Por que só atraio gays, mesmo sendo hétero?

35

No post de hoje pedi um help para o leitor colaborador – que já virou amigo – Felipe Batista responder.

*************************

Leitor: Sou um rapaz de 25 anos, heterossexual, com ensino superior e há algum tempo tenho um caso com uma garota onde ela pode ficar com outros caras e eu com outras mulheres sem problema. No entanto, tenho passado um longo tempo sem conhecer mulheres interessantes para ficar ou mesmo namorar. Isso acontece porque durante todo esse tempo que tenho apenas ficado com ela (sem esperar mais nada que isso), não apareceu mais nenhuma mulher interessada em mim, e no máximo quem tem dado em cima de mim são gays ou caras bissexuais (que definitivamente não me interessam) e sempre tenho presenciado amigos ou conhecidos se dando bem com seus rolos e namoros (homo ou hétero) enquanto minha vida amorosa/pessoal estagnou completamente.

Amigos já chegaram a dizer que sou “exigente demais”, mas o máximo que eu estou querendo é alguma mulher que eu me sinta sexualmente atraído e goste de ao menos parte das mesmas coisas que eu, como frequentar eventos nerds/geeks, fazer cosplay, jogar videogame e etc.

Além de não entender esses caras que ficam dando em cima de mim, visto que eu nem ao menos faço o tipo “afetado/afeminado mas que é hétero”. Existe alguma maneira de atrair mulheres (que é o que eu desejo) e meio que repelir gays/bissexuais? Gosto do meu atual grupo de amigos, mas fico pensando se tenho que parar de frequentar certos ambientes ao mesmo tempo em que não quero frequentar lugares que eu nunca me identifiquei (como festa de forró, funk e ritmos populares) e nem boa parte deles ~~   

Amigo, sem querer ofendê-lo, mas o universo geek atrai muita gente do vale dos homossexuais. Eu tô falando isso, pois tenho muitos amigos que cobiçam conhecer um gatinho nerd também. Assim poderiam jogar videogame juntos, ver animes e tal. Uma coisa bem de macho nerd, saca? Mulheres não entenderiam isso. 

Mocinho, essa sua ideia de que, afeminados se atraem por afeminamos, é um mero engano. Não vou dizer que não acontece, mas como eu sempre digo: não podemos analisar a pontinha do gráfico pra saber a opinião da maioria. Entretanto, no mundo gay, há uma super valorização “do macho alfa” (aquele cara super másculo que é gay, mas ninguém nem sonha). Em geral, quanto mais perto desse perfil, mais desejado você é. Quanto mais afeminado, mais rejeitado você é. Pouquíssimos homens têm atração por afeminados

Bingo! Joãozinho, você sabe a resposta. A solução pro seu problema é sair mais, se permitir mais, entrar em aplicativos de pegação, abrir mais a sua mente. Você pode ter mais esquemas, sim. Elas não precisam ter tantos gostos em comum contigo. Você precisa permitir-se. Dar aquela chance pra uma moça que aparentemente você não daria. Não acredito que SÓ gays te deem bola, vamos lá!

Bom, se você  gosta de lugares que vão muitos gays, obviamente será assediado por gays, né! Entretanto, você pode frequentar lugares que eles são minoria. Informe-se qual é o público da festa antes de ir. Dê uma olhada nas redes sociais e tal. 

Se você deseja atrair mais a mulherada, você precisa melhorar a sua aparência. Depois amigo, você precisa ser um rapaz interessante: saber conversar sobre o grande gama de assuntos, estar atualizado sobre o que está acontecendo, frequentar bons lugares (indireta). Dê a impressão que você é um rapaz que se  diverte muito (sozinho também), que você vai a bons bares, festas, teatro, eventos culturais. Após a atração física, alguém se interessa por ti por pontos de interesse e compatibilidade. A pessoa pensa: eu tenho tudo a ver com ela. Por exemplo, um tipo de compatibilidade acontece quando um do relacionamento é super tímido, mas outro é extrovertido. Um é muito estourado, mas o outro super calmo. Um torna-se um equilíbrio, a compatibilidade pra um “defeito” seu.

