NÃO SEJA essa pessoa:

23

Da série, “parece besteira, mas e se não for”?

Esses dias estava conversando sobre gatilhos com o pessoal da fanpage. Falaram que isso merecia um vídeo e aí tô aqui, contando uns “causos reais” pra gente pensar um pouco a respeito….

Assine o Canal e clique no sininho para ativar as notificações!

FanpageInstagramTwitter

Snapchat (pergunteamulher)

Meu facebook pessoal (só não vejo inbox kkk)

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.

  • Mariana Cobra

    Esse vídeo eu AMEI! kkkkkk sério mesmo.
    Muitos homens acreditam que cantadas inversas funcionam, só não entendem que funcionam somente com mulheres com auto estima muito baixa. Aí eles aplicam essa teoria idiota em todas. Seguindo o pensamento torto: todos elogiam, se eu elogiar serei mais um, então vou colocar ela para baixo, vai que cola.
    Eu odeio esse tipo de coisa pq cresci recebendo bullying, fui bulinada até dizer chega…tudo por causa do sobrenome, ou pela minha estatura, ou por causa dos meus dentes. Eu ficava muito nervosa e chateada. Cheguei a parar no médico (tinha 10 anos) por causa da minha altura.
    Ele foi um fofo e conversou comigo olho no olho, fez contagem óssea, me provou que meu crescimento era normal e deu opções: quer ser alta e gorda ou baixinha e magra? (propôs fazer um tratamento hormonal). Depois de conversar com ele, tirei isso da cabeça e passei amar meus 1,55cm de pura gostosura, além de ter usado aparelho para corrigir o sorriso.

    Há umas semanas atrás meu pai tava com umas brincadeiras bem idiotas com a minha mãe…chamando ela de gorda, falando que não iria sair pra comer pq passava vergonha (dizendo que ela come muito) e ela falando “para que não gosto desse tipo de brincadeira”.
    Até o dia que ela se encheu e disse “sim, estou gorda, mas nada que uma academia não resolva, e você que além de ser cego de um olho é estrábico. Resolve como zoinho?”
    Pegou na ferida dele…pensa num homem que ficou chateado! Eu e mozão falamos juntos “TOMAAAAA”, bem feito. É bom zuar os outros né? Nunca mais ele fez isso.

    Brincadeira de mão e envolvendo os “defeitos” dos outros nunca é legal. Existem mil formas de se divertir e rir COM o outro é muito mais legal que rir DO outro.

    • Mari e eu que trabalho diretamente com mt gente e passo por isso quase todo dia, vc tem q ver. Tem vez q nem sei oq dizer pq sei oq a pessoa tá fazendo. Outras respondo entrando na dela, mas cara é complicado kkk
      esses dias um menino me elogiou, eu respondi e ele disse q o elogio foi pra pessoa errada kkkkkkkkkkk Ai gente, tem vez que é até engraçado.
      E isso q sua mãe disse pro seu pai é justamente oq disse pro Thi ontem, quero ver no dia q alguém responder. Eu nunca faço pq tenho dó, mas dá vontade as vezes, ah isso dá kkkkkk.
      Na verdade, com a única leitora q me ofendeu eu já fiz mais ou menos isso, mas fiz não para ofende-la tbm, mas pra ela pensar no q estava fazendo. Funcionou pq ela falou “desculpe, não quis ofender”. Não quis, né? kkkk

      agora me explica uma coisa: pq ia ser alta e gorda ou baixinha e magra? Eu tenho uma amiga q tomou hormonio pra crescer na infância e continua magra. Será q tem tipos d hormonios e tals?

      • Mariana Cobra

        Eu não sei explicar muito bem, mas acho que ele levou em consideração a genética da família do meu pai (muita gente gorda) e ele disse que as chances do hormônio afetar meu peso eram grandes.
        E fazer um tratamento agressivo como esse só por questões estéticas é dose né…meus pais são baixinhos (meu irmão teve sorte).
        O que importou mesmo foi a forma como ele conversou comigo e até me ajudou a ter armas para reagir as pessoas que me chamavam de nanica/anã/pintora de rodapé/pequinês etc

        • e quais armas ele deu? kkkkkk

          • Mariana Cobra

            Ele perguntou quem fazia esse bullyng com mais frequência…aí eu disse a Raquel e a dona Odília (avó dela).
            Ele pediu as características de ambas: Raquel (gorda e burra – depois descobrimos que ela tinha déficit de aprendizado :/) e a Odília era só uma idosa idiota.
            Aí ele disse…pare de ser mansa e revide…kkkkk
            A minha mãe, logo em seguida, me perguntou se eu conseguiria dar uma surra na Raquel…eu disse que “provavelmente sim”, pq ela era o dobro do meu tamanho e peso…aí ela falou “quer acabar com isso? Dê uma coça nela na frente de todo mundo” kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk olha que doida.

            Aí eu fiz isso…na primeira oportunidade que ela me chamou de anã eu revidei chamando ela de gorda pra baixo e rolamos no pau kkkkkkkkkk

            Depois ficamos amiguinhas e passávamos a tarde toda tomando tereré, descobri que a dona Odília gostava mesmo era de me ver nervosa (achava que eu ficava bonitinha). Eu acabava que relevava a dona Odília pq amava demais o marido dela (que Deus o tenha em bom lugar), o Fabiano,…. ele sim era bom na zuação!

            Quando eu ficar velha quero ser igual ele!

