7 filmes que irão te ensinar algo especial e importante:

10

Na natureza selvagem (Into the wild)

Filme baseado na vida de um jovem norte-americano de família rica, recém-formado numa ótima universidade e que joga tudo pro alto.

Para ele, a vida em sociedade é baseada em mentiras e maldades, ficando muito claro o desprezo que ele sente pelo pai e todo o conflito gerado pela submissão da mãe. Por isso, até mesmo como uma forma de protesto, decide abrir mão de absolutamente tudo e partir em busca de uma vida simples e próxima à natureza.

É um filme belíssimo que mostra a jornada pelo autoconhecimento e a busca pela felicidade.

Melhor do filme: as paisagens (fotografia perfeita).

Moral da história: “a felicidade só é verdadeira quando compartilhada”.

Intocáveis (Intouchables)

Baseado em fatos reais, esse filme francês que conta a história de um homem muito rico que sofre um acidente aéreo e fica paralisado do pescoço para baixo.

Amizade, companheirismo e confiança são os elementos que transformam esse filme tocante e inesquecível.

Moral da história: dê valor as pequenas coisas que lhe fazem feliz.

O Fabuloso Destino de Amèlie Poulain   (Le fabuleux destin d’Amélie Poulain)

Mais um filme francês para a lista. Esse é um clássico que não perde o charme no decorrer dos anos. Um filme leve, divertido e que lhe faz refletir sobre como pequenas ações podem mudar a realidade de todos que te circundam.

Conta a história de uma garçonete de um pequeno café que vive no mundo da lua. Sua vida começa a ter cor a partir do momento que encontra em um esconderijo no seu apartamento uma caixa repleta de objetos pessoais de antigo inquilino.

Melhor do filme: a relação entre pai/filha/duende de jardim

Moral da história: não tenha medo de viver.

Senhor estagiário  (The Intern)

Ao mesmo tempo melancólico, hilário e que deixa o coração quentinho. Esse filme conta a história de um senhor aposentado e viúvo que busca uma recolocação no mercado de trabalho para ocupar seu tempo.

É engraçado ver a combinação perfeita entre o antigo X novo e como a gentileza nunca sai de moda.

Melhor do filme: um senhor de 70 anos ensinando os jovens a se vestir e paquerar.

Moral da história: não tenha preconceitos com idade, esteja aberta a novas possibilidades e não menospreze nenhuma experiência de vida.

Encalhados (Laggies)

Esse é quase um besteirol, mas que lá no fundinho é capaz de ensinar boas lições.

A primeira é delas está estritamente ligada ao autoconhecimento e às pessoas que deixam a vida levar.

Esse filme mostra a história de uma moça que se vê “presa” num círculo de amizade que não tem nada a ver com a personalidade dela. Um namoro que ela não vê futuro, mas continua nele por não ter nada melhor para fazer, e um emprego medíocre para alguém com tanta inteligência.

Quando a bolha da vida da personagem principal estoura, ela vai buscar refúgio na casa de sua nova amiga (uma adolescente).

Melhor do filme: o diálogo entre o pai da adolescente e a estranha adulta que não cresceu.

Moral da história: não seja coadjuvante da própria vida: cresça, descubra o que te faz feliz e defenda seus objetivos, contudo, jamais passe em cima dos sentimentos dos outros.

Um divã para dois  (Hope Springs)

A atuação de Meryl Streep e do Tomy são demais, realmente parecem um casal de LONGA data.

Esse filme é ideal para os palpiteiros de plantão do PAUM, pois mostra de forma didática como uma vida boa pode estar recheada de infelicidade.

O Steve Carell é a nossa querida Luiza e dá show de bola na atuação e nas lições que passa ao casal desafortunado.

Para quem é casado, este filme é um bom meio de reflexão. Para os solteiros, um alerta sobre como as coisas podem ficar ruins e imperceptíveis.

Melhor do filme: são as cenas entre o casal e o terapeuta. Não tem como não ficar desconfortável e dar as mãos ao Arnold (Tommy Lee Jones).

Moral da história: comunique-se. Não tem como o outro saber o que você está sentindo se não verbalizar as suas problemáticas. 

Up – altas aventuras!

Não poderia deixar de fora um dos filmes mais doces e com uma lição tão linda.

Up! mostra com uma doçura extrema a vida de Carl Fredricksen, indo desde quando ele era criança, até o momento em que ele é um idoso viúvo. Tirou de mim altas lágrimas e risos.

Carl, Ellie, Russel e o cachorro formam um time perfeito e trás grandes lições a nós telespectadores.

Melhor do filme: o filme inteiro é lindo, não consigo pensar numa melhor cena, por isso deixo para vocês escolherem!

Moral da história: nunca desista dos seus sonhos e seja feliz a cada objetivo alcançado, a cada minuto vivido ao lado de quem se ama.

Dica 1: Todos os filmes estão disponíveis na Netflix ou na locadora mais próxima de você;

Dica 2: Vale a pena separar todos os títulos que você ainda não assistiu para ver. Vale a pena, pode confiar.

Dica 3: Todos esses filmes combinam com uma boa sessão da tarde com bolo de fubá cremoso e café, nada como um lanchinho feito com carinho para aquecer um coração.

