Como me vingar de uma pessoa que me iludiu?

57

Leitora: Tenho 19 anos e em março conheci um cara de 25 pela internet. Ele é do Exército e estava em Brasília pelo trabalho e vinha aqui em Niterói uma vez por mês. Só aceitei vê-lo em junho. Não transamos, mas saímos pro cinema e eu fiz um [email protected]@@ nele no carro nos 2 encontros que tivemos. Ele dizia que queria me namorar, sempre romântico. Estava apaixonada quando descobri que ele ficava com outra garota daqui do Rio. E que eles estavam indo morar juntos em Brasília e que ela já conhecia a família dele toda. Fiquei com raiva, ele me ignorou (ela me mandou os prints do que ele falou) e ele se mostrou apaixonado por ela e me desprezou. Xinguei ele de p pequeno e fdp. Depois fiz a merda de ligar pra ele e ele me desbloqueou. Eu disse que ainda queria ele e marcamos de nos ver e agora ele me bloqueou de novo em tudo. E ela ainda me mandou crescer, que eu era infantil. Era apaixonada por ele e ele me humilhou e me abandonou. Agora quero me vingar dele (fiz um fake pra ele ir ao encontro à toa e penso em mandar os prints dele com meu fake pra essa menina que tá com ele). Não vou suportar vê-lo casado com ela e não comigo. Só quero me vingar e destruir os dois. O que eu faço ? 

vingança

 Tô com medo de ser sincera contigo e você querer se vingar de mim também, kkk. Sério, conselhos de amiga:

1- Tudo que eu falar será pro seu bem.

2- VAI PASSAR!!!

Entendo de verdade tudo que você está sentindo: você criou expectativas, se doou, e pah, deu tudo errado! Mas sabe onde é que você errou mais? Foi em ter esperado algo em troca. Tá, você até pode esperar (somos humanos e às vezes isso é maior do que a gente kkk), mas se não acontecer, entenda que não era pra ser. E mais importante ainda: que você fez o que considerava certo naquele momento, e inclusive fez a sua parte ao procurá-lo mais uma vez (desencargo de consciência é sempre bom kkkk). Só que, como quando um não quer, dois não fazem, você para por aí e simplesmente não força.

Assista a esse vídeo com muito carinho, mas já adianto que um grande erro que muita mulher faz é o de querer dar favores sexuais em troca de segurar o moço, sendo que, por mais que isso soe brega, a gente só segura alguém pelo coração e pela conexão. Porém, quando você tem na cabeça a ideia “de que sexo é o que mais prende alguém”, faz um pequeno “agrado” e é “abandonada”, você se sente “usada e vítima”. Só que nada disso é verdade se pensarmos que você fez as coisas porque você queria e porque aquilo estava te dando prazer no momento, “não como uma técnica de sedução em si e por si”. O prazer sexual tem que ser antes de tudo seu – ainda que obviamente, se fosse o dele também, seria perfeito e é tetra kkkk.

“Ah Luiza, mas ele se mostrou apaixonado!!!”

Isso sim é uma coisa que dá ódio kkkkk, mas mesmo assim, ainda vale o fato de que você fez a sua parte + o questionamento de se você analisou a pessoa o suficiente, a ponto de sentir que ela estava de fato apaixonada por ti. Lembre-se que, se falar até papagaio fala, você se ligou nas atitudes dele ou no primeiro “eu te amo” ele já te ganhou? Precisamos entender o seu erro e a sua parte também. Não rola apenas taxá-lo “de cafajeste” quando a “presa” também foi besta.

Se não podemos voltar atráss com o leite derramado, agora é se atentar para as próximas, e o mais importante de tudo: ficar preparada para o imprevisível. Afinal de contas, por mais que a gente “cerque”, não dá pra cercar tudo e tá tudo bem. Do contrário, você ficará se matando e se remoendo por dentro a cada “equívoco que você cometer”, “a cada cara que te machucar” (obviamente esse não será o primeiro) e isso só te fará mal.

Perdoe-se e mais. Você já parou pra pensar que a maior azarada pode muito bem ser a mulher que está com ele agora e não você?

Não sei como foi o contato para você e ela trocarem tantas farpas, mas isso não importa agora. O que importa é que ele a escolheu e você precisa urgentemente entender isso. Ou você realmente acredita que, ao acabar com o relacionamento dos outros ele se casará contigo? Ou pior, que você será feliz ao ter cultivado a desgraça alheia? (o mundo dá voltas e se você avacalhar também, ficará tão em débito quanto ele). Entenda também que se você não é o plano A agora, é mais fácil ele encontrar um outro C do que te botar pra A – só porque você estragou o esquema dele. Na verdade, se você for pentelha, ele só terá cada vez mais certeza de que tomou a decisão certa, enquanto você se afundará cada vez mais ao tentar corrigir uma merda jogando mais bosta em cima.

Sei também que você pode estar tentada a causar qualquer tipo de sentimento nele, nem que seja ódio “e ser notada”, mas vai por mim: o amor, que é o que no fundo você quer, só ficará cada vez mais distante e você sabe isso. Deixe o orgulho e a raiva um pouco de lado e use essa cabecinha que sei que ainda está aí, rs.

“Mas Luiza, dane-se! Eu só quero acabar com eles.”

Sério que você prefere ficar caçando minhoca do que, sei lá, ir tomar um sorvete, comprar umas roupas fodas e conhecer novos pretendentes? Isso pra mim não é nem vingança, é burrice! Lembre-se que, enquanto você planeja mundos e fundos, ele tá lá, num amorzinho gostoso com a outra e nem se lembrando que você existe kkkk. Ou no máximo, com dozinha da menina que não soube levar um pé na bunda e resolveu apelar…..

Respeite o seu tempo e o dele. Não estrague a sua vida para estragar a dos outros porque é óbvio que essa conta não vale a pena. SEEE um dia você conseguir se vingar, será sabe quando? Quando você estiver toda linda e plena, nem se lembrando que ele existe! Se for pra ser, em geral, o ser humano só dá valor quando perde. Então, faça-o perder que aposto que quando você enfim tiver conseguido fazer isso de fato, nem irá querê-lo de volta kkkk.

Acho que chegamos a um consenso de, pelo sim ou pelo não, viver a sua vida e tentar guardar menos rancor será sempre o mais vantajoso para você. Afinal de contas, um sábio já disse que guardar rancor é como tomar veneno e esperar que o outro morra por isso.

Até amanhã!

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.