Acho que minha esposa se apaixonou por outro homem:

39

Leitor: Tenho 40 anos e minha esposa 36. Somos casados tem 14 anos já e temos filhos. Vivemos muito bem e nossa família parece comercial de margarina. Somos bem felizes (ou éramos). Minha esposa é professora desde quando a conheci. 

Este ano, no primeiro semestre, ela foi trabalhar em uma escola um pouco mais longe aqui de casa. Moramos em uma capital. Foi bem neste período que ela começou com umas histórias que soaram estranhas para mim. Começou a falar de um professor, colega de trabalho da nova escola. Disse, com admiração, que ele era jovem, 23 anos, que se formou em Educação Física com muito esforço, que trabalha bastante na escola, é professor de academia também,… Com o passar do tempo, percebi que minha esposa conversava muito com ele, como dois bons amigos. Percebo que minha esposa quando fala dele muda o olhar, se embaraça nas falas, e, às vezes, baixa a cabeça ou desvia o olhar de mim. Viraram amigos de Facebook, Instagram e WhatsApp. Minha esposa parecia cada vez mais encantada com ele e, ao mesmo tempo, parecia estar com raiva de mim, sem paciência comigo. 

Minha esposa, já neste semestre, deixou de trabalhar naquela escola. Parecia que tudo tinha voltado ao normal. Até que esta semana, fui bisbilhotar o WhatsApp dela (nós deixamos mexer no celular um do outro) e vi que ela tinha voltado a conversar com aquele rapaz. Não tinha nada demais na conversa, mas percebi que minha esposa voltou a ficar nervosa comigo e impaciente. Tinha mudado de humor novamente, estava estranha. Ficava, sem motivo aparente, com muita raiva de mim. Não acho que minha esposa seja traidora, ela tem uma moral muito forte. Mas acho, sinceramente, que ela está apaixonada por aquele rapaz e, como não pode fazer nada com ele por ser casada, se frustra, fica irada e desconta tudo em mim, como seu eu fosse culpado de alguma coisa. Como conduzo esta situação? Não quero perder a família, mas também não quero ter sócio ou alguém sempre descontando sua raiva em mim. Obrigado, Luiza e leitores.

Ok, sua esposa não é traidora e tem a moral muito forte, mas VOCÊ se sente bem com ela gostando de outro homem? Tipo, pode gostar, desde que não te traia, “que pra você tudo bem e o que importa é manter a família”? Enfim, vou tentar dividir esse post com conselhos que daria a ela, e outros que daria a você, tá?

Se eu pudesse aconselhá-la, diria que o sentimento nunca é opcional, mas a fidelidade sim. Entendi que isso ela já está fazendo “direitinho” ao não trair. Também perguntaria se, apesar da grande maior parte dos sentimentos “passarem e é só aguentar/ter paciência”, se ela gosta mesmo, de verdade, desse homem. E se ele gosta dela também, claro.

Dependendo da “troca entre as almas”, ainda que obviamente ninguém queira “abandonar uma família”, ela se veria sem saída: teria que terminar contigo. Afinal de contas, por mais que ela se esforce e tente manter “um padrão social”, do que adianta passar dia após dia pensando e desejando outro? E pior ainda, se ele desejá-la também? Me parece uma sensação pior do que terminar um relacionamento que, apesar de ter sido lindo, já deu a validade (é horrível falar assim, porque parece que as pessoas são descartáveis, mas vamos encarar que isso acontece?).

Se a vida é tão curta e ela ver que esse sentimento não irá parar enquanto não for concretizado, que seja honesta com ela mesma e com você. Afinal de contas, você não merece ser casado com uma pessoa que não te ama mais e ainda “vive sem paciência contigo”, enquanto ela também não merece ficar casada estando apaixonada por outro. Os dois perdem vida e alegrias nesse caso, entende? E tenho certeza que você já tem percebido claramente isso aí dentro da casa de vocês.

Como um dos primeiros conselhos que dei/daria a ela é que, na maioria das vezes, isso passa. Pediria para, antes de tudo, tentar se desvincular desse cara, mas tentar MESMO. “Não dar asa a cobra”, como diria minha mãe. Porém, se acontecer a exceção e ela ficar que nem zumbi imaginando como seriam todos os gostos e sabores daquele homem, sentindo saudades, imaginando como seria e o que ela está perdendo ao não estar com ele, etc, que termine e se arrisque a viver um novo amor. Certamente não é o que você – e acredito que inclusive ela – gostaria (quem quer sair do comodismo?). Mas a vida tem dessas peças mesmo. Fases, etapas, superações. Tudo nem sempre tão fácil como gostaríamos que fosse, mas temos que encarar, concorda comigo?

