Ele disse que preciso ser mais malvada com ele, que sou “boazinha demais”!

13

Leitora: Olá, tenho estou vivendo um relacionamento onde eu amo muito ele e ele também. Eu tenho 20 anos e ele também, estamos juntos há 6 meses. Nos conhecemos na faculdade, 3 anos atrás, mas nos tornamos íntimos somente esse ano e, logo que ficamos juntos, não nos largamos mais. 

O antigo relacionamento dele era muito possessivo, só brigavam e comigo foi a primeira vez que ele teve um namoro saudável. Fazemos faculdade integral e logo que começamos, briguei com minhas amigas e durante as aulas só fico com ele. Fim semana também, nenhum fico longe dele. Conversamos muito, somos muito amigos e principalmente sinceros um com o outro, sendo que sempre falo o que me incomoda e ele também. Já pedi diversas coisas pra ele e agora ele viu que eu aumentei um pouco de peso e pediu para eu fazer exercícios e tal. Até aí tudo bem, mesmo sendo difícil pra mim, porque sou meio fofinha e tal. Mas chegou uma hora que ele não tenta me conquistar mais, ele veio conversar comigo e falou que eu sou muito boa com ele, dou tudo na mão dele, que tenho que ser mais má pra ele correr mais atrás, apesar de sempre estarmos juntos. E isso me magoa, mas sei que ele está certo. Fazemos tudo pra sair da rotina, mas será que se eu for mais difícil e indisponível pra ele, ele vai tentar me agradar e me conquistar igual era no começo?

mulher boazinha demais

Talvez ele não tente mais te conquistar como era no começo, porque você também não é mais a menina do começo.

Sabe o que você fez? Uma das piores coisas que um ser humano pode fazer em um relacionamento: ficou sem vida própria!

Que “coincidência” foi essa que, depois que você começou a namorar, brigou com todas as suas amigas? Isso teria algo “a ver com ele”? Mas enfim, tendo ou não, essa situação é perigosa demais para você. Não só porque amizades nunca substituirão um namorado (nem vice-versa!), como também porque, mesmo que sem querer, você acaba depositando toda a sua vida social em uma pessoa só. E a gente sabe, minha amiga, isso é muito perigoso.

Você falou que vocês são muito grudados, que são muito unidos e isso realmente é lindo. Porém, responda com sinceridade: você não acha que passa dos limites não? Porque assim, principalmente se você for minimamente sociável ou ao menos carente (tal como aparenta ser), você acaba usando-o para suprir toda a falta “dos outros que agora você não tem mais”. Nisso você irá querer contar todos os seus problemas, todas as suas alegrias e, no fim, fica pesado tanto pra ele, quanto para você.

Ou seja, mesmo que você não perceba AGORA, no futuro você verá o tanto de coisa que perdeu “enquanto só sugava a atenção do cara”, com o adjetivo que gostamos de chamar de ca… ops, “amor”. Eu entendo que, ao estarmos apaixonados, pode rolar a impressão de que não precisamos de mais nada na vida. Mas sério, todo mundo precisa. Ainda mais se, mais uma vez, você é uma pessoa sociável/carente.

Todo ser humano possui um valor diferente em nossa vida. Amigo, namorado, família, etc e, obviamente, cortar tudo isso e ficar com um só (ainda mais um namorado que costuma ser um ser “instável” kkkk), só pode dar no que deu mesmo: a pessoa se afasta, meio que “broxa” com você. E eu até poderia dizer que é culpa dele, porque ser humano só valoriza o que é difícil e blablabla. Mas olha, mesmo que sempre exista a chance de ser isso, acredito que, no seu caso em específico, ele apenas quer respirar um poucoSentir a sua falta, sabe? E olha que legal, ele foi sincero e te disse isso!!! Talvez ele não tenha usado as palavras certas ao dizer que gostaria que você fosse “mais mázinha”, mas sim queria que você tivesse um pouco mais de vida própria, enquanto consequentemente deixasse ele viver um pouco mais também.

