Dicas de alguém que conseguiu melhorar a calvície (ficar careca)

42

Eu vim dar dicas de algo que incomoda todo homem: a ideia de ficar careca. Bom, vim relatá-los o que funcionou comigo.

Aos 25 anos, meu cabelo começou a cair, não dei muita importância. Achei que era algo normal. Entretanto, quando eu tirava fotos, percebi que as minhas entradas estavam cada vez mais evidentes. O pior era ouvir: “Felipe, você já está ficando careca”. “Você é tão novo!”. Após a minha mãe encher tanto o meu saco, eu tomei coragem e procurei um médico.

O primeiro médico que eu procurei, apesar da clínica ter boas referências, não era tão bom. Ele apenas me indicou que eu passasse no meu couro cabelo “Aloxidil” de 12 em 12 horas onde havia falhas (20 gotas por aplicação). Ele deixou bem claro que eu só notaria diferença após uns 3 meses e, até as minhas entradas sumirem, levaria no mínimo uns 6 meses de tratamento.

Após fazer uma pesquisa nas farmácias perto de casa, o menor preço pra esse remédio foi de R$ 140,00. Parcelei o medicamento em duas vezes. Após 15 dias de uso, o remédio já tinha acabado e nem havia pagado-o. Então, foi um gasto bem inesperado, separar uns R$ 280 por mês. Como eu não queria que as minhas falhas agravassem, eu topei. Não vou negar que houve resultado. Contudo, estava longe do que eu queria. Achei que após esses 6 meses as  minhas entradas desapareceriam, mas elas ainda estavam aqui, mais fracas, mas ainda estavam. Investimento alto pra pouco retorno. Consequentemente, decidi procurar uma uma médica especialista em queda de cabelo.

Liguei no meu plano de saúde e fui numa clínica especializada em dermatologia: lá era bem diferente, haviam médicos que só cuidavam de queda de cabelo, manchas na pele, área estética. Logo de cara já percebi a diferença.

A minha médica era especialista em queda de cabelo. Relatei a minha insatisfação e ela me pediu vários exames de sangue. Após os exames ficarem prontos, voltei à clínica, a Dra. falou que, como os meus níveis de testosterona estavam ok, pediu pra eu tomar um remédio chamado “Finalop” (o pro cabelo é de 1g). Uma caixa com 30 comprimidos é R$ 45,00. Uso diário. O grande problema desse remédio é que alguns homens relatam que a ereção não fica mais a mesma. No começo, eu não vi diferença nenhuma. Hoje, eu acho que elas eram mais longas, mas não vejo uma diferença gritante. Meu namorado ainda não chegou a reclamar. Se você começou a usar o remédio e percebeu uma grande diferença na sua ereção, basta suspender o uso que tudo voltará a ser como era antes. Pra você perceber o resultado, você precisa usar o Finalop por 6 meses também.

A Dra. suspendeu o Aloxidil e falou o seguinte: “Felipe, vou manipular um exclusivo pra você. Você vai levá-lo numa farmácia de manipulação. Eu quero 5% de Minoxidil e 10% de tintura de jaborandi. Pra minha surpresa, ficou R$ 70,00. Eu cheguei até a desacreditar que iria fazer efeito. Isso era metade do preço que eu pagava no passado. Pouco tempo depois, eu já percebi uma melhora bem significativa (a falha do lado esquerdo havia desaparecido. A do lado direito estava uns 60%).

Em outubro, perguntei se ela poderia adicionar mais algum componente na minha loção para deixá-la ainda mais eficaz. A Dra. adicionou 0,025 % de alfa estradiol e o remédio ficou R$ 85,00 dessa vez.

Já uso há 1 ano, o meu cabelo ainda não está como era quando eu tinha 18 anos, mas melhorou demais. E o tratamento é pra sempre. Hoje, eu gasto em média uns R$ 215 com o meu cabelo mensalmente ( 1 Caixa de Finalop + 2 daquelas loções por mês).

Conclusão:

Se vocês têm problema de queda de cabelo, eu aconselho a irem num dermatologista especializado em queda de cabelo. Conversem com o médico, alguns rapazes só tomam o Finalop ou a loção e o problema das falham já somem. Outros precisam de ambos. Tem que conversar com o médico e testar para saber.

Se forem usar a loção, peçam pra manipular: além de sair mais barata, ela terá mais componentes que ajudam no crescimento capilar. É diferente uma fórmula feita pra geral e uma feita exclusivamente para ti.

Eu não vou nem falar que eu uso o shampoo antiqueda. Acho bem óbvio. Condicionador nem pensar! O condicionador deve ser usado nos fios, não diretamente no couro cabeludo. Se houver contato com o couro cabeludo, pode favorecer a queda. Se você já tem esse problema, ele pode agravar. Como o meu cabelo é curto, não tem como eu passá-lo sem ter contato com o couro, daí simplesmente não uso.

Meu cabelo tem uma leve ondulação, mas não faço química para tirar essa ondulação, pois químicas também favorecem a queda.

Espero ter ajudado, e se alguém tiver mais alguma dica pessoal, eu aceito.

Instagram
Share.

About Author

Felipe Batista

Brasiliense, vegetariano, hiperativo, apaixonado por animais e livros, sagitariano, professor de inglês.