Ela pode se arrepender? Pode.

Pode ver que fez má troca? Pode.

Mas tem saída?

Se ela não conseguir ser, nem te fazer verdadeiramente feliz, me parece algo necessário de se fazer, concorda?

Sem contar que a gente pensa que família é ter “todo mundo em casa”, mas você sabe que não é isso. E mesmo se fosse: ter família ou ser feliz? Vai de cada um.

Agora vou dar meu conselho PARA VOCÊ e dizer o que eu faria no seu lugar.

Deu um prazo e viu que ela não tá se esquecendo desse cara? Falaria que percebi que ela está apaixonada por ele e perguntaria o que ela pretende fazer em relação a isso. Nisso, ela te assumindo ou não, provavelmente entraria “em um choque de reflexão com ela mesma”. Ou seja, pela primeira vez, se veria obrigada a pensar racionalmente sobre esse “problema dela”, não apenas “viver a emoção”, já que agora “foi descoberta”. E aí, quem sabe, ela se toca que pode acabar te perdendo e deixa esse cara de lado OU vê que o sentimento é maior do que ela mesma gostaria de sentir. A gente pensa que sabe, mas a verdade é que ninguém sabe sobre os planos de Deus. E contrariando “todos os clichês sociais”, nem sempre está dentro do nosso casamento. E olha que engraçado, no fundo a gente sabe disso, mas o medo, comodismo, enfim….

Leia esse texto sobre regras para viver um grande amor. Acho que vai te ajudar também.

Deixe as pessoas livres, se elas não voltarem, nunca foram suas. Mas se voltarem…. (lembra dessa frase? kkkk). Pra mim é isso.

E não precisa comer um caminhão de merda não, tá? Você é forte e tá cheio de pessoas incríveis no mundo.

Boa sorte!

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.

  • Mariana Cobra

    “Como conduzo a situação?”

    EU, no seu lugar, seguiria os seguintes passos:

    1 – como a Luíza bem disse, teria uma conversa sincera sem esperar respostas sinceras dela. Ao menos fará ela refletir e tomar um susto. As vezes nem ela tá sabendo lidar ou entendendo os próprios sentimentos;

    2 – faria uma reflexão sobre “como sou como marido”. Veja bem. MARIDO e não pai de família margarina;

    14 anos de casamento podem tirar o brilho da paquera e é isso que encanta e tirou o ar da sua esposa. Ser cortejada, desejada ou até mesmo ter um ouvido atento faz toda diferença.

    Veja essa acontecimento como uma oportunidade de vocês se reconectarem como um casal e reencontrarem um ao outro ou melhor, de se apaixonarem novamente. As vezes esquecemos de nós mesmo em prol do outro ou em prol da família.

    • Nada a ver com o assunto,mas sobre a Black Friday, achei que não valeria a pena fazer o post pelo feedback de vcs, PORÉM,
      recebi esse link pronto
      tem coisa que vale e coisa que não vale, ó:
      https://blackfriday.compre.vc/?sourceId=35891582

      • Mariana Cobra

        Eu já tinha me cadastrado no site do evento pra saber sobre as promoções kkk

  • O que faz o medo…
    Observou à distância, investigou no celular, consultou a Luiza, concluiu tudo sozinho.
    Interessante como mesmo a intimidade de um casal com um bom tempo de convívio ainda sim não é o suficiente para a clareza das intenções. Ainda são dois misteriosos, um para o outro.
    Caro perguntador, chama a atenção uma coisa: ela não esconde o jovem de você. Talvez seja um bom indício. E temos o óbvio, que só o temor explica você não ter feito antes de tudo: abre o jogo com ela. Talvez você tenha feito castelos na areia.

    • Mariana Cobra

      Eu pensei tbm que talvez ele esteja projetando nessa suposta paixão a infelicidade da esposa, enquanto a falha é do casamento deles mesmo…

      Assumir que a esposa é infeliz pq ele tornou-se mais pai e mais margarina é bem difícil, aí surge um jovem e uma paixão para culpabilizar.

