Tenho medo de me arrepender por voltar com ele, mas também por não tentar!

59

Leitora: Bom, em 2010 conheci uma pessoa, ficamos por dois anos até começarmos a namorar, eu na época com 19 anos e ele com 36. Relacionamento diferente dos meus últimos dois namoros anteriores, era completamente apaixonada. Nosso namoro durou 11 meses, terminou porque descobri que ele namorava outra ao mesmo tempo, pois morávamos a 500 km de distância, deixei ele ver o que queria fazer, e devido à distancia acabamos terminando e eu nunca contei nada para a outra. Porém desde 2013 até hoje, nunca deixamos de nos falar e às vezes ficar, eu sempre tentei cortar relação, mas passavam meses e voltamos a conversar, tanto ele me procurando como eu.

Tive relacionamentos nesse meio tempo, porém não consigo amar mais ninguém, temos uma relação muito forte. Ano passado ele quis voltar, mas eu não aceitei, porém semanas atrás passamos mais uns dias juntos e estou balançada. O que fazer? estou com 25 anos e ele 41, tenho medo de me arrepender tanto de voltar como de não voltar. (Obs: ele ainda está com a outra). 

Tenho medo de me arrepender por voltar com ele

A metáfora do pescador

Existe uma terminologia muito utilizada pelos amantes da pesca: “curva de rio” e essa terminologia traduz com perfeição o seu problema.

Veja bem, a “curva de rio” é evitada ao máximo pelos pescadores, pois é sinônimo de problema. Em toda curva de rio há plantas, galhos e qualquer acúmulo de detritos que prendem a linha de tal forma que a única solução é cortá-la, perdendo a linha, o anzol, o chumbinho, o tempo de preparo da vara e, às vezes, até o peixe.

Em 2010 você jogou a sua linha numa curva de rio e até agora não entendeu que o peixe que mordeu a sua isca nunca será retirado do rio. Ou pior, pode ser um lobó.

O lobó é um peixe de lodo, gosta do escuro e da lama, nunca ouvi falar do seu cultivo em cativeiro, pois tem sabor de barro e é cheio de vermes. Portanto, assim como a carne suína, se o cozinheiro não fritá-lo de acordo, uma solitária (Taenia solium) pode se alojar no seu cérebro.

Em 2010 você não conheceu uma pessoa, conheceu um LOBÓ e vem perdendo seu tempo e a sua energia emocional numa relação sem futuro.

Seu homem-lobó tem algumas características próprias da espécie:

1 – Alimenta-se de alevinos e peixes novos:

Por que será que um cara de 36 anos (COMPROMETIDO) deu lado para uma guria de 19? Só consigo pensar que uma mulher jovem é mais fácil de ser manipulada e levada na lábia. Ou seja, uma presa fácil.

2 – Gosta de ambientes escuros e folhagem para se esconder e atacar sua presa de surpresa:

Seu homem-lobó age do mesmo jeito. Fingiu por 11 meses ser solteiro e foi te enganando enquanto pôde.

3 – Se faz passar por um peixe nobre (pintado), mas é impróprio para consumo:

Por causa de algumas pintadas, você ficou “balançada” de novo. TENHA DÓ. Falar coisas lindas, fazer juras e promessas românticas até um papagaio faz, mas e as atitudes? Esse homem aí só mostrou no decorrer dos anos que não vale o sal do batizado.

Leitora, coloque a cabeça no lugar por um instante e analise com frieza esse tempo que você desperdiçou pensando nesse homem-lobó.

Entenda que a sua dificuldade de amar outro homem reside no fato de que em nenhum momento deixou esse peixe estragado sair da sua vida. Muito pior, foi cevando essa curva de rio e está se iludindo que esse sentimento é amor.

Carência não é amor.

Você só tem 25 anos, já foi corna e agora é amante? Tens uma bagagem tão negativa, tão cheia de sentimentos e situações ruins que Deus te livre!

De qualquer forma, vou te cantar a pedra e espero que tome a decisão correta, mas sinto que você vai se arrepender se voltar com ele e sabe por quê? Por que nada te garante que você não será corna de novo e nada justifica ele ficar contigo e “ainda estar com a outra”.

Sem contar a distância e a diferença de idade entre vocês que também pesará no decorrer dos anos.

Assim sendo, corte os contatos, não dê chance ao azar e evite esse homem-lobó.