Moço, você sabe a solução, só está com medo de arriscar.  É como eu sempre digo: em time que está ganhando, não se mexe. Mas como você quer melhorar a performance desse time, você vai ter que sair da sua zona de conforto, sim. Ao ler essa pergunta, lembrei de um filme na hora. Você já assistiu ao filme “Amor à toda prova”? Se não, conta-lo-ei um pedacinho: um quarentão é surpreendido com o pedido de divórcio da mulher. Após um tempinho casado, ele volta pro mercado da paquera completamente enferrujado, querendo conhecer mais mulheres. Entretanto, ele sempre vai a bares e volta frustrado. Não consegue ficar com as mulheres que ele cobiça. Um bonitão do lugar percebe que ele sempre vai lá e deseja ajudá-lo. Ele dá algumas dicas desde de como se vestir, procurar um cabeleireiro que faça um corte que mais combine com o rosto dele. Como se portar nos lugares, ser mais confiante, abordar as mulheres… Enfim, não tô dizendo que você precisa fazer isso tudo. No entanto, pequenas mudanças podem gerar grandes resultados. 

Se você já conhece o filme, quero indicá-lo dois livros que me ajudaram muito desde a fazer mais amigos a entender melhor como funciona a paquera e tal. O primeiro titulo é “Como fazer mais amigos e influenciar mais pessoas” do Dale Carnegie. Ele vai te dar dicas desde como conversar com alguém sendo seu amigo, uma paquera, o que pode fazer e não, como se tornar mais relacionável, como fazer as pessoas gostarem de ti, como conquistar alguém. O outro livro é mais relacionado a dicas de paquera: “A linguagem corporal do amor” do Allan & Barbara Pease.

Espero tê-lo ajudado e sucesso. 

Instagram
Share.

About Author

Felipe Batista

Brasiliense, vegetariano, hiperativo, apaixonado por animais e livros, sagitariano, professor de inglês.

  • Mariana Cobra

    Não sei a sua cidade por isso fica difícil dimensionar o problema relacionado a captação de clientela certa.
    Moro numa cidade do interior do MS, portanto, baladinha pop/rock/nerd nunca acontece. Aí o público que encontramos é o universitário/pagodejo ou seja, não combina.
    Os meus amigos nerds foram pinçados ao acaso e acabamos formando um ciclo de poucos e bons, mas adianto, somos minoria.
    Jogo online desde a época da internet discada e perfis femininos são raros.
    Então não busque gamers ou nerds pq o nicho é muito escasso. Vá procurar outras afinidades, afinal, se ela souber escutar e tiver interesse vc poderá apresentá-la ao seu universo e esteja aberto as coisas que ela vir a apresentar.

    Uma observação: discordo qdo o Felipe diz que o mundo nerd atrai homossexuais. Será que vc não tá confundindo o estilo nerd com SER nerd, curtir jogos, hqs etc?
    Nesses anos todos de estrada não vi isso aí não. São coisas bem distintas. E vejo que esse “modo de vida” é mto mais masculino/hétero que feminino/gay. Tanto é que quando um desavisado entra na roda e me vê conversando me acha meio que uma aberracao…e sempre me incomodo com perguntas de caras espantados pq jogo, invisto nisso e em hqs…

    Por último, ter uma mulher “geek” tem muitas desvantagens. Lembre-se que hoje 99% dos jogos sao solitários (salvo se jogar online), mas como ter dois pcs monstros ou dois consoles numa casa só?
    Dividir nem sempre dá certo kkkkkk

    • Blu3s

      Então, prazer moça, sou o autor do texto que originou esse tópico. Já acompanho há muito tempo o site da Luiza, mas interajo por aqui meio que de vez em nunca. Meus amigos provavelmente nem sabem que eu acesso esse site com frequência e por razões pessoais, prefiro não me identificar, mas posso falar um pouco mais sobre o meu caso.