Bolo de fubá cremoso de liquidificador:

1 assadeira com furo no meio untada com manteiga/margarina e salpicada com farinha (se for na assadeira quadrada a parte cremosa não fica tão gordinha).

1 liquidificador

3 ovos

3 xícaras de leite

2 colheres de sopa de farinha de trigo

1 xícara de fubá

2 colheres de sopa de margarina (ou manteiga)

50g de queijo ralado

1 colher de sopa de fermento em pó

Coloque tudo no liquidificados (líquidos primeiro) e bata até ficar homogêneo. Coloque na assadeira e asse por 45 minutos a 200° (na temperatura média).

Não adianta enfiar a faca no bolo pra saber se ele está pronto, pois a parte de cima fica cremosa. Deixe pelo tempo indicado e aproveite o filme!

 

Instagram
Share.

About Author

Mari Cobra

Intolerante a lactose, quase advogada, geminiana e fodidamente indecisa. Apaixonada pela vida, pelo meu namorido e em dar pitacos na vida dos outros.

  • João Emanuel

    desses ai assistir.
    Intocáveis
    Up – altas aventuras!

    tem alguns filmes superação que assistir.

    Uma lição de amor (2001) ótimo fala de um pai deficiente mental cuidar da filha uma verdadeira lição.

    Meu nome é Radio (2003) bom filme baseado em fatos reais um negro deficiente superando vários preconceitos se torna treinador football americano.

    Cinderella Man (2005) conta a historia do lendário boxeado James J. Braddock o Cinderella Man ganhou esse apelido por causa da grande superação dificuldades que passou na Revolução de 1930 EUA, da miséria pro luxo.

    não to mais lembrando o resto kkk memoria ta ruim.

  • Monalisa

    Amelie é simples e apaixonante. As cores vibrantes do filme, a trilha sonora, tudo em conjunto faz a obra perfeita! O filme mostra que todos tem qualidades, defeitos, manias e que podemos ser felizes apesar disso.
    O filme Up altas aventuras me faz lembrar meu avô. Minha avó morreu primeiro e meu avô um ano depois se foi também. E ele sempre teve uma ligação muito forte com sua casa.Tanto que faleceu deitado da sua cama.
    Os intocáveis é legal porque mostra que não interessa você ser pobre de rico. A saúde é um dos nossos melhores tesouros. E o que o cara do filme não daria para andar novamente? Aquilo que é tão recorrente na nossa vida nos não damos valor até perder, como coisas simples como andar, ser independente, não ser surdo, nem cego, ter um prato de comida disponivel e etc.
    E o filme faz um contraste entre o velho incapaz, porém muito rico, com um jovem pobre de familia problematica, porem cheio de saúde, energia e simpatia. O filme mostra esses dois mundos em harmonia quando o velho e o jovem estão juntos.
    Os outros filmes não assisti ainda.. rs

  • 1- Assisti natureza selvagem por causa desse post: amei
    2- Os intocáveis é um dos filmes que mais amei na vida. Gosto demais da terceira idade e a mensagem é maravilhosa.
    3- UP é sem palavras tbm

    agora Amelie eu não sei pq, mas achei o filme uma bela de uma bosta, mas acho q sou a única pessoa q não gostou desse filme mesmo kkkkkkkk

    • João Emanuel

      O.o Lulu mafiosa Os intocáveis tem tempo que eu assistir muito bom, filme mafioso uma mistura de amor família negócios é Bonasera.

    • Mariana Cobra

      Filme é uma coisa mto particular, às vezes oq me tocou não tocou vc kkkkk
      Fico feliz que vc tenha gostado de Na natureza!

    • Monalisa

      Não é só você. Muita gente que eu conheço não gostou do filme Amelie, muitos acharam monotono e sem graça. rsrsrs
      Como a Cobra disse, filme é uma coisa bem particular. Eu por exemplo odeio filmes que são amplamente ovacionados como “Rock balboa”, curtindo a vida adoidado, american pie, beleza americana( não vi nada demais nesse filme, nem sei porque ganhou premios), avatar( ó filme chato!!!), Frozen ( história chata e previzível) etc, etc… =D

      • Verdade e agora vamos poder trocar dicas pq abri essa área no site. Leio bastante e sempre me pedem coisas nessa área tbm, vamos ver oq acontece. No mínimo já temos os filmes kkkkkkkkk

    • Stanley Lewis

      Amelie Poulain eu achei mais ou menos tambem.

  • Jps

    De 7 eu vi 4, então não estou tão ruim, rs

    Into the Wild eu já quero ver há um tempo, mas nunca tenho tempo ou lembro

    Eu vou adicionar “O Fabuloso Destino de Amèlie Poulain” na minha lista do que ver, porque filmes franceses num geral tem um toque especial e pela sinopse parece interessante.

    Fora esses filmes, acho que praticamente todos produzidos pela Disney Pixar ensinam coisas boas, mas diria que Zootopia se encaixa bem nessa lista. Ele aborda o preconceito e diria até um pouco de esteriótipos/machismo de uma forma bem legal.

  • Stanley Lewis

    Desses aí o único que não vi foi “Um divã para dois”. Os que eu gostei foram Intocáveis , Senhor Estagiário e Up.