Garanto que você vai sofrer um pouco, contudo, ninguém morre de amor, fia. Vai ocupar seu tempo, a sua cabeça e fazer qualquer coisa, mas pare de pensar nesse homem.

Vá sair com as suas amigas, faça novas amizades, vá fazer um curso ou alguma atividade física. OCUPE A SUA CABEÇA.

Supere e agradeça a Deus por ter 500km de distância entre vocês. Certeza que na sua cidade tem algum boyzinho da sua idade que vale mais que esse veião aí.

Corte a linha e deixe o peixe ir embora com a corrente e aprenda a nunca mais jogar a sua isca numa curva de rio.

Instagram
Share.

About Author

Mari Cobra

Intolerante à lactose, bem cuzona, nunca disse que sou legal, tenho um coração grande e geralmente tomo na tarraqueta, geminiana e fodidamente indecisa. Apaixonada pela vida e falo muito palavrão.

  • Monalisa

    1-Você já começou errado por duas coiras: relacionamento a distância é difícil dar certo, e o cara e muito mais velho que você, acho que são raras as vezes que um casal com uma diferença de idade grande da certo.
    2-Você descobriu que ele tinha namorada mas mesmo assim não cortou os laços. É difícil desapegar se você fica de conversa com a pessoa. Tem que cortar contatos mesmo, telefone, facebook, excluir tudo e ser curta e grossa caso ele consiga entrar em contato com você. Falo isso por experiência própria, só consegui esquecer quando cortei tudo e quando fulaninho vinha de conversa fiada, eu era seca com ele e dizia para não me ligar mais, porque se não me quer como namorada amiguinha que não vou ser. Dessa forma eu consegui me recuperar e fiquei com o coração curado para conhecer novas pessoas, e acabei por conhecer meu noivo. Ter contato com ele só te atrasa e te da falsas esperanças.
    3-Se ele ficou durante sete anos com a atual namorada, porque largaria ela para ficar contigo? infelizmente você só é a novinha que enche o ego velho dele. Ele não vai abrir mão dessa relação estavel de anos e anos que tem com a namorada. Se quisesse já teria o feito.
    4-Você só não consegue amar ninguém porque ainda não cortou contatos com ele definitivamente.
    5-Meu conselho é NÃO VOLTE A SER AMANTE! Se valorize, não fique perdendo sua juventude com quem não te da valor. As pessoas dão o valor que a gente se da. Se nem você se valoriza quem vai? OU VocÊ prefere trocar seu amor proprio e ser valorizada por um cara de 40 anos comprometido e mentiroso? que aposto que além de você, já ficou com outras meninas ingenuas. Não feche os olhos para isso.

    • Elisa

      Relacionamento à distância é mó furada por n motivos: 1) Você não conhece a pessoa direito, não conhece. Ela tem mais controle sobre as informações que vc terá acesso acerca dela. Fácil de manipular e de se apaixonar por quem, na verdade, não existe. 2) Quase sempre dá em traição. O cara te garante aqui, garante outra ali e por aí vai. 3) Muito difícil de manter a paixão e tals, com o tempo, a ausência daquela pessoa vai meio que desgastando. 4) Pode acontecer de o casal não ter mesmo como ficar junto (ex.: dois servidores públicos, sendo um de cada Estado). 5) É CARO DEMAIS!!!

      • Mariana Cobra

        Relacionamento à distância é igual orelha de boi…Longe do rabo, perto dos chifres!

        • Elisa

          kkkkkkkkkkkkkkk

        • josè

          Como a junventude fala hj :”vc mitou”!kkkkk

      • Nem sendo servidor público, quem quer dá um jeito, vende coxinha e vira best seller das coxinhas na cidade.
        Quem não quer q começa com lenga lenga kkkk
        Se vc for pensar bem, poucas dores são tão grandes quanto saber q vc vai morrer sem poder ao menos ter tentado algo seu grande amor. Se a pessoa acha que isso “é pouco ou superável”, “ou que é melhor nem tentar”, é pq não amava tanto.
        No caso da leitora, tb voto no sexo grátis kkkkkkkk Na verdade, ele deve ter dado pouca coisa, daí a paixão fez ela achar q era “muito”, “que a conexão era intensa”, mas né, eram só migalhas e um sexo que não sabemos se tb era grandes coisas tb (e mesmo se fosse, Deus a livre de ficar presa por conta disso kkk).
        Voto que ela irá superar depois desse texto desenhado pela Mari kkkk

        • Mariana Cobra

          Vamos torcer pra ela superar esse enrosco!

