O namoro à distância esfriou, ele quis dar um tempo e eu quis tentar:

19

Leitora: Olá, tenho 21 anos e faço Medicina, enquanto ele tem 28 anos e é médico cursando a residência. Nos conhecemos quando ele ainda morava aqui perto e nos demos muito bem desde o começo, foi uma química que nunca tivemos com ninguém, nós 2 concordamos nisso. Ficamos 2 meses assim, até que ele me falou que teria que mudar de cidade para terminar a residência. A cidade é a 300 km da minha, ele só terminará a residência em 2019, que é quando me formo. Quase terminei com ele quando soube, mas ele insistiu e disse que queria que continuássemos nos vendo porque acreditava em nós etc. 

Nos víamos no mínimo 1 vez por mês, mas ele sempre foi muito seco, esquece de responder as mensagens (e isso não é só comigo, é com os amigos e a família também). Enfim, nossa rotina é muito pesada, a dele mais ainda, porque trabalha. São plantões no final de semana, noites de estudo… e por estar fazendo num lugar de excelência, tem muita pressão. Ele inclusive desenvolveu depressão e ansiedade nesse tempo, está passando por problemas financeiros. E nisso tudo acabamos não nos vendo há 2 meses. 

Resolvi pressionar até que ele me disse que sou uma pessoa espetacular, que temos uma química incomparável, mas não está com cabeça pra relacionamento, ainda mais a distância, e que não quer me iludir. Disse que esse está sendo o maior desafio da vida dele, me mandou foto da agenda lotada de plantões e que somos jovens e devemos deixar o tempo traçar nosso destino, que se for pra ficarmos juntos, ficaremos. Todos os namoros dele até hoje foram a distância, os meus também, justamente por essa rotina louca e de constante mudança que vivemos. No final da discussão, acabei falando que íamos continuar tentando e tudo mais, mas tenho medo de que ele esteja apenas me enrolando e que seja apenas uma desculpa. Devo deixar essa relação de lado ou continuar tentando?

namoro frio distante

Mulher, ele visivelmente tentou, mas não deu conta (acontece). Nisso ele foi extremamente sincero, tal como ele mesmo disse, para não te iludir (olha que legal?!) e você ainda falou que quer continuar tentando, mesmo com o cara sendo sempre seco e dizendo (apesar dos pesares) que não rola? Daí depois dá tudo errado e você ainda diz que está com medo dele “estar te enrolando”? Minha amiga, ele não está te enrolando, VOCÊ está se enrolando e se enganando com a tal da migalha da “química perfeita” que, no fim, ficou tão inútil quanto olho azul em gente feia. Se toque enquanto há tempo!

Releia sua pergunta…

Você percebe o quanto você ficou tentando se iludir?

Por mais que a química entre vocês seja incomparável, a vida tem uma palavrinha muito mais importante do que ela e, ao meu ver, é mais importante inclusive do que “o amor”.

Essa palavrinha se chama “fe-li-ci-da-de”. Se faz tempo que você não a sente no maior tempo que o envolve, deixe um pouco a química de lado e o resto com a vida. Pare de forçar a barra. Além do mais, se você acredita tanto que a química entre vocês é incomparável, pode acreditar em uma coisa: quando o pega-pega é de alma MESMO, a vida pode rodar, rodar, rodar, que vocês vão acabar ficando juntos – até porque no fundo será a vontade de ambos e ambos entenderão que esse tempo foi necessário por motivos maiores, e até mesmo pra ver se esse amor foi “isso tudo mesmo”. Nisso não terá residência médica, família, nem nada que segure esse homem. Ficar contigo será simplesmente uma necessidade, quase que como uma “meta obrigatória” para finalizar bem a vida. Só que se ele (ainda) não chegou a esse ponto e, “apesar de ser maravilhosa”, você visivelmente não está entre as prioridades dele, a boba não vai ficar sentada na mureta, vai?

Agora vamos pensar juntas nos prós e contras?

Prós:

Vocês têm uma química incrível.

Contras:

1- Ele vive ocupado.

2- Ele é frio.

3- Ele está passando por uma fase que praticamente não possibilita namoro. (Você também está passando por uma fase semelhante, mas né, ele está visivelmente com menos gás).

4- Ele demora pra te responder, sendo que o lance já é a distância (não interessa se ele faz isso com todo mundo, é chato e acabou).

5- Ele tem a agenda lotada.

6- E o pior: tudo isso durará até 2019, o que é muito tempo.

É claro que o ideal seria se aproveitássemos a vida hoje, visto que amanhã poderemos morrer e mais tudo aquilo que todo mundo já sabe. Porém, será que você foi tão importante quanto ele fala e quanto você pensa? Sem contar que, para aproveitar qualquer coisa que seja, a luta deveria ser JUNTOS, e né? Ele visivelmente não tá afim de lutar contigo. Fala palavras bonitas, mas fazer e se esforçar que é bom, nada!

“Ah Luiza, você não o conhece, ele me ama sim”.

Mas entre um amor desses e um amor menor que me deixasse mais feliz, eu acho que preferiria a segunda opção, viu kkkk. Também pode ser por causa da depressão dele, mas aí vai de você ver se quer pagar pra ver se é isso mesmo e se quer ser a enfermeira salva-homem-sem-gás…

Fale para ele fazer terapia para cuidar da depressão, seja amiga, mas NÃO SE ILUDA que será feliz com ele, ao menos não com as migalhas que ele está te tando. Enquanto isso, aproveite que ele foi sincero e use essa pausa para fazer as suas coisas. Afinal de contas, você não pode e nem deve esperar até 2019 levando o cara nas costas e o convencendo sobre o quanto seria fantástico ficar contigo, né? kkkkk

Toda vez que pensar em ter recaídas, assista a esses dois vídeos:

Voltar ou não com o ex. 

 Namoro a distância dá certo? 

Até amanhã,

Lu

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.