dele.

relacionamento destrutivo

Amiga, 31 anos no lombo e brincando de casinha dos horrores? Vamos acordar pra vida e parar de sonhar com o príncipe encanto porque o lobo mau tá derrubando a sua porta e o fim dessa história não tem felizes para sempre.

Aqui no site temos vários exemplos e aconselhamentos sobre como sair de um relacionamento abusivo, clique no link e leia tudo a respeito, certamente irá ajudá-la.

Por outro lado, você disse que tem medo de como ele possa reagir a separação, mas saiba que existem órgãos públicos voltados a romper o ciclo da violência doméstica.Faça a sua parte e procure o CRAM (Centro de Referência de Atendimento à Mulher em Situação de Violência), que é um órgão vinculado a Secretaria Municipal de Assistência Social e é especializado na sua problemática. Lá eles irão te ajudar com questões emocionais, acompanhamento psicológico, segurança, recolocação no mercado de trabalho, etc. Caso seu município não tenha a parte social e assistencial estruturada, serve também procurar ajuda no CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social) da sua região.

Não preciso nem citar as delegacias da mulher, pois eles serão acionados como parceiros da rede de proteção a mulher caso compareça ao CRAM ou CREAS.

Dei dicas práticas, porém, tudo vai depender da sua real força de vontade em sair dessa vida, pois você disse que ele te pressionaria ao vê-la com outro como já o fez. Na verdade, não pense em ter OUTRO ao menos uma vez na vida, PARE de pensar em homem ou relacionamento e tente viver SOZINHA, até que consiga caminhar com as próprias pernas e ser feliz consigo mesma.

Trabalhe sua baixa autoestima, procure ajuda psicológica através do SUS ou até mesmo faculdades com o curso de psicologia que dispõe de núcleos de atendimento. Ajude-nos a lhe ajudar.

Não há informações se há ou não filhos nesse relato, mas se houver, busque forças neles e tente prover um lar saudável para sua família.

É muito difícil deixar a sua zona de conforto e largar mão da ilusão que seu esposo incutiu na sua cabeça de que você não é capaz de pagar aluguel, água, luz e alimentação, porque SIM, VOCÊ PODE. Só que ficar se lamentando não vai ajudar em nada.

Então erga a cabeça, tenha humildade e peça AJUDA para família ou até mesmo amigos(as). Arrume um emprego e saia debaixo da asa dele. Ou melhor, siga os conselhos que o próprio vem lhe dando: “se não esta bom caia fora”.

Ah, mas Mariana a crise tá feia e o desemprego assola o país. Beleza, tá difícil pra todo mundo, mas tem emprego sim. Faça faxina, faça docinhos para vender, faça pão, salgado e venda na rua. Eu mesma compro pão caseiro sempre que posso de uma senhora que caminha vários quilômetros no meu bairro todos os dias para incrementar a renda e criar sua família com dignidade.

Prefira trabalhar e chegar cansada em casa com paz e tranquilidade do que viver nesse inferno, nessa falsa sensação de comodidade. Entenda que o problema está em ti e não no seu companheiro abusivo. A decisão de ficar nessa vida é sua, vai depender da sua força de vontade em recomeçar longe dele.

Por fim, acredito que você mesma já saiba o que deve ser feito e que não será fácil. Acho até que dá um certo desânimo em mexer o doce, mas  o que posso lhe dizer é:FAÇA LOGO CARAIO e tenha a certeza que todo o esforço será recompensado. Só que para isso acontecer será preciso que tire a bunda do sofá e faça alguma coisa para obter a vitória e uma vida melhor. Lembre-se que acreditar que é uma perdedora, incapaz e merecedora de toda carga negativa do seu companheiro, o resultado vai ser sempre esse. Da mesma forma que sentir-se vitoriosa, capaz e merecedora de uma vida melhor só trará bons resultados.

Reflita sobre tudo o que disse e que a força esteja contigo.

Assista: Como esquecer o ex e dicas práticas para esquecer o ex.

Instagram
Share.

About Author

Mari Cobra

Colaboradora do Pergunte a uma Mulher. Intolerante à lactose, bem cuzona, nunca disse que sou legal, tenho um coração grande e geralmente tomo na tarraqueta, geminiana e fodidamente indecisa. Apaixonada pela vida e falo muito palavrão.