          Nem sendo concursada pra cair numa furada dessas! Sanidade mental não tem preço!

          • E dinheiro a gente arranja, é só trabalhar, ou ganhar menos com o dobro de felicidade q fosse. Agora um grande amor, “daí não tem concurso pra ver se arranja outro igual a quem tanto amamos”…..
            Sorte q não era grande amor porcaria nenhuma e ela poderia continuar com o emprego sem achar q perdeu algo kkkkkkkkkkkkkkk

          • Elisa

            No caso, eu acho que ela tá apaixonada mesmo ou é uma carência absurda. Não sei.

        • Elisa

          A Mari é do tipo que chacoalha e bate até a pessoa se tocar! Nada de conversa amena ou conselho de miga. É logo a “mão na cara” pra ver se a pessoa acorda. Acho engraçado às vezes, confesso. kkk Acho que as amigas dela devem meio que evitar pedir conselho kkkk
          Sim, quando estamos apaixonados somos assim mesmo. Muito tenso.

          • Mariana Cobra

            Pior que não kkkkkk acho que os meus amigos gostam desse meu jeitão e vira e mexe surge alguém pra conversar, desabafar e pedir algum pitaco.

            Temos que considerar tbm que a escrita é mais melindrosa e lemos conforme o nosso estado de espírito está, pq eu pessoalmente sou mais engraçada que grossa kkkkk

          • Elisa

            É. Te acho engraçada msm kkk

          • A Mari é a miga dos dois pés no peito kkkkkkkkk
            Mas quanto a evitar pedir o conselho, acho que a pessoa só evita se ela não quiser um conselho, mas sim ouvir oq gostaria de ouvir (oq é comum kkk). Não que a Mari nunca erre (todo mundo erra), mas aí seria só ignorar as partes q a pessoa achou que ela “exagerou” um tico kkkk

        • Monalisa

          concordo, quem quer da um jeito, ainda mais quem está realmente apaixonado. O que não é o caso do moço.

      • M Holmes

        Relacionamento a distância é tenso mesmo, já passei por isso e te digo que exige esforço das duas partes para poderem ficar juntos. Concordei muito com o seu primeiro item, pois pela net não dá para mostrar suas verdadeiras facetas, só a convivência mesmo para vc conhecer uma pessoa de fato. Mas concordo com a colocação da Luiza quando ela disse que quando os dois querem, a relação acontece. Porém, precisa de sacrifício das duas partes e planos precisos de morarem mais perto um do outro, senão acontece mesmo o que vc falou: traição, altas despesas com viagem e muito desgaste.

  • Ana Elisa Bacon

    será que quando essas pessoas mandam as perguntas, depois não leem o que escreveram e se dão conta do estrago?

    • Mariana Cobra

      Acho que não. Geralmente a pessoa está tão entorpecida que não enxerga o óbvio, nem escrevendo.

      • Bell Waltzi

        Ia falar isso agora, pois não precisa ser mágico pra saber que esse relacionamento já nasceu errado.

  • Pudim

    Além de ótima conselheira, sabe pescar também? Essa mulher não para de me surpreender! hehehe

  • Elisa

    Esse cara tá te usando e você ainda não se tocou. Por quem vc está apaixonada? Por um cara que tava com vc e com outra ao mesmo tempo? Olha o cinismo do fdp! Na boa, vc está sendo muito ingênua e muito iludida. Não entendo como vc não vê isso! Sei lá… Tá na cara que vai dar merda e vc continua. Nem se interessa por outra pessoa. Ele só está te usando, querida. Você é sexo grátis pra esse cara, só isso. Enquanto vc deixar ele vai estar no seu pé. Dê um basta nesse cara, ele não vale nada!

    • Mariana Cobra

      Eu fiquei imaginando que talvez a cidade dela tenha só 50 habitantes pq não pode ser!
      Vai se enroscar por vontade própria com um tranqueira em outra cidade?!

      Não sei se é ingenuidade ou sadomasoquismo.