      • Thomaz Aquino

        Como eu disse , sempre existem um outro admirável , o problema que ela anda tratando mau ..
        O desgaste emocional dele compensa ,esta inseguro e infeliz ..
        Entai o problema nao e mais o outro , e o que ele fara consigo mesmo , ficara refem da situacao ou chutara o balde , nao se deve admitir falta de respeito de jeito menhum …
        Tratar mau , ser rudi , demostrar irritabilidade do lado de alguém e falará de respeito , que nao deve ser tolerado de forma alguma ..
        So que qual a condicao dele para pular fora .
        Digo financeira , porque isso faz muita diferença , tem muito gente presa por causa disso .
        Cara quando tem grana , normalmente neste caso arrume outra é pica ou pica o pé exararias outra tipo Fabio Junior , cara não aguenta nadinha de mulher , ela pode ser um avião , ele sabe que arruma outra rapidinho ..
        Claro que ele é exagerado , tolerância zero … Mas a tolerância deste leitor chega ser irritante , tem sangue de barata , fala sério ..
        Mulher falar pra mim de um cara , desse jeito , eu falo da mina do posto de gasolina ,da vizinha que muiti melhor que ela mais novo e tals .
        Ue nao e admiração ..Rsrs então ele pode admirar também não é verdade , outra cousas tratou mau …..
        Nao deve ter mais Beijao , nao deve ter mais rala e rola de qualidade , ele pelo jeito é comportadinho , não sai com outras nunca saiu ..
        Resumindo é um babaca .. E algumas mulheres pisam sem dó nos babacas … Sabe porque ? Porque eles permitem se submetem , aceitam … Então a culpa é dele ..
        Eu já escutei mil vezes de casadas , meu marido não faz direito ..
        Afffffff , porque tem que ser o homem que faz direito ? Mulher mao sabe fazer ..Papo furado .. Esta enjoada do cara ..
        Afim de experimentar outros sabores formas e tamanhos , jeitos ..
        Igual o cara sai com uma vadia mulher maravilha com laço e tudo .. Aí ele vira o Batmam , chega em casa a mulher dele que é isso aquilo , devagar .
        Fala sério e muita ipocresia culpar os outros por nossos frustacoes e desejos …
        Ou projetar em alguém algo que a pessoa não é e nunca será ..
        Então. Às vezes temos que ser Cobra não é miga ? Rsrs

    • Podem passar juntos 5, 10, 50 anos, não importa, um casal sempre será a união de dois misteriosos.

      Ass: Eros, The Mysterious Profile

  • Ana Elisa Bacon

    mas gente.. que viagem
    parece que não tem nada acontecendo e o perguntador que está com ciúmes e tirando várias conclusões precipitadas rs.

  • Monalisa

    1º esse negócio de fuçar o celular do outro é um saco. Confiança é tudo. As vezes vocÊ quer falar de um assunto pessoal com um amigo seu, sua esposa também, quer falar besteira e etc, e um fica olhando o celular do outro, que saco.
    2º Achei legal ela compartilhar isso com você, de que admira o cara e etc. Mostra que ela parece ser uma pessoa bem transparente.
    3ºJá pensou que o stress dela possa ser de qualquer outra coisa? trabalho mais longe, alunos chatos, sou professora e sei como é. Entrega de notas e final de bimestre é um stress danado!
    4ºPossa ser que sim, que ela esteja apaixonada, mas pode ser só coisa da sua cabeça.Então porque você não fica mais carinhoso com ela? chame-a para sair , faça uma surpresa, pense em algo diário, para ela ver que você se preocupa com seu casamento.

    =D boa sorte leitor.

  • Denilson

    Talvez o problema esteja aí mesmo, vc se esqueceu de ser um marido, e tornou-se um pai de família de comercial margarina.
    Eu não sei quase nada dessa vida, mas baseado no q já vivi, eu acho q se a sua esposa estivesse apaixonada/interessada nesse cara, não deixaria tão óbvio assim, a não ser q ela não saiba o q de fato sente por esse cara, ou esteja te dando uma pequena espetada pra acordar pra vida.

    Algo está errado nessa sua relação, e vc só vai conseguir descobrir o q é, chamando sua esposa para uma conversa franca.

    P.s: Comercial de margarina é um saco, procure outro modelo pra se espelhar!

    • Estou tentando imaginar outro modelo para o leitor se espelhar, mas juro que não consigo.
      É um casamento com filhos, o que se pode vislumbrar?

      Se tenho filhos quero vê-los brincando, sorrindo, com saúde, em uma casa confortável.
      Minha esposa quero vê-la cheia de saúde, bonita, sorridente e me enchendo de abraços.

      Todos juntos na hora do café passando margarina no pão, os dentes brancos quase não cabem na boca de tanta alegria kkkkkkkk

      • Denilson

        Um modelo onde ambos sejam francos, verdadeiros, que sentem para conversar quando algo parecer errado, ao invés de ficarem fuçando um no celular do outro talvez ? São 14 anos de união, e mesmo após mais de uma década, eles agem como se fossem estranhos.