Não é porque vocês se amam que tá tudo bem ficar grudado que nem carrapato, sabe?

E quanto a isso de reclamar do seu peso, se você acha que ele tá certo, não fique chateada, mas sim agradeça e leve essa crítica como algo construtivo pra você. Se você acha que só precisava ouvir umas “verdades”, dê um jeito de emagrecer. Sem contar que assim: será que esse aumento de peso não estaria diretamente ligado justamente ao fato de você se sentir tão bem e tão feliz com ele, que acaba se esquecendo de você mesma? Ou seja, nem se cuidando?

Se você não se tocar enquanto há tempo, você poderá ficar gorda (não pela “gordura”, enfim), dependente e depressiva. E, pra completar, ainda levar um pé na bunda, porque querendo ou não, você não será mais a mesma.

PS: E nem estou falando fisicamente!

Assista a esses dois vídeos:

Namora e fica besta (bem antigo, mas tá valendo kkkk)

Por que mulher casa se casa e embaranga? (Você não casou, mas…. assista).

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.

  • Ana Elisa Bacon

    namoro que precisa de “joguinho” pra dar certo.. e eu aqui na inocência achando que relacionamento saudável era aquele em que podemos ser nós mesmos 😛

    • Denilson

      Talvez ele só esteja de saco cheio, e mandou esse caô pra ver se ela se toca, mas eu tb odeio joguinhos, e grude.

  • Denilson

    Talvez ele tenha cansado desse grude, ou talvez ele seja mais uma dessas pessoas q gostam de joguinhos, de qualquer forma, ocupe-se, faça novos amigos, leia um livro, vá pra academia … Lembre-se q vc tinha uma vida antes de conhecer o seu então namorado.

    Já parou pra pensar nas semelhanças q existem entre sua relação e uma relação possessiva ? As intenções podem ser diferentes, mas no fim, o resultado é o mesmo.

    Dá um espaço moça, pq tudo o que é demais enjoa!

  • Joao Manu

    Seu caso e simples

    Larga de ser Banana começa a trata esse masoquista como ele merecer aproveita vc vira o macho da relação.

  • Rodrigo Silva

    Fala pra ele só te procurar quando você estiver na TPM. Problema resolvido.

  • Bell Waltzi

    Eu com 20 anos só queria curtir e hoje vejo que com tão pouca idade, as pessoas estão procurando problemas pra cabeça. Cara leitora, se só com seis meses de relacionamento já estão tendo problemas, imaginem com 1 ano ou mais? Isso pra mim não é amor e deveria sair fora logo enquanto é tempo, pois joguinhos assim, nunca acabam bem

  • Leitora ficar mais difícil e indisponível de forma forçada não vai resolver.
    Você precisa se ocupar aprendendo a ser uma mulher especial na cama. Ocupe-se comprando lingeries sensuais, lendo sobre sexo, busque dieta e academia.
    Ocupe-se cuidando do cabelo e da pele, comprando cremes e perfumes.
    No pouco tempo que sobrar para encontrar o seu amado esteja sempre macia e cheirosa, seja misteriosa, seja sensual.
    Leitora eu sou um dos últimos representantes dos verdadeiros machos e sei o que se passa na cabeça de um homem.
    Se caso não surtir efeito as minhas dicas você não sairá perdendo pois estará linda e cobiçada.

  • Aline

    É muito bacana que você tenha uma pessoa que te respeite e que converse com vc abertamente sobre tudo, mas não quero falar mais do seu namorado e sim de vc!

    Eu vi no seu relato que vc colocou esse garoto como o Sol da sua existência e tem girado em torno dele. O relacionamento é recente, agora parece muito lindo e romântico todo esse grude, mas com o tempo as coisas tenderão a piorar. Não é praga, é apenas uma constatação!