      Não sou de MS, moro no interior do CE e por aqui por onde eu moro, praticamente um dos únicos locais que existiam baladas ou eventos de pop/rock/eletrônico era na cidade onde residi por mais de cinco anos onde prestei faculdade. Amigo(a)s diziam que eu até tinha bom gosto, mas sempre notei um bom número de LGBTs nesses ambientes, eles não chegavam a ser a maioria absoluta, mas ainda sim eram mais que em outras festas mais populares de pagode/sertanejo/funk e afins. Como sou da área de humanas, isso nunca me incomodou muito e até tenho amigos desse meio, sem me importar muito e que nunca deram em cima de mim, mas mesmo depois de mudar o círculo de amizades e de preferir frequentar mais lugares que eu gosto ao invés de me forçar a ir a lugares que eu nunca consegui gostar totalmente pra ver se dava sorte com meninas como as festas que falei, é muito difícil eu notar tantas mulheres dando condição para mim quanto para outros amigos, alguns que inclusive são afeminados ou puramente inconsequentes. Perguntei uma vez a um amigo próximo se ele soube de alguma garota que em algum momento tenha se interessado em mim durante eventos que fui e ele disse que nunca uma que tenha dito a ele, enquanto que gays/bissexuais me assediam de maneira descarada, essa garota que eu estive apenas ficando foi um “ponto fora da curva”, mas ela já deixou claro que a gente só fica e nada mais, sem falar que ela só topa fazer algo comigo se eu sempre estiver tomando iniciativa para propôr algo, sem demonstrar que sente mesmo falta de passar o tempo que a gente passa junto, mesmo a gente nunca tendo brigado ou discutido.

      • Mariana Cobra

        Todos tem uma época na vida que a pesca fica escassa.
        Pare um pouco de se comparar aos seus amigos e tente melhorar os aspectos que vc acredita serem prejudiciais na hora da conquista.
        Não tem muito a ser dito, a não ser isso. Vc melhorar a aparência, ser menos afoito e esperar.
        Qto ao público LGBT, não há nada a se fazer a não ser ficar lisongeado…
        Boa sorte nas próximas festas

    • josè

      Qual cidade do MS que vc mora ?

      • Ana Elisa Bacon

        coincidencia heim, moro no MS tbm rs.

        • Mariana Cobra

          Qual cidade Ana?

          • Ana Elisa Bacon

            eu sou da capitar, campo grande 🙂

        • josè

          Minha esposa e do MS !

      • Mariana Cobra

        Três Lagoas José

        • josè

          Eu conheço Dourados e passei por Campo Grande tb ,só para pegar o ônibus !

    • Jps

      “Será que vc não tá confundindo o estilo nerd com SER nerd”

      Sim, hahah….muita gente confundi isso.

      Eu, por exemplo, sou super nerd (gosto de desenho, filme, hq e etc), mas não aparento tanto. Não uso óculos e roupa xadrez, hahahahah (brincadeiras a parte)

      As vezes, a pessoa confundi aquelas modelos que se “vestem como nerd” das nerds de verdade.

      Outra “desvantagem”, é que não é porque a garota gosta dessas coisas que necessariamente vai ser igual a você. As vezes você gosta de Star Wars e ela de Star Trek, então esteja pronto para discutir de vez em quando, rs

  • Joao

    gay tudo safado sem vergonha só cola a mão na cara que resolver.

    • Larga d ser mente fechada, homem. Vc mesmo é sem vergonha e é hetero kkkkkkkk

      • Jps

        Não acho que precisa bater em ninguém, mas gay é safado mesmo Lu……todo homem é, hahah
        *humor*

        • o sonho d vcs é fazer metade do que vcs dizem né kkkkkkkkkkk

          • Jps

            ahahahahahaha
            A frase do ano que fez mais sentido até agora, haha

            Mas eu ainda sou comedido. Tem cara que já foi para Lua e NASA não sabe ainda, rs

  • Stanley Lewis

    Se você tem amigos gays, esse pode ser um motivo para outros gays darem em cima de você, se você está andando com algum amigo gay , outros gays vão pensar que você é gay também. Se você frequenta bares ou baladas onde a maioria é gay, é claro que você vai receber cantadas de gays.

    • Blu3s

      O problema é que eu nem tenho tantos amigos gays assim, e inclusive tento evitar ser preconceituoso o máximo que eu posso. Uma vez já fui a uma festa LGBT e aconteceu de eu ficar com uma menina por lá (algo que eu NUNCA esperava) e um ou outro gay ter dado em cima de mim, mas não vi problema por estar ciente de que onde eu tava isso podia acontecer. Agora pra mim é muito chato ir a baladas/shows de rock/música eletrônica/reggae ou eventos nerd/geek e só perceber esses caras me olhando “estranho” ou tentando me abordar de alguma maneira, enquanto tento sempre olhar para as meninas do local e ver se consigo perceber algum indicativo de aproximação, que nunca acontece, fora às vezes que eu chegava junto de alguma e descobria que era comprometida, lésbica, abaixo de 15 anos ou só maluca mesmo.