        Até a pessoa mais estressada do mundo fica feliz com a barriga cheia, então sentar sorrindo em volta de uma mesa farta, não quer dizer q fora dali a vida a perfeita, desenhando pra vc compreender: Família de margarina é uma realidade quase sempre inalcançável, a começar pela mesa farta e o sorriso Colgate q não é a realidade da maioria dos brasileiros.

        • Depende do modo como se enxerga o mundo.
          Para você e o leitor família margarina é uma família de felicidade artificial.
          Para mim o pilar da família margarina é a verdade.
          #dentesbrancos
          #familiaMargarinaHimeneu

          • Denilson

            Vc parou de se consultar com a Lu ?

          • A minha energia cósmica se afastou da energia da Luiza, algo assim.

    • Mariana Cobra

      Igual comercial de absorvente…não tem nada de real ali.

  • Solteirão

    Eu acho que você ganhou um sócio faz tempo. Mais jovem, sem preocupação na vida, só curtição, …

    É um forma de escapar do dia-a-dia do stress da família, do trabalho de professora, do fardo da monogamia,… A situação só piora com um marido de comercial de margarina. É muita pressão na vida e ela precisa fazer algo de bom só para ela.

  • Rodrigo Silva

    O leitor parece mais preocupado com a imagem da família. Não existe família perfeita. Será que ele está dando a atenção devida a esposa dele?

  • Solteirão

    Acho que conheço o perfil dessa mulher aí. Tem muitas assim.

    Tenho algumas casadas fixas que pego de vez em quando. E as histórias são bem parecidas.

    Caro perguntador, vou te passar a real da mulher que você chama de esposa.

    Casou jovem, por amor, sem pensar muito. Viu em você um homem de segurança. Não aproveitou muito da vida e se juntou a você.

    O tempo passou. Os filhos vieram. E ela se olha no espelho e não vê mais aquela bela jovem de antigamente.

    Então aparece um homem jovem, bonito (suponho) e com (talvez) porte físico atlético (professor de Educação Física). Esse rapaz começa a paquerar a sua esposa. Ela gosta, vê que, apesar de quase uma quarentona, ainda é desejada por um jovem rapaz. A auto estima dela vai a mil por hora.

    Olhares vem, olhares vão. Cantada aqui, cantada lá. Elogios. Todos os dias, afinal eles convivem no trabalho diariamente. Tem um dia que ela cede e sar com o Ricardão. “É só uma vez”, pensa ela. Sai mais uma, mais outra e o motel (ou a casa dele) vira rotina. Ela projeta a juventude do rapaz nela mesma e se sente jovem novamente.

    Ela é independente. O corpo é dela. O tempo também. Então ela faz o que quiser. E ninguém poderá fazer nada a respeito.

    Talvez ela te ame, perguntador. Talvez a traição não envolva você. É ela querendo ter bons momentos, um presente que ela dá a si mesma. Resgatar a juventude perdida.

    O que você pode fazer a respeito?
    Aceitar e assumir a posição de corno.
    Fingir que não sabe.
    Se separar dela.
    Sei lá.

    Você também é independente. Tem autonomia sobre seu corpo e tempo. O que você vai fazer diz a respeito a só você mesmo. Você não é obrigado a aceitar nada.

    Talvez fosse melhor você procurar por terapia. Como você veste a carapuça do bom homem, bom pai de família, é capaz de fazer besteira quando descobrir que está sendo chifrado.

    • E pq vc sai com essas mulheres?

      • Solteirão

        Porque é bom para mim. Gosto de viver assim. Sou feliz.
        E acho que elas também se satisfazem vivendo assim.

        É só sexo. Curtição. É só o lado bom da vida. Sem cobranças.

        Essas mulheres amam seus maridos. Não querem abandonar a a família. Nem imaginam vivendo longe de marido e filhos. Elas querem comigo é só sexo mesmo. Bem escondido, Discreto. E eu gostiiio.

        A maioria transa comigo bem poucas vezes. Algumas apenas uma vez. É como se elas vivessem de dieta (casamento), mas de vez em quando se permitem saborear um doce (eu).

        As mulheres, quando jovens, fazem discurso contra traição. Abominam. Mas quando fazem 30 anos, 30 e poucos, 40, dá um “click” na cabeça delas e elas se permitem (nem que seja uma vez só) sentir o corpo de outro homem (geralmente alguém bem mais jovem que o marido, alguém com bem mais disposição física e testosterona). O motivo do “click”? Não sei.