          • “Aí ele disse…pare de ser mansa e revide…”

            Tá aí, a origem de tudo!
            kkkkkkk

          • Mariana Cobra

            Dr Marques! O Dr que criou um monstro kkkkkkkkkkkkkkkk
            Provavelmente será o pediatra dos meus futuros rebentos!

          • COMO ASSIM SUA MAE MANDOU DAR SOVA NA MULHER? HAHAHAHAHAHAHAHA
            AH NEM! KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
            e como vcs ficaram amigas?

          • Mariana Cobra

            Eu dei uma sova na Raquel (era criança, como eu) kkkkkkk
            Sei lá como fizemos as pazes, morávamos na mesma vizinhança e ficamos amigas…ela era bobona demais e tinha um coração bom no final das contas.
            Vivia na casa dela e tenho mil histórias da família dela. kkkkkkkkk Primeiro vídeo game que joguei foi do Renan (irmão dela), um atari.
            Meu irmão era muito amigo da irmã dela…a Regiane…meu pai amigo do pai dela e por aí vai. Ah, e a dona Odília foi mãe de leite do meu pai.
            Uma vez eu estava brincando lá e falei que era melhor ir embora pq o almoço já devia estar saindo (devia ter uns 10 anos). Aí ele perguntou o que a minha mãe estava fazendo…aí eu disse peixe com camarão. Ele me fez convidá-lo…até aí blza. Ele chegou lá falando que eu tinha convidado ele pra almoçar e além dele comer MUITO (seis pratadonas), deu camarão pra minha cachorra vira-lata kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk eramos bem pobres e fazer um almoço desse era super raro…e desperdiçar comida com cachorro?
            Até hoje sou motivo de piada e toda vez que meu pai faz peixe ele diz “Filha, não vai chamar o Darló?” kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

            OBS> essa não foi a primeira vez que a minha mãe incitou eu bater em alguém…teve tbm a vez que OU eu batia no Juninho ou tomaria uma coça dela em casa kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

          • Raquel certamente era complexada (apesar de boa) e fazia isso com vc

          • Mariana Cobra

            Olha o causo.
            O Fabiano era cego e andava sempre com uns óculos de sol enormes que ele ganhava (ray ban eram os preferidos) e andava o bairro todo vendendo as roscas que a dona Odília fazia.
            Ele sempre parava na minha casa lá pelas 9 ou 10hrs da manhã. Sentava na mesa, pedia um bico de pito (um gole de café pra fumar o cigarro de palha) e ficava contando os causos, tocava gaiva, dançava catira e zoava a minha mãe…chamava ela de solanja (o nome da minha mãe é Adriana)…solange era o nome da nora dele que era feia como o cão. kkkkkkkkkk
            O fdp sempre pedia pinga….só um golinho. Aí a minha mãe falava “mas não conta pra dona Odília que ela vai ficar muito puta comigo”.
            Ele “tá bão solanja, só um golinho no bico de pito”.
            Ela colocava, ele bebia, ia embora e contava pra quem? Dona Odília kkkkkkkkkkkkkkkkkk e ainda dizia “A Adriana pediu pra não contar” kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
            Treta e caos era o que ele gostava. Aiiii que saudadeeeeee

  • João MilGrau

    todo mundo tem um dodói que não gosta que ninguém cutuca seja isso no corpo na profissão na porra do esporte que muitos pilantras não respeita fala um monte de merda da vontade soca 48cm de braço, kkk agora não podemos neuroza ninguém tem bola de cristal e o que pode se feio pra noix pode ser bonito para outros e vise versa minha mãe me acha feio diz que estou todo deformado kkkkkkk =( pow veia tiro fei

    • A leitora q me ofendeu nem falou algo q a sociedade considera defeito, mas eu considero e ela claramente tb
      foi triste kkkkk
      e sim, todo mundo tem um dodoi, por isso nao brinco com isso pq sie lá, eu vou la saber o dodoi dos outros ne kkk E pra gente pode até ser bobeira, mas pro outro nao é. Não quero ser responsável por trauma d ninguém, so por “levantamento d autoestima! kkk esse é meu trabalho q tanto amo

      • Mariana Cobra

        to curiosa pra saber o que ela falou

        • JAMAIS SABERÁ KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

      • João MilGrau

        O que foi ela falou que te deixo triste =( vc e a menina sorrisão a menor bloguerinha do Brasil =)

  • Rodrigo Silva

    Bom tema,Lu! Um gatilho perigoso que quando apertado pode fazer um estrago enorme.

  • Droga! Eu continuo aqui……!

  • Alaska

    Eu gostei bastante do seu posicionamento. Até porque, você é humana e sente-se atingida as vezes.
    Minha intimidade com as pessoas é bem relativa. As vezes fico magoada , mas também sei dar meus “ferrões” Gosto de sinceridade, mas as vezes também tem pessoas que são bem desagradáveis e ficam pontando o seu defeito. Eu logo me afasto disso, rsrs.
    Parabéns, eu admiro o seu trabalho.

    • sim, sou humana e as vezes me incomoda quando alguém acha q d alguma forma estou em um posicionamento “superior”, daí quer ver se me joga uma pedrinha “preu cair de la”
      e mesmo se tivesse, afe, pq não se inspira né? Fica criando energia ruim em cima d coisa boa, ainda q claro, gostaria d ter a vida fácil q mt gente acha q tenho kkkk
      no mais, obrigada Alaska!

      • Alaska

        Disponha. ^_^