Gosto de homens e de mulheres e não queria renunciar a minha bissexualidade:

60

Leitora: Oi Luiza, tenho 16 anos de idade e estou indecisa quanto à minha orientação sexual. A cerca de 7 meses venho namorando a sério um cara de 19 anos, nós estamos apaixonados, eu gosto muito dele e curto demais fazer sexo com ele. Acontece que eu tenho uma amiga mais velha, de 25 anos, que é lésbica e terminou com a sua namorada e começou a dar em cima de mim. 

Eu deveria ter dado um fora nela desde primeira vez que ela deu em cima, mas a verdade é que curti ser cantada por uma mulher, era uma coisa diferente pra mim e então fui dando corda, fui aceitando o interesse dela e agora estou envolvida com ela, estamos ficando, fazendo sexo. Acontece que eu própria não sei o que fazer agora, adoro a pegada do meu namorado e o amo demais, mas também gosto do carinho da minha amiga, o que eu queria agora era ficar com os dois, mas sinto que isso não é o certo. 

Minha amiga sabe que eu tenho namorado, mas ele não sabe da minha amiga e não quero enganar ninguém, mas também não quero renunciar a essa bissexualidade que está tão gostosa, estou adorando ficar com homem e com mulher. Então Luiza, o que é que eu faço agora?

Não vamos confundir bissexualidade com surubão goxtoso. Vamos pegar como exemplo um relacionamento hétero: não é porque a pessoa gosta só de homem ou só de mulher que ela não poderá, por exemplo, sentir atração por duas pessoas ao mesmo tempo, certo?! E mesmo assim, ela terá direito apenas sobre o combinado, concorda?

O combinado foi relacionamento aberto? “Ficar”? Tudo isso faz diferença na decisão final. Ou você acha que só porque a pessoa é bi – diferente dos héteros – ela precisa sempre escolher um perfil de cada sexo? Se for combinado, sim. Se não for combinado, vira monogamia como qualquer outro relacionamento. Afinal de contas: a vida é feita de escolhas, não apenas de sentimentos e vontades pessoais (triste, eu sei kkk).

Meu conselho é: seja honesta com ambos e com você mesma. Se você acha que você é aquele tipo de pessoa que jamais conseguiria ficar com apenas uma só (acontece), abra logo o seu relacionamento. Ou seja, deixe seu namorado ficar com outras pessoas também – visto que não é porque você é bi que terá algum direito e ele não (só que no caso ele escolheria duas mulheres kkkkkkkkk).

No fim, o único direito que você não terá é o de atropelar os sentimentos dos outros por causa dos seus egoísmos e das suas vontades. Não coloque sua irresponsabilidade como consequência da sua bissexualidade. É tentador, eu sei, mas seja honesta até na hora em que você souber que na verdade está de falcatrua kkkk.

Na dúvida, termine com os dois, ou caso eles aceitem, continuem “apenas ficando”. Se eles não aceitarem, procure por outros perfis em que você poderá ser aceita a partir da sua honestidade inicial. Por exemplo, a escolha do poliamor, etc. Só não alimente a ideia de que todo bissexual não precisará fazer escolhas como os outros, pois você sabe que isso não é verdade.

Beijão e boa sorte!

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.

  • Mariana Cobra

    Moça, na verdade você não gosta de ninguém além de si mesma. É movida por instintos primitivos, pela libido, pelas próprias vontades e está alicerçando uma personalidade hedonista e sem caráter.
    Você não deveria estar indecisa sobre a sua orientação sexual, pois isso aí é o “de menos” no quadro geral de problemas que pude notar nesse simples relato.
    Deverias estar preocupadíssima com a forma como você vê as pessoas e lida com situações.
    Pessoas não são produtos a serem consumidos e descartados.
    Pessoas não estão para servir seus caprichos e muito menos serem seus capachos.
    Pessoas não deveriam ser escolhidas como num catálogo.

    Pessoas como você me dão muito nojo, pois deturpam o real significado da liberdade, magoando o próximo e justificando seus próprios atos de forma torpe.

    PENSE por um momento e troque de lugar com seu namorado e veja como se sente. Viu como é uma bosta ser enganada?

    Honestidade. Caráter. Fidelidade (ser fiel ao que foi combinado lá no início de qualquer relacionamento). Diálogo… TODAS são palavras que você deveria estudar com afinco. Afinal, tens 16 anos e ainda há tempo de tornar-se uma pessoa digna.

    • Elisa

      Acho que isso é mais imaturidade, não sei. Claro que não estou justificando ela nem desconsiderando o que ela está fazendo com o namorado. Mas acho que ela, na verdade, está sendo muito imatura. Não faz ideia da dimensão das coisas que está fazendo, mas nada como a vida. Quando ela tiver mais idade e amadurecer ou então, já agora mesmo, se o cara descobrir, vai ver a grande maldade/perversidade que está fazendo. Coitado desse cara. Sendo uma galha já é foda. Imagina! Sabendo que o ricardão é na verdade uma ricardona? Meu Deus, o trauma pra relacionamentos e ódio que esse cara vai sentir por ela. Quero nem pensar.