        Vocês, mulheres, que ainda são bem jovens, casam cedo, não aproveitam muito a vida, e fazem discursos ferozes contra traição: cuidado para não queimarem a língua.

        • Franciele

          fO motivo do “clic”?
          Fácil, as meninas desde muito novas são compelidas a grande fingimento quanto a tudo o que respeita à sexualidade; pode observar, o rapaz da o primeiro beijo, sai com várias, tem a primeira a segunda a terceira vez sem ter que dar satisfação; a menina pode até querer alguém apenas para aprender sobre beijo e sexo, mas precisa forjar um namoro, mesmo que efêmero, por ser uma moça decente.
          Esse teatro persiste ao longo da vida, com diferentes roupagens, afinal, quem cumprir todas as regras tem felicidade garantida, só que não.
          Pois bem, depois de anos de casamento, em que muitas nunca agiram como desejaram, e percebendo que não atingiram a felicidade prometida, jogam tudo pro alto, nem que seja uma vez.
          Interessante notar que nem as auto proclamadas “putas” escapam a estas incoerências, porque muitas adotam esse estilo de vida por acreditarem que nenhum homem vale a espera ou a exclusividade.
          É como eu sempre digo, podemos tentar mentir pra quem quisermos, mas nunca conseguiremos mentir pra nós mesmos.

  • Franciele

    Leitor, a fome e a sede sao dois dos mais fortes instintos em nós, inclusive citados nos evangelhos como símbolos da busca pela divindade; ; quando falta um ou ambos um dos sintomas é justamente a irritabilidade.
    Não sei se ela está te traindo; o fato de falar contigo pode ser um bom indício ou uma estratégia brilhante de manipulação? Só tu pode saber avaliando o proceder a longo do tempo
    Será que o problema é vocês compartilharem demais a vida? Digo isso pela imagem do comercial de margarina e porque, apesar da nossa cultura n~~ preconizar que individualidade não combina com casamento, só nos interessamos por pessoas com o mínimo de independência para ter o que trocar conosco.
    Nesse contexto o rapaz mais jovem se torna o motivo de tudo ficar interessante denovo, um desafio, mas pense, ainda que exista algum sentimento além do gosto da novidade, seja da tua parte ao avaliar a situação, seja da parte dela ao deixar crescer a admiração por outro, tu acha mesmo que um cara recém formado, que só conseguiu isso comendo com muito esforço vai assumir uma mulher separada por causa dele e ainda com filhos? improvável demais.
    Como conduzir? Deixe de lado esse misto de fantasia e negação em que tu tens vivido e converse com ela: se houver mesmo uma paixão, dê um prazo para que ela se posicione sobre o sentimento e caso isso não ocorra, termine tu a relação, pela própria paz de espírito; se não houver nada demais, (re)descubram o que costumava divertir vocês no namoro e no início do casamento, para saber do que mais gostam além de serem pai e mae.
    Observação: ter tido poucos parceiros não é desculpa para deixar se consolidar sentimentos por outras pessoas e, antes que me venham dizer que isso não se controla, deixo dito que só crescem dentro de nós as ideias que alimentamos, e cabe a nós desenvolver a consciência desse processo.

  • Stanley Lewis

    O estranho nisso é que apesar de você achar que ela está apaixonada por esse outro cara, ela não esconde ele de você e também não esconde as conversas dela com ele, das duas uma: ou ela não está apaixonada por ele e isso é apenas imaginação sua, ou então ela está apaixonada por ele e consegue esconder bem as conversas deles a ponto de parecerem normais.

  • Elisa

    Acho que não é coisa da cabeça dele não. Pelo que ele escreveu, ela tá gostando mesmo desse outro. Muito estranho conversar com o cara e ficar meio desconfiada diante do marido e, sempre que fica perto desse moço, passa a ser mais irritadiça e impaciente com ele. Não sei, não. Agora, me parece que ele não gosta dela. Sei lá, ele foi racional demais ao descrever o problema. Sinto uma certa frieza. Acho que, mesmo que não haja traição, ambos os lados têm que ver se vale realmente a pena continuarem com esse matrimônio.

  • Eu me autoproclamo embaixador da família margarina e atesto:
    “Leitor, acho que você precisa ir para a academia e clarear os dentes”.

  • Marcelo

    Cara, tenha respeito por si mesmo e dê um basta nesta loucura.

    A ”sua” esposinha passou a achar que perdeu poder de barganha (entenda-se juventude e beleza) ao seu lado, a revolta dela é por causa disto.

    Acorde, ela pode não tê-lo traído, mas continuará a fazer da sua vida um inferno.

