“Ela não quer parar de fazer programa” – leitor pede ajuda

7

Leitor quer saber: O que fazer quando sua mulher não quer parar de fazer programa e não vê a profissão como algo temporário?

Oi Luiza, tenho 25 anos, estou cursando o último ano da faculdade de administração e após me formar pretendo estudar para passar em concursos públicos. Minha namorada tem 20 anos e moramos juntos há pouco mais de 1 ano.

Para me sustentar, trabalho como garoto de programa. Estou nessa atividade desde os 17 anos e nunca exerci  nenhuma outra atividade profissional. Minha namorada também é garota de programa e, assim como eu, nunca teve outra profissão. Nós dois nos amamos muito, não sentimos ciúme algum um do outro por atendermos clientes, mas existe um ponto no qual divergimos bastante. Eu vejo nossa profissão como uma coisa temporária, estou estudando para ter um emprego normal e sólido que me dê um futuro garantido e estabilidade. Minha namorada, por outro lado, não pensa no futuro, não estuda, não quer progredir, diz que adora ser GP e quer continuar assim.

Eu tenho conversado muito com ela sobre o futuro, mas sua postura é sempre a mesma, não muda. Então eu estou muito inseguro em planejar um futuro com a minha namorada, em casar, ter filhos com ela, essas coisas. Não é por moralismo, eu não tenho problema algum que ela faça sexo com outros homens, mas penso que um casal deva ser plenamente integrado à sociedade para ser realmente feliz e não vejo como isso possa acontecer comigo funcionário público e ela GP.

Então Luiza, gostaria de saber sua opinião, você acha que existe futuro nesse nosso relacionamento sem que ela mude resolvendo estudar para ter outra profissão? Muito obrigado.

Assine o Canal e clique no sininho para ativar as notificações!

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.

  • Rodrigo Silva

    Engraçado… Eles são tão iguais e ao mesmo tempo diferentes. Chega a ser irônico isso. Mas você já percebeu que seus objetivos são diferentes. O unico futuro possivel é cada um seguindo o seu próprio caminho.

  • Sonho meu será sonho teu? Nunca.
    Existem momentos de coordenação, que por vezes duram uma vida, mas ninguém comanda, acontece.
    Caro perguntador, cabe pesar o que tem mais valor, o que existe ou o que se almeja obter.
    Lembre-se que ser funcionário público também é sonho, talvez você não consiga ser ou sendo, não goste.

  • Mariana Cobra

    Plantei no meu quintal uma flor de SE e nasceu um monte de broto de TALVEZ.

    Moço, uma coisa de cada vez. Deixe de sonhar e conjecturar possibilidades futuras e viva o agora, aí qdo vc passar no concurso e mostrar pra sua companheira que vc é capaz de oferecer estabilidade financeira com os meios convencionais ela poderá se animar a mudar o rumo OU não.

    Aí sim vc pode tomar um caminho diferente do dela, mas até lá curta a jornada.

    Pare de sofrer por antecedência, pois concurso não é pra iniciantes e sonhadores. Gente pé no chão e dedicada que consegue.

  • Puxou Cortou Raspou

    Cara graças a Deus nunca precisei passa pelo que vc passa tenho corpo file bastante atraente principalmente pelo sexo masculino o que e de moleque que nós bastidores a gente ver se prostituir meu Deus e Horrível só para manter o consumo de Drogas e anabolizantes a ideia de me vende e um velho seboso ou uma veia caída toca em me mim fazer chupa aqueles troços velhos cai dos aaaahhhhh Hell e o cheiro fedorento lol cara na boa a melhor coisa que vc faz é sair dessa vida não vale a pena muitos riscos doenças sem fala que vc vende seu corpo seu espirito ao mesmo tempo se sua namorada que fica Ok problema dela ja e +18 já aguenta sorrindo foca nós estudos a carreira publica é de longe melhor opção nesse país.

  • Stanley Lewis

    Você mesmo já respondeu sua pergunta, sua namorada é GP porque gosta, e você não vai impedi-la de continuar sendo GP, então você tem duas alternativas: ou aceita ela, ou então parte pra outra.

  • Mika

    Seria trágico se não fosse cômico…
    Leitor, você escrever pro blog com um problema desses só pode ser piada. É forte candidato ao troféu “Sem noção” do ano…
    Você tem 25 anos e NUNCA trabalhou na vida. Você e sua bela namoradinha são legítimos espécimes dessa geração egoísta e vagabunda que quer tudo na mão, sem fazer o mínimo esforço. Quer ser funcionário público? Quer estabilidade de emprego e bom salário sem saber fazer porra nenhuma?! Receber sem precisar prestar conta da produção, sem se preocupar com a demissão por incompetência? Um vagabundo por opção, quer ser mais um representante da famigerada banda podre do Serviço Público (infelizmente está cheio de gente assim lá dentro). Segurança e autoestima tá no chinelo, hein, meu amigo?! Porque, no fundo, você sabe que não sobreviveria nem um mês na iniciativa privada.
    Bom, pra provar que não sou tão preconceituosa com prostitutas(os), aconselho-os a continuarem nessa vida o máximo que puderem. Façam um bom pé de meia, porque dias de vacas magras estão por vir com a mudança da legislação previdenciária, e periga de você, funcionário público, acabar sendo sustentado pela namoradinha GP.

  • Essa mulher de cabelo liso…Oxente! Mas não é isso que eu ia falar não! A minha ex- era assim também! Na época pegou um viés de Python, C+++, Javascript, Flash…Era um aplicativo atrás do outro! Tá certo que ela tava ganhando muito mas… Eu viajando muito chegava de folga…e a ‘mulé com notebook na cama! Acabamos terminando!