      • Elisa

        Paixão é pior que droga. Pior alucinógeno que alguém pode consumir. O cara tá esfregando na cara dela que não vale nada e ela não se toca, não consegue ver isso. Ela quer “TENTAR” a relação, vê se pode? Kct, cara! Vc vai tentar o quê?
        Que “relação”? Amor, não tem relação aí! O que existe é sexo delivery e nada mais. Quando o cara tá querendo é só ele ligar que a trouxa vai. Acho que nem se tivesse 500 mil habitantes. A garota tá surtada. Nem sei se tem explicação pra isso. Gente, nós mudamos, amadurecemos com o tempo. Agora que eu vi, ela tinha 19 anos qdo conheceu o traste. Perdeu 6 ANOS da vida dela com o encosto e quer perder mais! PUTA QUE PARIU (desculpem), mas não dá pra entender!! Ela vai acabar perdendo a juventude dela como marmita desse cafajeste. Incrível como ela não se tocou até agora. Eu achava que só tinha 11 meses esse rolo, mas não. TEM 6 ANOS. REPITO, 6 ANOS.

        • Jps

          Sei la, essa história dela é MUITO ruim…..não é possível ninguém ter avisado para ela que é roubada.

          As vezes, ela é muito orgulhosa e não quer admitir que perdeu todo esse tempo atoa, então agora insiste dizendo que é um “grande amor”.

          Tipo, vou acabar com ele, então tudo isso “valeu a pena”.

          Porque não faz sentido ficar com alguém que mora tão longe, que já tem outro relacionamento, muito mais velho sendo que ela aparentemente tem toda a possibilidade de arranjar outro cara.

          Em nenhum momento ela mencionou ser depressiva ou possuir um grande trauma ou algo do tipo, por isso não parece ser esse o caso.

          • Elisa

            Essa história não tem sentido nenhum. Nenhum mesmo. Acho muito estranho.

  • Omagnífico

    Eu fico curioso como as pessoas sabem que todo relacionamento “amoroso” está fadado ao fracasso, mas ainda assim busca realizar uma ilusão que no fundo sabem que não se concretizará. É como Deus, vida após a morte, jogar na mega sena, etc. Ao que parece, a busca por aquilo que é idealizado, ainda que incondizente com a realidade, é inerente ao ser humano. Somos meros adictos em busca de um mínimo de endorfina, ocitocina, dopamina, serotonina. Mas como eu sempre digo: “Se você acha que isso tem um final feliz, você não está prestando atenção”

    • Elisa

      Acho que, na boa, não é que “fracasse”. É que as pessoas tem um ideal não condizente com a realidade e a própria biologia. Paixão acaba. O frio na barriga acaba. Aquela ardência quando a pessoa te toca acaba. Tem prazo de validade e se torna mais próximo de uma amizade do que, propriamente, namoro. Se todos tivessem isso em mente e agissem tendo isso como parâmetro, não fracassaria tanto, pois as expectativas diminuiriam. Porém, esse nem é o caso dela. Ela tá sendo usada por um cafajeste. Nem relacionamento isso é. Na boa, acho que ver assim, de forma tão científica e etc, como vc vê também é um exagero. Nem todos são assim. Nem todos são viciadaços em grandes emoções e etc. Tem gente que prefere pessoas mais tranquilas. Acho que vc tá jogando todo mundo no mesmo barco. Cada caso é um caso.

      • Omagnífico

        Ela não está sendo usada, está se deixando usar, pelos motivos que eu disse acima. É como um alcóolatra, que sabe que aquele momento de alívio enquanto degusta suas doses, recebe sua recompensa momentânea. Mas quando acaba o efeito, e começam as crises de abstinência, busca a substância novamente, mesmo sabendo do prejuízo. Simples e pura busca por recompensa bioquímica. Todos temos, mas mascaramos pelo lado idealizado, pois este é mais belo. “Se a versão é melhor que a verdade, publique-se a versão”.

      • Mariana Cobra

        Na maioria das vezes nem é paixão. Já ouvi tantos casos de gente que teve um primeiro encontro meia boca, mas que supervaloriza e acaba idealizando oq na verdade nunca existiu.

        O cara fala A e a guria entende “eu te amo e vamos viver felizes para sempre”.

        A necessidade e carência levam as pessoas a colocarem os pés pelas mãos.

        Concordo, não podemos generalizar, mas a maioria de gente iludida, imediatista e sem noção está crescendo de forma alarmante.

        • Roberto Silva

          O encontro é meia boca, mas as promessas são perfeitas. Em três semanas o relacionamento vira sério em rede social. Quando os dois se dão conta estão tão envolvidos entre amigos e familiares que nem dá tempo de se conhecer. E olha que esse se dar conta pode demorar anos.

