7 filmes que irão te ensinar algo especial e importante:

9

Na natureza selvagem (Into the wild)

Filme baseado na vida de um jovem norte-americano de família rica, recém-formado numa ótima universidade e que joga tudo pro alto.

Para ele, a vida em sociedade é baseada em mentiras e maldades, ficando muito claro o desprezo que ele sente pelo pai e todo o conflito gerado pela submissão da mãe. Por isso, até mesmo como uma forma de protesto, decide abrir mão de absolutamente tudo e partir em busca de uma vida simples e próxima à natureza.

É um filme belíssimo que mostra a jornada pelo autoconhecimento e a busca pela felicidade.

Melhor do filme: as paisagens (fotografia perfeita).

Moral da história: “a felicidade só é verdadeira quando compartilhada”.

Intocáveis (Intouchables)

Baseado em fatos reais, esse filme francês que conta a história de um homem muito rico que sofre um acidente aéreo e fica paralisado do pescoço para baixo.

Amizade, companheirismo e confiança são os elementos que transformam esse filme tocante e inesquecível.

Moral da história: dê valor as pequenas coisas que lhe fazem feliz.

O Fabuloso Destino de Amèlie Poulain   (Le fabuleux destin d’Amélie Poulain)

Mais um filme francês para a lista. Esse é um clássico que não perde o charme no decorrer dos anos. Um filme leve, divertido e que lhe faz refletir sobre como pequenas ações podem mudar a realidade de todos que te circundam.

Conta a história de uma garçonete de um pequeno café que vive no mundo da lua. Sua vida começa a ter cor a partir do momento que encontra em um esconderijo no seu apartamento uma caixa repleta de objetos pessoais de antigo inquilino.

Melhor do filme: a relação entre pai/filha/duende de jardim

Moral da história: não tenha medo de viver.

Senhor estagiário  (The Intern)

Ao mesmo tempo melancólico, hilário e que deixa o coração quentinho. Esse filme conta a história de um senhor aposentado e viúvo que busca uma recolocação no mercado de trabalho para ocupar seu tempo.

É engraçado ver a combinação perfeita entre o antigo X novo e como a gentileza nunca sai de moda.

Melhor do filme: um senhor de 70 anos ensinando os jovens a se vestir e paquerar.

Moral da história: não tenha preconceitos com idade, esteja aberta a novas possibilidades e não menospreze nenhuma experiência de vida.

Encalhados (Laggies)

Esse é quase um besteirol, mas que lá no fundinho é capaz de ensinar boas lições.

A primeira é delas está estritamente ligada ao autoconhecimento e às pessoas que deixam a vida levar.

Esse filme mostra a história de uma moça que se vê “presa” num círculo de amizade que não tem nada a ver com a personalidade dela. Um namoro que ela não vê futuro, mas continua nele por não ter nada melhor para fazer, e um emprego medíocre para alguém com tanta inteligência.

Quando a bolha da vida da personagem principal estoura, ela vai buscar refúgio na casa de sua nova amiga (uma adolescente).

Melhor do filme: o diálogo entre o pai da adolescente e a estranha adulta que não cresceu.

Moral da história: não seja coadjuvante da própria vida: cresça, descubra o que te faz feliz e defenda seus objetivos, contudo, jamais passe em cima dos sentimentos dos outros.

Um divã para dois  (Hope Springs)

A atuação de Meryl Streep e do Tomy são demais, realmente parecem um casal de LONGA data.

Esse filme é ideal para os palpiteiros de plantão do PAUM, pois mostra de forma didática como uma vida boa pode estar recheada de infelicidade.

O Steve Carell é a nossa querida Luiza e dá show de bola na atuação e nas lições que passa ao casal desafortunado.

Para quem é casado, este filme é um bom meio de reflexão. Para os solteiros, um alerta sobre como as coisas podem ficar ruins e imperceptíveis.

Melhor do filme: são as cenas entre o casal e o terapeuta. Não tem como não ficar desconfortável e dar as mãos ao Arnold (Tommy Lee Jones).

Moral da história: comunique-se. Não tem como o outro saber o que você está sentindo se não verbalizar as suas problemáticas. 

Up – altas aventuras!

Não poderia deixar de fora um dos filmes mais doces e com uma lição tão linda.

Up! mostra com uma doçura extrema a vida de Carl Fredricksen, indo desde quando ele era criança, até o momento em que ele é um idoso viúvo. Tirou de mim altas lágrimas e risos.

Carl, Ellie, Russel e o cachorro formam um time perfeito e trás grandes lições a nós telespectadores.

Melhor do filme: o filme inteiro é lindo, não consigo pensar numa melhor cena, por isso deixo para vocês escolherem!

Moral da história: nunca desista dos seus sonhos e seja feliz a cada objetivo alcançado, a cada minuto vivido ao lado de quem se ama.

Dica 1: Todos os filmes estão disponíveis na Netflix ou na locadora mais próxima de você;

Dica 2: Vale a pena separar todos os títulos que você ainda não assistiu para ver. Vale a pena, pode confiar.

Dica 3: Todos esses filmes combinam com uma boa sessão da tarde com bolo de fubá cremoso e café, nada como um lanchinho feito com carinho para aquecer um coração.

Bolo de fubá cremoso de liquidificador:

1 assadeira com furo no meio untada com manteiga/margarina e salpicada com farinha (se for na assadeira quadrada a parte cremosa não fica tão gordinha).

1 liquidificador

3 ovos

3 xícaras de leite

2 colheres de sopa de farinha de trigo

1 xícara de fubá

2 colheres de sopa de margarina (ou manteiga)

50g de queijo ralado

1 colher de sopa de fermento em pó

Coloque tudo no liquidificados (líquidos primeiro) e bata até ficar homogêneo. Coloque na assadeira e asse por 45 minutos a 200° (na temperatura média).

Não adianta enfiar a faca no bolo pra saber se ele está pronto, pois a parte de cima fica cremosa. Deixe pelo tempo indicado e aproveite o filme!

 

Instagram
Share.

About Author

Mari Cobra

Intolerante à lactose, bem cuzona, nunca disse que sou legal, tenho um coração grande e geralmente tomo na tarraqueta, geminiana e fodidamente indecisa. Apaixonada pela vida e falo muito palavrão.