    • Marcelo

      Essa resposta é dirigida a perguntadora de 16 anos. Nada no seu relato indica que você não gosta de ninguém além de si mesma, muito menos que você é movida por instintos primitivos, pela libido, e pelas próprias vontades. Nada indica na minha opiniao também que você está alicerçando uma personalidade hedonista e sem caráter. Você simplesmente está confusa e veio pedir ajuda.

      É perfeitamente normal você estar indecisa quanto a sua orientaçao sexual, isso ocorre com uma boa parcela dos adolescentes, e nao vejo nada de errado na forma como você vê as pessoas e lida com situações. Pelo seu relato foi a sua amiga de 25 anos que deu em cima de você, e isso incitou sua curiosidade, o que é muito normal nessa idade.

      Eu nao tenho nojo algum de você, aliás nao tenho nojo de ninguém pois tenho a convicçao que todos nós erramos
      algumas vezes e nem por isso deixamos de merecer o respeito e a consideraçao de todos. Liberdade é justamente a capacidade de errar, acertar, e aprender com
      nossos erros e acertos.

      Tenho absoluta certesa que você é honesta, tem caráter, tem a capacidade de ser fiel, e capacidade de dialogar. Tudo isso pode e deve ser aperfeiçoado por cada um de nós pois é exatamente por isso que estamos nesse planeta, para aprender e evoluir. A dignidade está em você, tenho certesa, pois mesmo dentro de suas dúvidas você declarou que acha que essa situaçao de relacionar-se com duas pessoas está errada e decidiu procurar ajuda.

      Quando se pede ajuda de uma maneira pública como você fez muitas vezes se recebe respostas agressivas e ofensivas. Nao ligue para isso pois você precisa aprender o que é negativo e o que é positivo, e fixar sua atençao somente no positivo. Nesse mundo o mal ainda prevalece e todos nós estamos sujeitos a ter contato com o mal muitas
      vezes, tanto aqueles que recebem o mal como aqueles que emanam o mal.

      Quanto a sua dúvida em relaçao ao que fazer com a sua bissexualidade, sugiro que converse com seu namorado, diga que sente atraçao por mulheres, pergunte sua opiniao sobre isso, estabeleça um diálogo, e entao decida o que fazer. Caso ele ache a ideia interessante e concorde, fique com os dois. Caso ele nao ache a ideia interessante e nao concorde, decida com qual dos dois ficar.

      Um grande abraço pra você.

      • Elisa

        MARAVILHOSO! Também não a condeno por isso! Acho que é imaturidade da garota. E também vejo as coisas assim… por mais que alguns possam achar que estou sendo conivente com ela, não a julgo. Eu também sou passível de errar, todos somos. Excelente e amável conselho.

        Nossa, melhor comentário. Senti muita compaixão e empatia do lado daí. Parabéns, Marcelo.

        • Mariana Cobra

          Excesso de empatia foi oq nos trouxe para os tempos tão conturbados de hoje.
          Corrigir e ser duro faz parte da vida…afinal, as melhores lições são aprendidas na dor e não no amor.
          Erros não são oq a moça cometeu, mas escolhas conscientes e sim ela sabe o quão errada está.

          • Sávio Ribeiro

            “Excesso de empatia foi oq nos trouxe para os tempos tão conturbados de hoje”.
            Há muito tempo não leio algo tão verdadeiro. A certeza de justificar nossos erros em uma sociedade compreensiva é o que nós permite fazer tanto coisa errada, afinal “se eu roubar meu próximo vai entender”, ou se ” se eu trair meu namorado vai entender”.
            Não sou tão velho mas penso que com 16 anos a preocupação maior do jovem teria que ser sua educação e ao invés disso temos jovens como essa garota preocupados com sua orientação (talvez pelas investidas da nossa grande mídia ”preocupada” com a identidade de gênero, não é so isso que as novelas tem demonstrado ?).
            Eis o país em que nós vivemos, jovens e suas questões sociais despreocupados com sua sociedade e seu lugar nela, para eles testar seus limites no álcool, drogas e sexo é muito mais importante do que ser alguém na vida.
            Parabéns a essa garota está trilhando um futuro promissor, continue assim e quem sabe algum lugar na politica esteja reservado para você, afinal pra eles enganar e fazer o que lhe conveniente é o que importa.

          • Mariana Cobra

            Concordo com todas as letras que escrevestes!

            Quanto mais ignorante, cego, não instruído e pseudo politizado, muito melhor pra classe política.
            Essa jovem deveria estar preocupada com o futuro e com a contribuição que ela trará a sociedade, mas não. Não demonstra remorso ou qualquer tipo de sentimento para com o namorado que ela tanto ama.
            Imagino o que ela faz com os desafetos.
            É triste ver tanta gente jovem tão distante do caminho da vida saudável e produtiva.