          • Elisa

            Nossa, verdade. Mas acho que com o tempo a gente muda não, Roberto? Acho que os tapas que levamos da vida por sermos tão precipitados ou, às vezes, carentes nos fazem mais céticos e mais responsáveis em relação ao tipo de pessoa com quem a gente vai se relacionar. Mas eu também sinto por parte das pessoas essa pressa, essa urgência de querer estar em um relacionamento. Eu era muito assim, mas de tanto quebrar a cara, eu, hoje em dia, sou bem mais fria, analiso muito mais. Não faço mais tanta questão de estar em um relacionamento sério, assim, tão rápido, nem de estar em um pra falar a verdade. Solidão, às vezes, é uma benção.

    • Mariana Cobra

      As mulheres são mais condicionadas a buscar de forma insana e irreal finais felizes. Basta ver qtos contos de fadas, filmes e livros que basta ter persistência e correr atrás que o final feliz está garantido.

      Mas a vida não acontece como nas artes e as pessoas não entendem isso…e pior, junte essa ilusão a uma criação cagada que vc tem a fórmula perfeita para pessoas infelizes e teimosas.

      • Omagnífico

        Homens também estão sendo condicionado pensar pela versão romantizada, ainda que em menor escala. A questão é simples, busque o amontoado de células que lhe dê os melhores genes para sua prole, que seu papel na biologia (e na vida) está feito. Qualquer tentativa de romantizar a inevitável lei da preservação e proliferação da espécie, é puro idealismo e negação. Mas ignorância, muitas vezes, é uma bênção.

    • Monalisa

      Acho que generalizar para os dois lados tanto o idealista/perfeito quanto para o lógico/biológico é demais. Esses dois lados são importantes, como sempre deve se buscar um equilibrio. Se fossemos totalmente idealistas e romanticos, tudo seria sofrimento, viveriamos no mundo da maionese totalmente perdidos, e se nos resumirmos ao logico/biologico e que somos um monte de celulas programadas, seriamos ceticos com tudo, pessimistas, e não nos arriscariamos em nada. Ou seja, uma boa dosagem de cada um é a melhor opção. E como ninguém é perfeito sempre teremos que buscar esse equilibrio.

      • Omagnífico

        Aí vai da balança do indivíduo, no qual ele é livre para buscar o que mais lhe proporciona a recompensa bioquímica. Mas o que eu mais percebo, é que aqueles que sempre buscam a forma idealizada de enxergar esta questão, são os que mais sofrem com ela, pois no final, o significado é mera ilusão.

      • Jps

        Concordo Mona

        Na vida, é o lado idealista/sonhador que faz a gente se arriscar nas coisas e claro, bater muito a cara. Mas também as vezes nos trazem frutos que levaremos para o resto da vida.

        Nos cabe balancear o lado idealista para seguir algo e o lado racional/lógico para saber a hora de desistir, ou repensar alguns pontos.

    • Jps

      “Somos meros adictos em busca de um mínimo de endorfina, ocitocina, dopamina, serotonina. ”

      Isso me parece muito Mr.Robot, rs

      “Eu fico curioso como as pessoas sabem que todo relacionamento “amoroso” está fadado ao fracasso”

      Todos não, tenho alguns casos que conheço perto que estão indo muito bem, obrigado e outros que foram até o final muito bem também.

      A questão é que na vida existem altos e baixos, então nada na vida vai ser um mar de rosas para sempre. Sem contar as pessoas que se apegam muito numa coisa, mesmo fazendo mal.
      A felicidade (independente se amorosa ou profissional) não é facil, e nem todo mundo consegue, mas não é por causa disso que é impossível.

      Fazendo uma referência também…

      “são apenas cereais” Filme Click

      O importante é a busca, a procura, a jornada.

      • Omagnífico

        E o que é a felicidade senão momentos em que o cérebro nos recompensa, como bons marionetes, com reações químicas, quando fazemos o que a biologia nos programa para fazer? É como os contos de fada originais, que de fada, finais felizes, não tinham nada. Eram versões cruas, assustadoras, muitas contadas como forma de influenciar o comportamento de determinadas sociedades. Mas qual a maioria absoluta conhece e prefere? a bela, romantizada, onde tudo tem a magia do “amor”. Mas claro, o que vale é a busca pelo que nos proporciona mais momentos de recompensa.
        Sobre Mr Robot, nunca assisti.