      • Stanley Lewis

        “O problema é que eu nem tenho tantos amigos gays assim” , isso significa que pelo menos alguns amigos gays você tem, mas enfim, se em “baladas/shows de rock/música eletrônica/reggae” os caras ficam te olhando estranho, acho que é porque você fica olhando demais para os caras, isso pode acabar atraindo a atenção se o cara for gay e perceber que você fica olhando pra ele, ele pode achar que está rolando um flerte de sua parte. Na próxima balada em que você for, tente não olhar pra nenhum homem, foque só nas mulheres. Um outro ponto que pode estar atraindo a atenção deles pode ser a forma como você se veste, o seu corte de cabelo, seus trejeitos, etc…

  • Logan Chigurg

    Acabei de voltar do shopping, sou o terror da minha namorada (as vezes fica brava e me culpa por me arrumar demais, imagina se fosse o contrário, o que iam dizer :~~), atraí olhares de 4 mulheres (3 medianas e uma bem bonita) e uns 50 gays. Quanto mais gente me querendo, mais minha alto estima vai lá em cima e pra mim é o que interessa!

  • Jps

    Cara, para começo deixe de se comparar com seus amigos.

    Tem gente que tem mais desenvoltura e não importa se você é mais bonito, arrumado ou etc. No final das contas, um cara mediano com um bom papo consegue muito mais garotas que um bonitão sem conversa.

    Segundo, se as garotas não demonstram interesse, a resposta é só uma. Não espere cair do ceu e faça elas ficarem interessadas……
    Seja com humor, um papo mais culto, mas tente algo. Com pessoas na rua, balada e talz pode ser mais dificil, mas procure sair para barzinhos com grupos mais mistos, ou até apps de relacionamento. Lá rola menos pressão e você tem tempo de desenvolver uma conversa.

    Sobre o assédio dos caras, bom….é comum de vez em quando receber uma cantada assim, mas se você acha que é muito recorrente, talvez seu modo de agir ou vestir ta atraindo isso. Pergunte para algum amigo ou amiga de confiança para dar uma opinião sincera, as vezes é algo “simples” que está te fazendo liberar essa “vibe” e quem sabe se você parar até não te ajuda com as garotas.

    Por fim, não acho que você deve perder amizades só por isso, ou tratar ninguém diferente.

  • Jps

    Sim…..A real é que o mundo ta ficando mais baixaria, ou a baixaria que sempre teve ta sendo mais exposta, rs

    Mas falei mais brincando mesmo, porque homem num geral é mais atirado (independente se curte homem ou mulher). De resto, todo mundo pode trair e enganar do mesmo jeito.

  • Michelle

    O problema desses nerds é que na maioria das vezes em que reclamam não fazer sucesso com as mulheres é pq estão sempre querendo a nerd tipo filme americano: linda, gostosa e tudo mais. Não que eles não possam querer e que mulher nerd é feia e tals rs mas convenhamos.
    E digo isso pq sou uma nerd que não faz sucesso com os nerds rs. Primeiro pq não sou gostosona kkk e tbm pq não tenho paciencia de ficar provando pra marmanjo que sou nerd (sim, eles ficam tentando ver o quão nerd somos). As vezes vc fica nessa pq tá mirando errado moço, rs e como as bonitonas não te correspondem vc fica bitolado e só nota os gays te secando rs
    Eu acho que o problema não são os lugares que vc frequenta, mas sim suas atitudes e o quão seletivo vc está.

    • 1- “eles ficam tentando ver o quão nerd somos”
      NOSSA, MAS QUE BELA BOSTA HEIM KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

      2- É vc nessa foto? Se sim, te achei linda. Nem precisa ser gostosona pra ter um charme maior do que muita gostosona por aí kkk

      • Michelle

        1- kkkkk é uma bosta, não são todos, mas é uma bosta! kkkkkkk

        2- Sou eu, e sou mo legal tbm e humilde kkkkkkkkkk

        • KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
          Eu sempre gostei d nerd/tímido, mas eles nunca me testaram em relação a isso
          acho q ja tava na minha ccara que era meio da pá virada, né? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • Blu3s

      Olha, para falar a verdade eu nem sinto que miro tanto as garotas mais bonitonas/lindonas dos meus círculos de amizade moça, eu até tenho receio de ter algo sério com alguma mulher que se destaque de mais pela beleza e ter que lidar com inseguranças como “ser trocado por qualquer sujeito que resolva dar em cima e que seja muito mais bonito/rico/inteligente/bem sucedido que eu”, que apareceriam de uma maneira assustadoramente maior. Fora que não ando priorizando nenhuma modelo capa de revista ou atriz global, tanto que as duas últimas meninas com que me relacionei inclusive não eram horrorosas mas também não eram lindas de morrer.