  • Rodrigo

    Leia tudo antes de julgar minhas palavras.

    Camarada, se o rapaz virou assunto frequente dela, se ela anda estranha, se ela fica irritadiça quando você a procura ou lhe cobra satisfações, se ela troca mensagens com ele no celular e o deixa ao seu alcance, você esta em maus lençóis, mas AINDA não foi traído.

    A traição se consumará pouco antes dela voltar a ser uma mulher amável e carinhosa, somando-se agora a vaidade, segredos com uma amiga, falta de desejo sexual(para com você), cuidados fora do comum com celular e redes sociais e aparente esquecimento sobre o rapaz — ela não irá mais falar ou mencionar nada que remeta a ele, talvez até ignora-lo ou trata-lo com certa indiferença, publicamente.

    O que você não deve fazer para que a traição se consume?

    Peste muita atenção: em hipótese alguma coloque ela contra a parede. Se ela já esta apresentando estes sinais todos, pode confiar em mim, conversar sobre o seu relacionamento será como apagar uma fogueira com gasolina. Ponto. Te explico mais abaixo o porque.

    O que você pode fazer para evitar que a traição se consume?

    O que você pode — e deve — fazer é fortalecer sua imagem perante os olhos dela.
    Como? Com qualquer e todas as coisas que faça ela relembrar que você é um homem forte, independente, atraente, sexualmente ativo, emocionalmente estável, com boa auto estima, e um bom partido. Bom não, de preferencia ótimo partido.

    Por que eu digo que não deve conversar com ela?

    Ela está encantada pelo rapaz, e as características que fizeram ela se encantar foram justamente estas: ele é, aos olhos dela, um homem forte, independente, atraente, sexualmente ativo, emocionalmente estável, com boa auto estima, e um bom partido. Bom não, ótimo partido.
    E você… Você é o homem que, seja lá por qual circunstancia foi — não faz tanto sentido pensar nissi, agora —, se tornou um cara com todos e quaisquer predicados que você tenha, menos estes acima elencados, que fazem ela sentir tesão pelo garoto.

    Parece infantil o meu conselho? Parece esses papos besta de “macho alpha” que se lê em sites para jovens bocós? Pode ser que sim, mas te digo porque não é.

    A relação de vocês já esta desgastada. É normal. O tempo que passa, a rotina, o trabalho, problemas, brigas… todas as coisas cotidianas de um casamento fizeram ele se desgastar. E isso acontece nas melhores famílias. A monotonia é venenosa à psique humana.
    Com isso ela passou a ver você como o ponto seguro, aquilo que está ali e não irá sair, o comum.
    Se você for colocar ela contra a parede, perguntando sobre o que está estranho, sobre as novas amizades dela, sobre o que você poderia melhorar, sobre o que você poderia fazer para melhor o relacionamento, ela irá perceber que você esta desconfiando do interesse dela no rapaz. Acredite em mim, adulto louco é aquele que rasga dinheiro, o restante se faz de louco, mas tem noção de tudo que o cerca.

    No momento em que ela perceber que você esta ciente do que esta acontecendo, e esta tentando fazer algo para o reverter, vão acontecer duas coisas na cabeça dela, mesmo que ela não tenha consciência:

    1. Ela irá ver em você um homem fraco que esta com medo de perder o relacionamento que tem, medo de tomar um chifre; um homem menor que o garoto, um homem menos sexual que o garoto, mais inseguro que o garoto, menos capaz de conquistar que o garoto, mais monótono que o garoto, com menor valor que o garoto.
    Não importa que você não se ache nada disso, não importa que você não seja menor que ele. Será essa a visão dela.
    Lembra do gordinho da saveiro? Lembra da Fabíola? Como é que uma gostosa daquela foi ficar com aquele cara? Simples: aos olhos dela o marido ela fraco e o amante o oposto.

    2. Ela vai fazer de tudo para proteger o romance dela, mesmo que ela ainda nem o tenha vivido. Ela será capaz de convencer a ela mesma de que é um exagero de SUA parte, de que não tem nada a ver, de que você esta errando com ela, desconfiando de todo o amor que ela te dá, de que você é fraco, inseguro e está ofendendo, caluniando e agredindo a integridade moral dela. Depois que ela mesma se convencer disto, será muito mais fácil para ela cometer o equivoco que ela irá cometer em aceitar pegar uma carona com ele, apenas para, sei la… economizar uma passagem e com isso investir no lar dela.