    Acredito que esse seja o seu primeiro namoro sério e que está dando certo pra vc e que vc realmente gosta e precisa de todo esse preenchimento dele. Também entendo que dá medo se permitir fazer outras coisas da sua vida achando que poderá perdê-lo, mas se vc realmente quer ser ajudada PRECISA pensar além. Hj vc estuda com ele, passa TODOS os finais de semana com ele, enfim, só respira o ar que ele respira. E se ele te der um pé na bunda? O que sobra? Nada, né?

    Vc não sente falta das suas amigas? De conversar com outras pessoas? Comece a repensar em tudo o que vc sacrificou por esse relacionamento. Qualquer economista diz “nunca invista tudo em uma coisa só”. Vale para dinheiro, vale para a vida! Pense com muito carinho no que as pessoas daqui estão lhe dizendo. Arrume um estágio, trabalho voluntário, pratique um esporte, busque em você o que te inspira. Se nada lhe vier à cabeça apenas ficar com o boy, sugiro consultas particulares com a Luiza ou terapia. Vc precisa de uma boa dose de autoconhecimento ou a vida te cobrará por escolher sempre o outro em vez de si mesma.

    Ele te chamou de boazinha, mas eu chamaria de total anulação do seu eu! Pense nisso!

    Boa sorte!

  • Pudim

    O que mais me chamou a atenção foi quando li: “logo que começamos, briguei com minhas amigas e durante as aulas só fico com ele. Fim semana também, nenhum fico longe dele”

    Não viva exclusivamente pro relacionamento, por melhor que ele seja. Retome a amizade com suas amigas. Amanhã ou depois o namoro termina, você vai estar sozinha e pode precisar do apoio delas.

  • Franciele

    Leitora, cheguei a ficar com sintomas de claustrofobia com tanto grude, rs.
    Para não repetir os apontamentos dos outros sobre amigas e vida própria, acrescento que tu disseste que vocês conversam muito.
    Fico pensando de onde tiram assunto porque, se fazem quase tudo juntos nunca tem novidades ou coisas interessantes que retiveram na memória, nem que seja do celular, para contar ou mostrar ao outro; interessante que, com seis meses de namoro, tu começas a vivenciar um vício que, normalmente, acomete mulheres recém casadas que, em vez de valorizar uma convivência saudáve de verdade, na qual a individualidade é preservada em favor da manutenção do interesse, acreditam naquela ideia de fusão e se dissolvem na relação.
    Isto constitui, aliás, uma grande queixa masculina sobre as mulheres, que, por sua vez, reclamam dos homens manterem em excesso o modo de agir de solteiro.
    Reflita.

  • Mariana Cobra

    E os estudos fia?
    Omi não é trabalho, dá trabalho, mas sem remuneração, então bora focar nos estudos, nas conexões sociais que vão te ajudar na vida fora da faculdade?

    Viver em prol de outra pessoa é a maior furada de todos os tempos, pq vc se anula e começa a criar expectativas no outro.

    Agora pense, não atingimos as expectativas que temos para nós mesmo, imagine projetar isso em terceiros.

    Sou absolutamente contra joguinhos e o se fazer de difícil e seu problema tá longe de ser isso…tá mais para aquela guria Maria vai com as outras, falsinha e tbm considerada a pessoa que muda da água pro azeite qdo está acompanhada por uma pica.

    Terrível isso! O tipo que deixa tudo e todos pensando “onde a personalidade dela foi parar?”

  • Elisa

    Por boazinha ele quis dizer sem personalidade. Ele quer que vc seja mais independente emocionalmente, mais segura de si. Apesar de uma galera aqui condená-lo, o rapaz tem razão gente que é muito Amélia, muito legalzinha, que sempre cede e vIve em função do amado, tá ali simbiotizada (não sei se se escreve assim) na pessoa, broxa msm. Dá a impressão de que a pessoa tem pouco valor, é um mero capacho msm.
    PS.: Lembrando que diferencio gente boa de gente boazinha.

  • Stanley Lewis

    Pelo que entendi, você é submissa na relação, e seu namorado quer que você seja dominante. Flerte com ele, deixe-o com vontade, ele vai ficar caidinho, acho que é isso que ele quer.