Será que meu namoro está entrando em crise?

59

Leitor: Olá!! Tudo bem?? Acredito estar passando por uma crise no namoro (quatro meses e meio), pois minha namorada mudou muito nesses dois últimos meses, vive sonolenta, dorme quando chamo para ver um filme, quando saímos para jantar fora ela volta dormindo no carro, não me dá a devida atenção por viver no zap, ( n é toda vez ), não me procura mais, antigamente ela era fogosa demais!! O que devo fazer?? Acho que meu maior erro é ser compreensivo demais, valorizar demais, dar muito carinho e estar sempre presente ou disponível!! 

Ambos temos 33 anos!! Esqueci de dizer a você que ela mudou muito após começar a usar anticoncepcional!! Estaria ela sofrendo algum tipo de efeito colateral??

ela está fria e distante

Calma, menino. Não vá julgando a menina tão negativamente sem ter certeza do que está dizendo kkkk. Já já você se arrepende por ser “gentil” demais, começa a ser mais distante e aí que perde a garota de vez.

Na verdade, sempre digo que nunca erramos por ser “um bom partido”, mas sim por insistir em pessoas que não sabem valorizar, ou pior, que sabemos que não têm nada a ver “com o perfil que procuramos” – e depois ainda nos achamos no direito de “culpá-las” por isso.

Apesar de ter te dado um alerta para as próximas vezes, nesse seu relato em específico, acredito que a chance dela estar com um problema de saúde é altíssima. Na verdade, o que eu mais vejo são casais que, por quererem transar sempre sem camisinha (vocês fizeram exames antes disso?), a mulher acaba tomando uma super bomba de hormônio (pior do que isso só a pílula do dia seguinte, ao meu ver kkkk), e aí é claro que a chance de não dar coisa boa é bem alta. Sem contar o adendo de que se eu fosse homem, também não acreditaria muito na pílula pela margem de erro ser grande (se ela esquecer, vomitar e mais mil maneiras de perder parte da eficácia). Ou seja, concorda que é muita dor de cabeça para “pouca coisa boa” que, em geral, a mulher recebe por tomar isso? A não ser que ela tome por problemas com ovários policísticos ou algum outro fator que torne o uso realmente necessário.

É claro que existem mulheres que tomam apenas “pelo sexo” e não acontece nada. Porém, a grande maioria dos casos que eu conheço, a pessoa acaba tendo algum problema: falta de libido, retenção de líquido, enjoos ou demais sintomas não muito agradáveis. Recomendo que ambos estudem sobre isso e, tão importante quanto, que ela procure ajuda médica, pois independente de você, não é normal uma pessoa viver morgadona como ela está vivendo, né? Pensem também se não seria melhor ela voltar a ter a libido controlada em troca de vocês transarem com camisinha…

Por fim, peça para ela aproveitar e fazer um check up geral! Eu fiz o meu esses dias e, por exemplo, acabei descobrindo que estou com a taxa de vitamina D um pouco abaixo – coisa que infelizmente está atingindo a maior parte da população, de acordo com minha médica. Ou seja, apesar de não sofrer com depressão, a falta dela poderia acabar colaborando com algum problema de “bad” no futuro. E aí fica a dica pra sua namorada (e para você) também.
Lembre-se também que, em geral, a vida funciona – ou se atrapalha – a partir de um leque de fatores, não de apenas um só. Vejam tudo: parte física, nutricional (procuraria inclusive um nutricionista kkk) e mental.
Boa sorte!
Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.