Sou bonita, mas por que será que nenhum homem me leva a sério?

46
Leitora: Não consigo encontrar alguém bacana e que goste de mim. Por que será que geralmente só saem comigo e nunca mais me ligam ou me procuram?
Tenho 24 anos. Todos os rapazes que conheço parecem se interessar muito no começo, mas depois vão perdendo o interesse e somem. Não consigo manter relacionamentos, começo a namorar e pouco depois o rapaz começa a se afastar. Todos os rapazes que conheço por aplicativo de relacionamento ou por outros meios não consigo levar adiante. Não sei se tem a ver o fato de eu estar insegura e me sentir sem graça ou infantil, ou por eles me acharem só alguém bonita, mas vazia. 
Ultimamente, por conta de relacionamentos mal sucedidos, tenho me sentido mto pra baixo. O último rapaz que conheci, de 35 anos, misterioso, bonito, hiper inteligente e carinhoso me encantou logo de cara. Saímos, fizemos amor, ele voltou pra cidade dele e já faz dias que ele sequer me manda um “bom dia.” Não consigo parar de pensar nele e fico pensando se cometi alguma burrice pra ele não me procurar mais. Todos dizem que sou muito bonita e eu até me acho uma moça bonita, mas tb tenho medo de que as pessoas só enxerguem isso em mim e não vejam verdadeiros valores meus. 

Miga, “quais são os seus verdadeiros valores”? Porque até aonde eu vi, você só enfatizou que é bonita e que usa aplicativos para conhecer possíveis pretendentes.

É óbvio que você deve ter várias qualidades pessoais, mas será que elas não estão adormecidas atrás de tamanha baixa autoestima?

É complicado falar exatamente sobre o seu problema, porém, vou dizer algumas coisas que acontecem com mulheres que converso e que, tal como você, reclamam que, “apesar de serem bonitas”, “não conseguem alguém que as leve a sério”. Daí você pega o que te servir e descarta o resto, ok?

Nunca fui usuária de aplicativos, porém, convenhamos que a maior parte dos homens está lá apenas para sexo. É como diz nosso amigo Aquino: dar uns cutuques, nada mais kkkk. Na verdade, com ou sem aplicativo, a maioria dos homens só quer isso mesmo – e eles nem estão errados por serem sinceros com eles mesmos. Mas aí, fique até o final do texto e depois reflita.

Como estava dizendo…

Eles estão errados? Acredito que não. Mas e você? O que você espera de um homem que você recém conheceu e “já faz amor”? E ainda usa o termo “fazer amor” kkkk? Vocês treparam amiga, e certamente ele não te mandou mais mensagens porque era só isso mesmo. Ele curtiu e pronto. Isso só significa que, enquanto você não aprender a ver o seu lado, só ficará cada vez mais frustrada.

“Mas o que você quer dizer com ver o meu lado, Luiza”?

Quer transar no primeiro encontro (ou conhecendo muito pouco sobre o seu pretendente, que seja)? Transe, use e abuse dele. Mas não se coloque em um papel tão fragilizado assim, caso ele “suma”. Eu brinco que, ou você é moderna ou não é, porque ser “bem resolvida” só enquanto o o outro fizer o que você espera, fica realmente muito cômodo – e perigoso – concorda?

A mesma lógica vale para aqueles que, depois de um tempo, somem ou “enjoam de você”. Se você deu o seu melhor, a porta é serventia da casa pra quem não gostou. Você chora um pouco (faz parte), mas também entende o gosto/direito do outro e, mais do que isso, entende que o mundo continuará tendo pessoas que pensarão ao contrário do que ele pensou – e que verão sim, muito, mas muito valor em você -, entende? É só uma questão de paciência pra esperar a pessoa certa, no tempo certo.

O problema é que eu sei, e você também sabe, que você não está fazendo a sua parte. E aí, fica mesmo difícil dormir tranquila.

A partir de hoje, vamos combinar que seu compromisso sempre será o de não se enganar e ver o seu lado. Lógico, pensar no outro também, mas sem essa de viver com medo do outro sumir (isso até atrai kkkk) ou se forçar ser “a pessoa perfeita pra ele apresentar pra família e nunca mais te largar de tanto que você é maravilhosa”. É forçado, não ajuda, parece desespero e é mesmo kkkk.

Mudando a sua forma de ver o mundo, ao invés de sempre ter medo que ele suma, você entenderá que o encontro em si e por si já será um prazer – para ambos!! Tire total proveito daquele momento e daquele homem: curta, dê risada, tome seus birinights (não recomendo beber nesses casos, mas enfim kkkk). Pense que você está saindo apenas com um bom amigo, o que de certa forma, será o básico que, dando certo ou não, ele teria que ser mesmo. Nem que seja por um único dia.

No fim, se der “tudo errado”, deu certo porque foi legal, entende? 

Reveja quem você realmente é, se as suas atitudes condizem com o que você quer que esperem de você e, mais do que isso, que você espera de você mesma. Você falou sobre talvez não verem “sua verdadeira essência”, mas se você se envergonhar dela, ou até mesmo sempre mostrar o seu lado mais medroso/artificial, vão te conhecer como?

Uma coisa que aprendi com os homens e que acho que eles tem total razão, é curtir uma etapa por vez. Pense que é praticamente impossível uma pessoa se apegar a você em tão pouco tempo, e isso é absolutamente normal! Tá tudo bem e dá pra curtir mesmo assim, juro, rs.

Na verdade o “carpe diem” de todo primeiro encontro deveria ser uma regra geral, só que, como na maioria das vezes é a mulher que fica/está carente, acaba vendo muita coisa e, consequentemente, criando muita expectativa onde não tem. E como resultado natural disso, só acontece o oposto do que elas gostariam que acontecesse: o moço some kkkk

Tente também sair mais na vida real com as suas amigas, nas festas em comum. Faça a sua parte que é ir bem cheirosa e bonitona, mas de resto deixe pro mundo, sabe? E se, no fim, mesmo assim você quiser usar os aplicativos, analise, analise muito o cara. Tente saber sobre a vida dele, sobre quem ele é. Não no sentido de ficar enchendo de perguntas e ficar pagando de perfeitona (tal como já havia te dito), mas só pra saber se a “inteligência/mentalidade” dele tem o mínimo a ver com a sua. Veja se a pessoa dele te atrai, a alma. Coisas que, a meu ver, mesmo se for para apenas uma noitada e nada mais, também são extremamente importantes pra um “custo X benefício” geral. Afinal de contas, se for só pra gozar e não sentir nada além disso, muitas vezes a gente pode fazer até melhor em casa kkkk

Sei que é mais fácil sair “metralhando os bonitões do Tinder” do que mudar a si mesma. Mas promete que pensará com carinho em tudo que falei?

E caso você ache que tudo que eu disse é lógico, porém, vocês simplesmente não consegue internalizar “e se dar valor”, procure ajuda, mas por favor, só não se iluda que “alguém irá te salvar” e um príncipe irá aparecer enquanto nem você se acha lá grandes coisas.
Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.