Ele disse que preciso ser mais malvada com ele, que sou “boazinha demais”!

13

Leitora: Olá, tenho estou vivendo um relacionamento onde eu amo muito ele e ele também. Eu tenho 20 anos e ele também, estamos juntos há 6 meses. Nos conhecemos na faculdade, 3 anos atrás, mas nos tornamos íntimos somente esse ano e, logo que ficamos juntos, não nos largamos mais. 

O antigo relacionamento dele era muito possessivo, só brigavam e comigo foi a primeira vez que ele teve um namoro saudável. Fazemos faculdade integral e logo que começamos, briguei com minhas amigas e durante as aulas só fico com ele. Fim semana também, nenhum fico longe dele. Conversamos muito, somos muito amigos e principalmente sinceros um com o outro, sendo que sempre falo o que me incomoda e ele também. Já pedi diversas coisas pra ele e agora ele viu que eu aumentei um pouco de peso e pediu para eu fazer exercícios e tal. Até aí tudo bem, mesmo sendo difícil pra mim, porque sou meio fofinha e tal. Mas chegou uma hora que ele não tenta me conquistar mais, ele veio conversar comigo e falou que eu sou muito boa com ele, dou tudo na mão dele, que tenho que ser mais má pra ele correr mais atrás, apesar de sempre estarmos juntos. E isso me magoa, mas sei que ele está certo. Fazemos tudo pra sair da rotina, mas será que se eu for mais difícil e indisponível pra ele, ele vai tentar me agradar e me conquistar igual era no começo?

mulher boazinha demais

Talvez ele não tente mais te conquistar como era no começo, porque você também não é mais a menina do começo.

Sabe o que você fez? Uma das piores coisas que um ser humano pode fazer em um relacionamento: ficou sem vida própria!

Que “coincidência” foi essa que, depois que você começou a namorar, brigou com todas as suas amigas? Isso teria algo “a ver com ele”? Mas enfim, tendo ou não, essa situação é perigosa demais para você. Não só porque amizades nunca substituirão um namorado (nem vice-versa!), como também porque, mesmo que sem querer, você acaba depositando toda a sua vida social em uma pessoa só. E a gente sabe, minha amiga, isso é muito perigoso.

Você falou que vocês são muito grudados, que são muito unidos e isso realmente é lindo. Porém, responda com sinceridade: você não acha que passa dos limites não? Porque assim, principalmente se você for minimamente sociável ou ao menos carente (tal como aparenta ser), você acaba usando-o para suprir toda a falta “dos outros que agora você não tem mais”. Nisso você irá querer contar todos os seus problemas, todas as suas alegrias e, no fim, fica pesado tanto pra ele, quanto para você.

Ou seja, mesmo que você não perceba AGORA, no futuro você verá o tanto de coisa que perdeu “enquanto só sugava a atenção do cara”, com o adjetivo que gostamos de chamar de ca… ops, “amor”. Eu entendo que, ao estarmos apaixonados, pode rolar a impressão de que não precisamos de mais nada na vida. Mas sério, todo mundo precisa. Ainda mais se, mais uma vez, você é uma pessoa sociável/carente.

Todo ser humano possui um valor diferente em nossa vida. Amigo, namorado, família, etc e, obviamente, cortar tudo isso e ficar com um só (ainda mais um namorado que costuma ser um ser “instável” kkkk), só pode dar no que deu mesmo: a pessoa se afasta, meio que “broxa” com você. E eu até poderia dizer que é culpa dele, porque ser humano só valoriza o que é difícil e blablabla. Mas olha, mesmo que sempre exista a chance de ser isso, acredito que, no seu caso em específico, ele apenas quer respirar um poucoSentir a sua falta, sabe? E olha que legal, ele foi sincero e te disse isso!!! Talvez ele não tenha usado as palavras certas ao dizer que gostaria que você fosse “mais mázinha”, mas sim queria que você tivesse um pouco mais de vida própria, enquanto consequentemente deixasse ele viver um pouco mais também.

Não é porque vocês se amam que tá tudo bem ficar grudado que nem carrapato, sabe?

E quanto a isso de reclamar do seu peso, se você acha que ele tá certo, não fique chateada, mas sim agradeça e leve essa crítica como algo construtivo pra você. Se você acha que só precisava ouvir umas “verdades”, dê um jeito de emagrecer. Sem contar que assim: será que esse aumento de peso não estaria diretamente ligado justamente ao fato de você se sentir tão bem e tão feliz com ele, que acaba se esquecendo de você mesma? Ou seja, nem se cuidando?

Se você não se tocar enquanto há tempo, você poderá ficar gorda (não pela “gordura”, enfim), dependente e depressiva. E, pra completar, ainda levar um pé na bunda, porque querendo ou não, você não será mais a mesma.

PS: E nem estou falando fisicamente!

Assista a esses dois vídeos:

Namora e fica besta (bem antigo, mas tá valendo kkkk)

Por que mulher casa se casa e embaranga? (Você não casou, mas…. assista).

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.