        • Wana

          Quem trai é covarde, vagabundo(a) e safado(a), e não merece carinho na cabeça, como boa parte dos comentaristas estão fazendo, independente do sexo.
          Não existe caso de traidor bonzinho, a opção de trair foi dele(a).
          Ela é traidora, uma pessoa sem escrúpulos, simplesmente isso.

      • Mariana Cobra

        Fico chocada com tamanha hipocrisia.
        Se fosse um rapaz que estivesse num relacionamento e saindo com outro rapaz teríamos uma enxurrada de críticas. Mas como é uma moça, passa-se a mão na cabeça.
        Outro ponto de convergência é se ela estivesse com casinho com outro rapaz…teríamos mais uma torrente de críticas.
        Na vida Marcelo, mtas decisões são unas e transformam todo o meio pra sempre, sem segundas chances.
        Ahhhh mas ela só tem 16 aninhos Mariana!
        16 anos é idade suficiente para se saber diferenciar o certo do errado. Não há necessidade de colocar as mãos no fogo para se saber que sairás chamuscado.

        • Se fosse um homem iriam dizer que ele é gay ctz, mas se é uma mulher com atração (tb) por outras mulheres….

          • Mariana Cobra

            Aí qdo é mulher os homens tendem a pensar que pode haver benefícios e que vai virar putaria.
            Mulher bi é sensual (menage). Homem bi é gay covarde que não se assume.

            Tudo isso pra mim não passa de hipocrisia oportunista…dois pesos e duas medidas!

          • Elisa

            Mariana, nem todos vem assim. Eu não vejo assim e não foi por isso que escrevi o que escrevi (mais ou menos, né? Só fui dando meus comentários…). Se fosse um homem bissexual tenha certeza de que trataria de forma igual. Não pode achar que todos pensem dessa maneira (me refiro a ver as coisas com dois pesos e duas medidas). Apesar de ter tido um posicionamento mais brando não fui conivente com o que ela fez e, do meu ponto de vista, acredito que o Marcelo também não, mas não vou tomar partido … Não quero treta. Só pra constar. Só queria esclarecer.

          • Fica p reflexão pq sei q quem fala isso nem é por mal( nós sabemos né), mas de fato é bom d observar até onde nossa cultura nos leva.

          • Elisa

            Vdd. Muito machismo msm.

        • Elisa

          “Na vida Marcelo, mtas decisões são unas e transformam todo o meio pra sempre, sem segundas chances.”

          Por isso sou a favor de não contar pro cara. Cair fora sem ele saber.

  • Jps

    Pelo relato, me parece que você está gostando mais da adrenalina/prazer dessa “aventura” do que dos seus “amantes”.

    Uma coisa que me passou pela cabeça, é que talvez você esteja entrando nesse mundo muito cedo. Não é estranho uma garota de 16 namorar um cara de 19, mas assim que teve a oportunidade você começou a se envolver com uma garota de 25 e já foi ter relações sexuais.

    Onde eu quero chegar, é que você esta correndo para se tornar “adulta” e provar dos prazeres da vida, mas ainda não tem a maturidade para lidar com as coisas. Está traindo o namorado que você diz amar sem pensar duas vezes e ainda coloca a culpa na bissexualidade, o que não tem nada haver.

    Está chegando num momento em que tudo que aparecer na sua frente e for interessante, você vai pular de cabeça e as coisas não são bem assim.

    Meu conselho é para primeiro você contar tudo para o seu namorado. É o minimo que ele merece. Depois analise toda a situação e veja o que você sente pelos dois de verdade e dependendo da resposta se afaste de ambos, ou tente entrar em algum acordo para que todos fiquem felizes e cientes do que vai rolar.

    Obs: seja sempre honesta consigo mesma e com os outros….. Egoismo e mal caretice não tem orientação sexual e nem gênero.

    • Elisa

      Não acho uma boa contar pro cara. Acho que vai traumatizá-lo. Ele não precisa, definitivamente, saber. Melhor mesmo é decidir de uma vez, terminar com ele e ficar com a outra ou acabar com essa putaria.

      “Meu conselho é para primeiro você contar tudo para o seu namorado. É o minimo que ele merece. Depois analise toda a situação e veja o que você sente pelos dois de verdade e dependendo da resposta se afaste de ambos, ou tente entrar em algum acordo para que todos fiquem felizes e cientes do que vai rolar.”

      Oh meu amigo, vc diz isso considerando que o cara vai encarar numa boa tudo que está acontecendo o que é MUITO improvável. Provavelmente, ele não vai mais querer ver a cara dela, tomará ódio e ficará com medo de passar pela mesma experiência com outra mulher. Melhor poupá-lo. Privá-lo dessa cachorrada!

      • Jps

        A questão é que se ela não contar, não vai sentir as consequências de seus atos. Vai ficar tudo acobertado e a chances dela mudar e amadurecer vão ser muito menores.