      • Capas de revista e atrizes globais são pessoas normais e as vezes mais fiéis do que muita mulher “q vcs julgam como comum”
        Não sei se é pq tenho conhecido cada vez mais gente desse meio, mas só sei que vejo que rola algo meio “irreal” em relação a essas pessoas

        Inclusive, já aconselhei algumas q ficam tristes pq os homens “não chegam nelas” e parecem sempre assustados
        pra vc ver né? kkkkk

        E nem tudo é homem “bonito/rico e bem sucedido”. Hoje em dia, com a mulher no mercado d trabalho, se ele for SÓ isos, pode acabar perdendo pra um até “mais pobrinho”. Afinal de contas, ela tb tem o dela

        Eu q não me acho a mais top das tops, tem mt rico que dá em cima de mim (e quanto mais me inserir nesse meio, “pior”), e meu bofe é pobre, sem carro e ganha menos do que eu há um bom tempo;
        se liberte desses clichês que vai te ajudar mt tb

        Resumindo: Gostou de uma menina? Invista, não fique neurando se é “mais bonita/gostosa” que a média, “se é ou não assediada”, “se é ou não famosa”, “se é rica ou pobre”, “quem ganha mais ou menos”, e por ai vai. Nesse caso, seria melhor tratar sua insegurança do que “evitar a menina”, sabe?

        E se a menina for “menos” do que vc em tudo (isso é tão relativo, mas enfim), ok tb. O que importa é oq vcs sentem um pelo outro

        É oq acho pelo menos skkk

      • PS: E na hora que ele “conseguiu um carro”, teve que emprestar pro pai que ainda não conseguiu devolver até hoje pq foi assaltado. Ou seja, nunca entrei nesse carro kkkkkkkkkkkk

    • Mariana Cobra

      Pior que eles são arrogantinhos mesmo e fazem uma sabatina de perguntas pra analisar a nerdice alheia…aí se vc gosta de uma coisa muito diferentona (tipo eu que ainda curto as spice girls) meio que falam de forma jocosa.

      • Nossa, se eu visse um nerd assim ccomigo já ia parar de gostar na mesma hora
        que coisa mais besta, ave Maria kkkkkkkkkkk

        • Mariana Cobra

          Nada como o tempo e uma boa surra no PES não resolvam kkkkkk

    • Denilson

      Ia escrever exatamente isso, além de quererem SOMENTE e UNICAMENTE a mulher gostosona do tipo Megan Fox, ainda menosprezam quando uma mulher diz q é nerd, fazendo mil e uma perguntas e nunca ficando satisfeitos com as respostas.

      A conta é bem simples, a gostosona tem uma fila de admiradores, ela pode escolher quem quiser, então, a maioria q está atrás desse estilo gostosona-que-sabe-tudo-sobre-o-mundo-geek, vão ficar na friend zone.

      Agora leitor, quanto à receber olhares de caras gays, se não forem desrespeitosos, não vejo problema nenhum, só mostra q vc é atraente, e provavelmente esteja paranoico por achar q só caras te dão bola.

    • Stanley Lewis

      Esse negócio aí de ter que provar a nerdice também acontece na cena metal, tem muitos metaleiros que quando tu diz que ouve alguma banda, querem que você saiba tudo sobre a banda kkkkk, e é um saco mesmo, as vezes eu sei até mais do que o cara, mas qual a graça de ficar tendo que provar que sei sobre isso? o legal é curtir o som com a galera em vez de ficar perdendo tempo com questionários.

      • Vc tb era da época que “tudo era ser poser?”
        Os metaleiros são muito carinhosos, respeitadores, cavaleiros e gente boa (em geral), mas quando invocavam com isso, sem ôr! kkkkkk