    Veja, neste blog mesmo, a quantidade de casos de mulheres que traem e dizem o famoso “não sei o que aconteceu”. Isso é a mulher que, para evitar a culpa, se convenceu de que a tensão sexual que ela construiu com o amante não existia, que eram somente amigos, e que —supostamente — por acidente, ela cedeu a investida abrupta do amante e chupou ele no carro, ou foi ao motel com ele, ou foi pra casa dele, ou deixou ele chupar o corpo dela na esquina de sua casa, ou deu pra ele o final de semana inteiro durante uma viagem de trabalho… ou deu pra ele por um ano, engravidou, foi descoberta e só aí se arrependeu.
    Conheço umas histórias que te cairiam os cabelos todos…

    Voltando para seu caso, no momento em que ela enxergar você como fraco, como o ameaçado pelo garotão, isso fará com que ELE fique trinta vezes mais atraente aos olhos dela. Afinal de contas, só a desconfiança da presença dele abalou as estruturas psicológicas do cara que, por conta do desgaste da relação, já nem era tão essas coisas… E acredite em mim, ela vai saber que você está se sentindo ameaçado.

    Mas calma. Neste cenário pessimista e caótico que eu estou pintando existe sim uma solução para sua testa, e seu relacionamento.

    A unica coisa que pode fazer ela acordar do transe, das alucinações juvenis apaixonadas que está vivendo, é ela enxergar que VERDADEIRAMENTE poderá te perder.
    ***Atenção para o verdadeiramente***

    Uma mulher sabe muito bem calcular o valor social de um homem. Elas já vêm com essa habilidade instintiva de fabrica. Todas.

    Sua esposa precisa ver em você exatamente o que viu no garotão: um homem forte, independente, atraente, sexualmente ativo, emocionalmente estável, com boa auto estima. Um bom partido. Bom não, um ótimo partido.

    Um cara que, a qualquer momento que descubra uma traição tenha todas as ferramentas necessárias para começar uma vida nova com outra pessoa. Afinal de contas, ele é um homem forte, e será capaz de despertar interesse em outras mulheres; independente, e não será difícil para ele se livrar da esposa traidora e começar uma vida nova; atraente, e chama a atenção de novas possíveis pretendentes; sexualmente ativo, e será um bom amante para a nova companheira; emocionalmente estável, e terá força para recomeçar a vida; com boa auto estima, e não irá se prender a uma situação que lhe inferiorize. Enfim… um bom partido. Bom não, um ótimo partido.

    Você precisa sair da sua zona de conforto e se tornar verdadeiramente este cara. Friso o verdadeiramente porque tentar fingir ser este cara só vai fazer aquele sensor feminino dela calcular sua insegurança, e aí você já sabe…

    Hora da prescrição medica:

    Se matricule numa academia, começa a puxar ferro de verdade, fazer dieta. Coloque este hobby na sua vida — da dieta e treino pesado — e você terá metade do caminho andado para ser VERDADEIRAMENTE este cara.
    O restante do caminho será ser um marido presente, carinhoso, que tem disposição sexual para dar e vender, e que, por gostar muito da esposa, usa essa disposição sexual com ela, e somente ela. E eu disse marido, não pai de família margarina. Esquece essa merda de margarina.

    E olha só: lembra da parte do “adulto louco é aquele que rasga dinheiro, o restante se faz de louco, mas tem noção de tudo que o cerca”? Então. Se liga:

    Sem você falar nada pra ela, no momento em que você começar cuidar da sua forma fisica, ela vai, instintivamente, calcular que está ameaçada de te perder, e ficar curiosa sobre o porque de sua mudança repentina.
    Isso vai fazer com que ela volte os olhos para você (para tentar entender o que está acontecendo), talvez imagine — projetando em você a intenção que ELA estava tendo em se enamorar por outra pessoa — que você possa estar interessado em outra. Possivelmente ficará com ciume, e passará a ter medo de perder o pai de família bacana que, quem sabe pode até ser um bom partido, alguém que cause tesão nela. E aí, somente aí, você terá ela de volta.

    Se ela tiver juízo vai deixar de fogo na periquita para o garoto, e procurar gastar ele com você. Se ela não tiver juízo não tem problema, pois, a final de contas, você estará no caminho para ser um homem forte, independente, atraente, sexualmente ativo, emocionalmente estável, com boa auto estima, e um bom partido. Bom não, ótimo partido. E isso é ferramentaria o suficiente para que você se mude de uma relação onde não é respeitado e consiga uma outra onde é. A vida é assim mesmo, os serem humanos são assim, e você não é melhor do que ela.

    Boa sorte.

    • Mariana Cobra

      Cara, por isso que amo esse site. Sempre tem algum ser mto iluminado que tem a capacidade de ensinar algo e fazer pensar fora da caixinha.