        Como foi ela que perguntou, devo de certa forma “focar” nela e o que é melhor para ela.

        Sobre o cara, se ele pegar trauma e talz vai ser ruim, é obvio……mas ai é um pouco culpa dele também. Como a pessoa recebe uma noticia ruim vai depender apenas dele, porque não tem como nos prevenirmos de tudo que é mal do mundo. Essa também é uma oportunidade para ele sentir melhor como anda a relação e quem/quando deve confiar.

        • Elisa

          Não concordo. Não concorde usar esse cara como um porrete pra dar na cara dela pelo mal que ela fez. Já basta ela ter feito. Agora ela ainda vai falar pro cara? Meu Deus. Quem vc acha que, de fato, sofrerá as mazelas da verdade? Será que vai ser ela mesmo? Não sei… Não me parece. Acho que ela ainda é muito egoísta. Não se sentiria tão culpada de ter chifrado o namorado. Pode ser que nos primeiros meses ou semanas… Não sei, mas ele? O único a sofrer de fato seria ele que, com certeza, desenvolveria um trauma. Sabe? Acho que muitos aqui querem punir essa moça de todo jeito e não pensam nas consequências que essa vingança pode vir a gerar. Sou plenamente a favor dela sair dessa sem falar nada pra esse cara. Que ele jamais fique sabendo o que a namorada dele fez pra que não desenvolva nenhum tipo de paranoia ou de ciúme doentio num próximo relacionamento com outra garota que jamais faria o que ela fez. Apesar desse post ser sobre ela, coloco esse cara, que é o inocente dessa parada, em primeiro lugar. Melhor salvar um inocente do que punir um culpado.

          • Jps

            Entendi o que você quis dizer, mas não concordo.

            Não concordo em viver numa ilusão….acho que a verdade já é muito distorcida pela mídia, por interesses alheios e etc.

            Quer dizer ela some, ai o cara pode ficar a vida inteira pensando o porque a garota foi embora, o que ele fez de errado e pode até perder a autoestima também achando que a culpa foi dele…..não era bom o bastante.

            Ele já foi enganado, traído e esconder esse fato não vai mudar nada.

            Na minha concepção, vejo que é possível ter efeitos colaterais nos dois lados, então nesse caso opto pela verdade. Sem contar que ocultar não vai ajudar a moça a melhorar como pessoa, o que pode criar muito mais “vitimas” no futuro……elas também não merecem ser poupadas?

            Mas temos opinião diferentes e tudo bem…..no final depende da perguntadora.

          • Elisa

            Hum. Entendi, vc me mostrou um lado que eu não estava vendo:

            “Quer dizer ela some, ai o cara pode ficar a vida inteira pensando o porque a garota foi embora, o que ele fez de errado e pode até perder a autoestima também achando que a culpa foi dele….”
            Nossa, que situação. Cabe a ela escolher. De qualquer forma todo mundo passa por isso quando termina o relacionamento. Enfim, pensamos diferentes e sim… tudo bem =)

          • Jps

            Sim, complicado

            Por isso que terapeuta, psicólogo e etc tem uma tarefa tão difícil….tem coisa que não existe uma resposta 100% certa e não importa o quanto estudemos, não depende só da gente.

            Nesse caso o namorado tem uma papel muito importante no desenrolar e nem ta sabendo, rs

          • Elisa

            Coitado. Nossa, cara. Fico com o coração na mão por causa dele. Fico pensando o que ele não vai sentir se flagrar as duas. Meu Deus, quero nem pensar… não é nem no que ele vai fazer com ela (o que também pode ser grave), mas no como o psicológico dele vai reagir a tudo isso.

          • Jps

            Eu não sei, eles estão namorando por 7 meses só……Claro que vai rolar um choque, muito mais por ser com uma garota, mas não acho que levaria ele a ganhar um grande trauma e talz.

            Se fosse uma relação de 3 anos por exemplo, ou mais, ai sim poderia ser mais grave. Sem contar que ele é mais velho que ela e ta na cara que a garota deve ser bem imatura.

            Não que ele está esperando isso, mas sabe como é….a cabeça dele não vai entrar em parafuso para entender a situação

            Posso parecer meio sem empatia pelo cara, mas é que sou contra essa coisa da pessoa “mudar” e ficar com “fria” só porque teve uma desilusão, ou achar que todo mundo é feito de vidro……Salvo algumas exceções, acho que nós seres humanos precisamos ter um centro forte para lidar com os problemas e se não ta preparado para correr o risco, nem namore.

          • Elisa

            Vdd

  • “… e não quero enganar ninguém,..”
    Mas quanta sonsice, porque na realidade a enganação já tá rolando.

    Não é bem confusão quanto à sexualidade, mas infantilidade fora de propósito.
    Coitado do teu namorado, perguntadora, quando ele souber…

  • Elisa

    Maravilhoso, Luiza! Xô bifobia! Excelente. É até bom porque mesmo no meio gay, garotas bissexuais sofrem preconceito das lésbicas por associarem elas a pessoas promíscuas (incapazes da monogamia + infidelidade). Adorei essa distinção. Nota dez!

    • Tbm acho triste o proprio meio LGBT fazer isso com os “bis”. Justamente eles q demoraram tanto para ser compreendidos e sabem oq é isso =(

  • Gaia

    Como a Luiza disse, não confunda bissexualidade com falta de caráter/respeito/empatia. Vc não esta traindo seu namoro por ser bissexual e sim pq não se importa com ele o suficiente para respeitar o acordo que fizeram quando começaram a sair.
    Quer ficar com os 2? Ok, é um direito seu nao querer uma relacao monigamica, mas neste caso permita que ele tb tenha o direito de escolher se quer ou não viver uma relação aberta. Caso não queira, respeite e no futuro escolha pessoas que tb querem viver assim.

  • Puxou Cortou Raspou

    Vc curte chupa pica e grelo eita ai deu confusão eu nunca nem imagino comendo outro Macho cabeludo suado fedido amaria Deus e mais ai seguinte vc devia fala com cara ser sincera é melhor vc ser feliz do lado de alguém que aceita vc como vc é do que fica nó fingimento se vc tem tesão por outras mulheres isso nunca vai sumir vai sempre esta com vc então melhor sair agora enquanto tem tempo do que ele descobrir tá nova ainda tem muito o que aprende pica para senta grelo rosa para chupa.=P kkkk

    • c anda muito doidão né kkkkkkkkkkkkkk

      • Puxou Cortou Raspou

        Do jeito que vc gosta ^^

  • Dea Perioli

    Olá leitora, acho seu caso simples de resolver…Quer ser bi? Seja…porém todas as partes envolvidas devem estar cientes, assim vc se livra da culpa de magoar pessoas , como disse que não contou ao namorado…acredito q sim q ele deva ser informado , para q possa decidir se quer continuar a seu lado. Vc e sua amiga de 25 anos sabem e ele está no escuro nesta relação . Caso ele decida não ficar com vc é direito dele! Ser honesta conta muito nesta hora, pois se vc quer ter liberdade de escolha tem de dar o mesmo direito a ele. E se ele me deixar? É um risco. Corremos riscos todos os dias devido a nossas escolhas. Preço de crescer e assumir posturas na vida! Bj

    • Dea, qual é sua área de atuação? Gosto muito dos seus comentários =)

      • Dea Perioli

        Olá, obrigada ! Sou tradutora atualmente! Formação acadêmica em jornalismo. Adoro seus comentários no blog tb!! Bj