      Parabéns e comente mais vezes!

    • Seja bem vindo Rodrigo!

    • Solteirão

      “Conheço umas histórias que te cairiam os cabelos todos…”

      Conta para nós.

  • Solteirão

    Seja mais homem e menos marido e
    menos pai de família.

    Faça algo por você. Entra numa
    academia. Cuida do seu sorriso. Sinta-se bem ao olhar no espelho. Cuide do
    corpo e da mente.

    A partir daí algumas coisas
    poderão acontecer, segundo a minha Ciência do Achismo:

    1) Se ela não está te traindo, esquecerá
    o Ricardão e voltará os olhos para você novamente. Sua vida conjugal melhorará.

    2) Se ela está te traindo,
    deixará o Ricardão e ficará só com você. Sua vida conjugal melhorará também.

    3) Se ela está te traindo, ficará
    com você e, sem que você saiba, com o Ricardão também. De certa forma, sua vida
    conjugal melhorará também, considerando que ela vai te tratar bem, te desejará
    também e a qualidade do sexo voltará a ser boa. Vocês gostarão da companhia m
    do outro novamente. O “problema” é você tem um sócio oculto. Mas como você não
    sabe da existência do sócio, não existe problema a ser enfrentado (ou você tem
    como provar que ela vai cama com o professor Ricardão?).

    4) O que você fizer não vai
    adiantar nada no que diz a respeito a ela. Ela vai fazer sexo com outro(s),
    você saberá ou não. Vocês poderão se separar.

    Mas o que importa é você. Você é
    que tem que sentir bem, desde que não faça mal a ninguém. Cuide de você mesmo,
    da sua vida, de sua felicidade, sem se importar se outras pessoas gostarão de
    você ou não (Não é para você se tornar alguém detestável. Não confunda).
    Provavelmente você encontrará uma mulher que gostará de você e vai fazer
    questão de ficar próximo de você, ter sua companhia.

    Uma outra coisa. Pode ser que até
    o final de sua vida, você tenha três ou quatro relacionamentos duradouros. Um
    relacionamento pode começar bem, mas um dia, como diz a Luiza, perder a
    validade. Isso pode acontecer com as outras mulheres que você se relacionará
    também. Por isso é importante você cuidar de você mesmo, para que toda vez que
    um relacionamento terminar você não se sentir um derrotado, que a vida te deu
    uma rasteira. Você pode ser um ótimo companheiro e, ainda assim, a sua
    companheira poderá não querer se relacionar mais com você (ou só com você). E
    como diz o outro: vida que segue.

    E quanto ao Ricardão? Carinha, a
    putaria está generalizada, então é melhor nem investigar muito (investigar nada
    seria o ideal), pois quem procura, acha. E você vai achar, seja com a atual
    digníssima ou com as futuras que você vai arrumar.

    Você não pode controlar os
    pensamentos, desejos, comportamentos de outras pessoas. Nem tente. Foque-se em
    você, em se sentir bem.

    Peço desculpas se fui duro demais
    nas palavras. Mas acho que você precisa acordar para certas coisas.

  • Marcelo

    É muito trabalho em troca de pouca coisa, @Solteirão.

    O melhor aí é colocar as coisas em pratos limpos e dar fim no casório.

  • Marcelo

    É muito trabalho em troca de pouca coisa, @disqus_O4NpFYpbHr:disqus.

    O melhor aí é colocar as coisas em pratos limpos e dar fim no casório.

  • Solteirão

    Nossa, Luiza! Você apagou meu comentário. O que tinha de ruim nele?

    • Tava no spam. Como disse umas mil vezes por aqui, o Disqus não é o site. Ele tem os critérios dele e as vezes algo pode ir pra spam, ou até mesmo vcs podem excluir sem querer, sabe? (eu mesma fiz isso com o meu essa semana kkk)

      Tente perguntar, não afirmar que eu apaguei. Do contrário, podem pensar q eu apaguei de fato =(

      • Solteirão

        Verdade.

        Peço desculpas, Luiza.

        O comentário voltou.

        Abraço.

  • Marcelo

    Mulher, quando entra nestas de achar que desperdiçou tempo (aka poder de barganha aka beleza e juventude) ao lado do titular, é caso perdido.

    Fui o Ricardão de uma delas, e afirmo que jamais vi tanto rancor como quando ela se referia ao marido. Há até quem diga que as que não traem são as mais venenosas dentre elas.

    De qualquer forma, reitero o meu conselho: caia fora deste ”casamento”.