  • hadassa

    Olá amiga, nossa leitora teen te darei um “desconto” por vc só ter 16 anos, está no auge da imaturidade muitas mudanças estão acontecendo até chegar a maioridade e tbm pelo seu relato que eu compreendi e de intuição lendo seu relato, se vê que você está mesmo arrependida de estar “traindo” seu namorado de 19 anos que isso está te incomodando profundamente de verdade não é a toa você mandou pergunta para site da Lu em busca de uma orientação.
    Eu vejo que graças a Deus, vc tem consciência que está fazendo coisa errada e não tá certo enganar pelas costas o seu namorado com quem está vc tá comprometida ainda não tá livre, leve, solta, solteira para ficar ou namorar com quem quiser e creio que esse rapaz é hetero e pensa que namora uma moça que é hetero tbm e acredito que acordo do relacionamento de vcs do molde tradicional onde a base é a fidelidade. Outra coisa importante para deixar claro não acredito em “bissexualidade” na minha visão muito claro quando vejo homem e mulher dizendo que é BI que gosta dos dois sexos é batata não tenho dúvida alguma que essa pessoa é homossexual: gay ou lésbica. Porque eu vejo os que se denominam bis é uma questão de auto defesa para amenizar o impacto entre a família, amigos e sociedade como tivesse dando “esperança” para os seus eu tenho possibilidade de ficar com sexo oposto e até me tornar hetero não né?
    Mas isso é querer se enganar no fundo quem nasce gay e lésbica sabe que a sua praia desde da infância é o mesmo sexo que há atração sexual, emocional, mental, alma, afetiva que algo natural e flui totalmente a pessoa se entrega totalmente. E mesma coisa acontece quem heterossexual sabe que a sua praia é o seu sexo oposto não tem menor dúvida disso entende? Não precisa experimentar e vê se tem possibilidade de virar homossexual de maneira alguma.
    Amiga você é lésbica primeira coisa vc fazer se aceitar que é homossexual se vc tiver dificuldade procure ajuda psicológica fazer terapia sim o bom começar agora enquanto vc tá nova.
    Em segundo lugar recomendo claro terminar sim o seu namoro com esse rapaz eu creio pelo trecho do relato “eu gosto muito dele” amiga aqui já vê ele deve ser um moço: Um rapaz: legal, apaixonado, atencioso e te trata bem mais vc o vê mais como amigo /irmão mais amar como mulher ele não vc gosta de meninas não faz sentido algum está nesse relacionamento de fachada. Terceiro lugar eu no seu lugar solteira, novinha, lésbica não daria chance e tão pouco estabeleceria um namoro com essa mulher de 25 anos primeiro pela diferença de idade de vcs isso pesa sim e outro ponto importante te pontuar entre nós se já eram amigas então você a conheceu namorando a ex namorada com quem ela terminou pouco tempo eu deduzo que ela não é confiável porque? Só vc pode responder essa pergunta ela já devia tá te paquerando de olho em ti a tempos enquanto ainda tava namorando ela tinha intenção e cobiçando em silêncio há tempos.
    Na velocidade da luz rapidamente terminou ontem o namoro dela e começou a investir pesado para te conquistar até vc ceder para “ficar” com ela e te levar pra cama conseguiu né? guria você confiaria nessa moça para namorá-la acho que a mesma não preza muito pela fidelidade não eu acho sim tava de olho em vc hà muito tempo interessada em ti enquanto estava namorando a ex dela por isso não acho ela confiável não me passa segurança nesse quesito.
    Pode muito bem se interessar por outra pessoa enquanto estiver namorando contigo e te trocar por outra e aí? Pensa e reflita bem não se engane pela paixão e pelo sexo que fez com a mesma.
    Em quatro lugar recomendo termina o namoro com o rapaz vc não precisa falar os motivos e poupá-lo do impacto pode ser devastador ao mesmo então pra que falar? Diga quer terminar porque não gosta mais dele e dê ponto final e quanto a “amiguinha” que vc tá tendo um caso recomendo tbm dispensá-la a criatura pelos motivos já descrevi anteriormente. Sim amiguinha fica sozinha algum tempo vai estudar, curso, pre vestibular, passear e dá tempo de emendar namoro cuida de vc.
    Quando for a hora certa miga vc encontrará uma moça lésbica da sua faixa etária confiável e que passa segurança no quesito ter caráter e preza a fidelidade construir um relacionamento na base do amor e da honestidade na transparência em toda sua esfera logico vc bem resolvida e assumida para família e amigos pra sociedade sou lésbica e daí? Quero ser feliz não viver um teatro de está num relacionamento amoroso de faixada. Boa Sorte!!!!!!!

    • Lo Lo

      Bissexualidade existe. Aliás, gostar e querer desfrutar de tudo ao mesmo tempo é o que mais existe. Não sou que digo, é a própria história da humanidade e os fatos. Vc deve ser bem jovem para desconhecer o que acontece a sua volta. Ou preferir uma realidade mais simples para não ter o trabalho de aceitar que o ser humano sempre quer ter tudo de todas as opções do cardápio. Mesmo não podendo comer tudo e desperdiçando.

    • Elisa

      Desculpa, mas discordo de vc quando diz que ela é lésbica. Não me parece. Ela disse que gosta da pegada do namorado dela. Diz que não quer largar nenhum dos dois. Nenhuma lésbico gosta de pegada de homem, pelo contrário, sente uma certa repulsa, se sente até violada. E mesmo que ela namorasse esse cara só por fachada ia chegar uma hora que ela não iria aguentar mais, principalmente se ela começasse a se envolver com outra mulher. Aí que ela iria querer larga-lo mesmo ainda mais sendo tão jovem (não tendo a pressão de um gay adulto pra constituir família e etc). Não é o que me parece. Pra mim ela é bissexual msm.

  • Lo Lo

    Em tempos de lógica utilitarista e adolescentes cada vez mais precoces, temos uma moça de 16 que já consegue agir sem qq culpa ou arrependimento como se fosse uma adulta canalha e sem ética. Moça, há um tempo quando eu trabalhei em uma especializada em apuração de atos infracionais, eu percebi que os adolescentes de hoje conseguem reproduzir com facilidade os desmantelos da vida adulta. Não sei se é coerente uma comparação de épocas e gerações, mas esta geração sua, muito sexualizada e precoce, parece manisfestar mais dificuldades em valorizar elementos fundamentais da vivência humana, como por ex, a honestidade. Vc é desonesta. Mas isso não te incomoda muito. Veja bem, vc precisa separar as coisas. Eu sei que só tendo 16 anos, ser inconsequente e livre é tentador demais. Vc diz que é apaixonda e que ama cara; mas também diz que não quer abrir mão da garota. Porém, a sua desonestidade vai mais longe do que isso: vc tenta desviar a sua moral torta (vc trai uma pessoa que confia em vc) dizendo que precisa compreender melhor sua orientação sexual. Mas, vc já está bem resolvida sobre isso não? vc já sabe do que gosta! Tendo 16 anos vc já dispõe como deseja do seu corpo e do sexo! Então pq perder seu tempo ao tentar me fazer acreditar não sabe se prefere transar com ele ou com ela?? Eu sempre dizia aos adolescentes infratores que bancar uma escolha talvez fosse algo muito além do que eles podiam lidar. Adultos vivem correndo e se esquivando das consequências de seus atos, mas eles sempre pagam por isso. Vc pode estar começando uma trajetória a qual ém breve te trará de forma dolorosa e traumática, um aprendizado importante: vc não tem as habilidades necessárias para escolher fazer tanta coisa ao mesmo tempo: namorar, trair, viver algumas fantasias, dissimular e perder a confiança das pessoas pode te deixar mais machucada do que vc vai deixar as pesssoas que vc tem usado é manipulado. Cuidado com isso. Por hora, escolha viver uma coisa de cada vez e veja se vc evolui ao lidar consigo mesma (o que parece que vc já está tendo dificuldades) e com o fato de escolher viver sua sexualidade de forma tão apressada. Reflita sobre isso.

    • Mariana Cobra

      Estou lhe aplaudindo em pé!

    • Bell Waltzi

      Aplaudindo de pé com a Mari

  • Lily Pi

    A primeira coisa que vc deveria fazer menina é se afastar de ambos e se descobrir, descubra o te te faz falta, isso é o mais importante pra então definir o que fazer e só então conversar com ambos. Quanto ao seu namorado eu discordo de que ele deva saber de tudo, até porque a sinceridade boa é aquela que não machuca o outro, é injusto com ele jogar uma bomba nas mãos dele e falar se resolva aí cara. Converse com ele que vc tem sentido interesse por pessoas do mesmo sexo e se não é interessante pra ele abrir a relação ou se ele tem alguma outra sugestão. Mas lembre-se de que ter essa conversa somente valerá a pena se ao pensar vc perceber que é ele quem te faz falta. E finalmente, no mundo das pessoas estamos sempre abdicando de algo em busca de algo maior, não só no mundo dos adultos, você abdica de

    pular da ponte para que possa viver, gasta seu tempo estudando para ter um futuro melhor, portanto saia da beirada da ponte dos seus relacionamentos e não se deixe perder em suas emoções.

  • Monalisa

    o único problema ai é seu chifrudo, quer dizer namorado que não sabe de nada. Se ele aceitar dividir você com a outra mulher blz. Mas geralmente um homem só aceita isso quando ELE é o principal e tem duas mulheres que querem ter relações com ele. No caso da sua amiga, se ela for lesbica mesmo ela não vai aceitar ter relações sexuais com seu namorado. Sendo assim pode excluir a ideia de ficar com os dois.
    O que eu acho incrivel é uma menina de 16 anos já ter toda essa experiência sexual. Tanto hetero quanto homo. Ainda nem sabe o que quer ser na vida e ja tão experiente nesse lado. na verdade nem sexo deveria estar fazendo com essa idade..=/

    • Mariana Cobra

      Queria mesmo saber como essa moça vai no colégio e quais são os planos para 2018 (enem e qual curso cursar), mas levando em conta a tamanha energia gasta em relacionamentos, prevejo mais uma analfabeta, desempregada e dependente do governo pra sobreviver.

      • Wana

        Clap Clap Clap Clap Clap Clap e mais uma porrada de Claps
        Já pensou? Traíra e com bolsa família. KKKKKKK belo futuro.

    • Stanley Lewis

      o número de moças adolescentes que experimentam uma relação homossexual está crescendo cada vez mais

      • Monalisa

        Não tenho nada contra o homossexualismo. Também tenho a mesma opinião sobre as relações hetero. Principalmente adolescentes, vão muito na onda dos outros, tem essa coisa de ser aceito no grupo. ” se você nunca beijou na boca, te zoam, se nunca transou te zoam e etc” Já fui zoada para caramba por nunca ter beijado até os 20! Levando para o homossexualismo, as vezes as meninas nem querem pegar outra menina só vão na onda mesmo, até para agradar macho, ser “descolada” e etc. Já que mulher bissexual é moderna, descolada, sexy e etc. Mas se for homem tá lascado é linchado na rua.
        Tinha uma menina na minha facul, que vivia no grupinho junto com os homens, e enchia a boca para dizer que era lesbica. vivia agarrava com outras mulheres na faculdade se beijando nos corredores. Mas sempre estava rodeada de homens, que vez ou outra tiravam casquinha dela. Não é que antes da facul terminar ela tava gravida!!!!! uai.. mas não era lesbica? ou seja, ela nunca foi lesbica, se dizia assim só para ser fruto de imaginação dos homens ao redor dela. Só porque ser bissexual tava em “alta” tipo isso. E não porque ela realmente gostasse do mesmo sexo.

        • Elisa

          Nossa é muito comum mesmo. Principalmente em faculdade federal.

          • Monalisa

            Não posso generalizar. Mas algumas pessoas das universidades públicas parecem que só usam o cérebro para passar no vestibular, depois que entram parece que ele derrete. Perdem o senso do ridiculo.

          • Elisa

            Nem me fale…. Não me encaixo naquele lugar. O que vc falou é verdade msm. Galera lá gosta de ser modinha, de pagar de alternativo/descolado e aí acaba fazendo um papel ridículo como o dessa garota. Nossa, acho isso insuportável. Graças a Deus estou me formando e não vou ficar nessa fogueira de vaidades. É insuportável. Desculpa o desabafo.

          • Monalisa

            Eu sei, também estudo em publica tem pessoal muito doido mesmo. Mas só dura o tempo que estavam cursando. depois em um passe de magica acaba. rsrs

          • Elisa

            O pior é que ela nem pensou que poderia estar… sei lá ferindo os sentimentos de uma garota que realmente gostasse dela. Só tava afim de agir à la atriz pornô. Vai ver ela pegava garotas do mesmo naipe que ela. Nojo desse povo.

        • Stanley Lewis

          Ta certo que uma parte das moças se deixa levar por essa onda, mas vejo que tem muitas que estão realmente partindo para o lado bi ou lésbica. Acho até que existem mais lésbicas do que gays.

  • Leitora, sua amiga é lésbica, se fosse bissexual resolveria a questão.
    Procure uma amiga bissexual que queira transar também com o seu namorado.
    Tenho certeza que o seu namorado que tem 19 anos e deve tá louco para transar feito um coelho não vai reclamar, pelo contrário, vai adorar e lhe agradecer.

    • Stanley Lewis

      Provavelmente ela vai considerar a sua sugestão kkkkkkk

  • Stanley Lewis

    Do jeito que anda essa geração atual, seu namorado provavelmente nem vai se importar de te deixar fazer briga de aranhas kkkkkk, já devia ter contado pra ele, e além do mais, diante do que você descreve na sua história, o negócio todo só se baseia em puro sexo, seu foco não é um relacionamento sério com ele, senão teria enxergado isso como uma traição e estaria arrependida.

  • Liz

    Engraçado q quando eu era mais nova, achava q meus pais eram sem noção de falar q “namorar é pra casar”. Hoje entendo perfeitamente. Realmente, namorar com 16 anos ou dá em casamento 10 anos depois, ou dá nisso: uma das pessoas (ou ambas) viram uma muleta emocional precoce pra outra, enquanto a cabeça tá lá explodindo com as possibilidades. A moça da pergunta tá experimentando esse assunto agridoce q são os relacionamentos: é bom ter alguém pra uma coisa, é bom ter alguém pra outra, e é bom ter alguém pra uma terceira coisa, mas não é bom quando é a gente o alguém 1, 2 ou 3. E aí fica a questão se é um relacionamento ou se é uma troca. Ela só tá usando, e tem gente q nunca para, na minha opinião, a maioria esmagadora. Em nenhum momento é citado o que o cara quer, o que a outra quer, só que ela gosta de ter os dois à disposição. Então é isso aí. No caso dela só fica mais exacerbado, mas no fundo, quem é totalmente comprometido com O relacionamento, e não só com as próprias vontades, é raríssimo de se encontrar.

  • Beatriz

    Não é bissexualidade ficar com um homem e uma mulher ao mesmo tempo. É você sentir atração pelos 2. E você pode fazer isso sem usar ninguém.
    O que você está fazendo com seu namorado é muito errado. Você disse que não quer enganar ninguém mas já está enganando…
    Seja justa com ele. Conte a verdade e deixa ele decidir se quer ficar com você ou não. E se isso vai ser monogâmico ou não. Ele não é obrigado a querer estar em um relacionamento não monogâmico.
    Eu sinceramente acho que voce não deveria ficar com nenhum dos dois. Não acho que você o ame porque o está traindo constantemente e não quer parar. E a sua amiga sabe que você tem namorado e fica com você, te ajuda na sua traição…
    Acho que se você quer se conhecer e viver sua bissexualidade deveria ficar solteira e conhecer pessoas novas.
    Mas não focar só nisso. Você só tem 16 anos. Tente focar mais no que você vai fazer com a sua vida e não só em com quem vai transar. Não vale a pena direcionar sua energia toda pra isso…
    E nunca justifique nenhuma traição por ser bissexual! Bissexualidade não é bagunça. E esse tipo de comportamento e justificaria sua só reforça a ideia errada de que bissexuais não são confiáveis. Algumas pessoas nao sao confiaveis, independente da sexualidade delas. Você no momento não é, pro seu namorado. Mas pode mudar isso.
    Se quiser justificar fazer merda por ser adolescente ate vai (forçando um pouquinho ne, porque voce sabe que ta errada), mas não por ser bissexual. Sexualidade não define caráter. Lembre de sempre respeitar as pessoas e não se aproveitar delas só pro seu prazer…

  • José Zezim

    Com 16 anos ninguém tem maturidade e nem “juízo”… então lhe digo: vá estudar.

    • ah vá que com 16 anos vc naõ tinha problemas d amô