        • Jps

          “E o que é a felicidade senão momentos em que o cérebro nos recompensa, como bons marionetes, com reações químicas, quando fazemos o que a biologia nos programa para fazer?”

          Sei la, não concordo com a sua opinião, mas não vou dizer que eu estou certo, nem nada.
          Só acho que dizer que a culpa é do cérebro, natureza e etc é meio que fugir da responsabilidade.

          Tipo, já que tudo é biológico e controlado por coisas acima da gente, porque tentar?
          No final, tudo é enganação

          “Mas qual a maioria absoluta conhece e prefere? a bela, romantizada, onde tudo tem a magia do “amor”

          Não entendi muito o ponto. É ruim que as pessoas prefiram histórias com final feliz do que histórias “realistas”?
          O bom de almejar coisas teoricamente impossíveis, é que isso fez o ser humano chegar aonde esta. Foram sonhadores que descobriram “milagres” que hoje conhecemos como ciência, medicina, matemática e etc.

          “Sobre Mr Robot, nunca assisti.”
          Então assista, se você curte séries, rs……uma dica

          • “O bom de almejar coisas teoricamente impossíveis, é que isso fez o ser humano chegar aonde esta. Foram sonhadores que descobriram “milagres” que hoje conhecemos como ciência, medicina, matemática e etc.”

            sem mais!

          • Omagnífico

            Não estão acima da gente, estão dentro de nós, nós somos isso, meros amontoados de células controlados por reações químicas.
            “Foram sonhadores que descobriram “milagres” que hoje conhecemos como ciência, medicina, matemática e etc.”
            Buscaram porque possuíam pensamento analítico, e havia lógica naquilo que buscavam provar. peguemos um exemplo: Depressão e outras doenças psiquiátricas são vistas como desequilíbrio bioquímico. Já o “amor”, paixão, e felicidade, são vistos como dádivas que todos merecemos, segundo a crença geral. Mas ambos são parte do mesmo funcionamento: o sistema de recompensa, e a falta dela numa determinada parte do cérebro.
            Quanto a séries, uma das últimas que vi e adorei foi Westworld, recomendo.

          • Jps

            “Não estão acima da gente, estão dentro de nós, nós somos isso, meros amontoados de células controlados”

            Nem tanto, porque quando eu busco fazer algo que nunca fiz…eu não sei que sensações isso vai me dar. Não é algo simples como “estou com fome” e como resposta “vou comer”. Abrange tantas possibilidades, que precisamos pensar…indiferente do estimulo. Quando um escritor começa a fazer um livro, ele busca o melhor resultado….mas não importa os estimulos quimicos, ele pode falhar. Isso é a vida, não só estimulos….é o acaso, as desventuras, algumas surpresas boas.

            “Buscaram porque possuíam pensamento analítico”

            Nem tanto, porque senão tivesse a paixão do “desconhecido” eles não iriam sentir vontade de solucionar essas coisas. O ser humano a partir de certo ponto, estava vivendo “muito bem”, não precisava de astrologia, fisica quântica e medicina como conhecemos hoje….fora os aviões e carros. Não estava em falta os cavalos.

            Por exemplo, a cesárea. A mulher pode entrar em trabalho de parto e ter o filho normalmente, mas foram alguns médicos que quiseram procurar outra forma. Eles tinham essa ideia de buscar outra formas.

            Se fosse analisar por analisar, chegariam nas mesmas respostas a partir de um ponto.

            “havia lógica naquilo que buscavam provar”

            Nem tanto….até então a Terra era o centro do universo, essa era a lógica…… falar contra levaria a morte.

            “Depressão e outras doenças psiquiátricas são vistas como desequilíbrio bioquímico. Já o “amor”, paixão, e felicidade, são vistos como dádivas que todos merecemos, segundo a crença geral”

            Tanto a depressão como o amor tem como se explicar biologicamente, mas os dois podem ser trabalhados psicologicamente sem remédios.

            “Quanto a séries, uma das últimas que vi e adorei foi Westworld, recomendo.”
            Sei qual é, mas não vi ainda. Estou meio afastado das séries, mas pretendo pegar algumas para ver

          • Omagnífico

            A Terra, mesmo antes de Cristo, já era percebida por alguns estudiosos da época como não sendo o centro do universo, muito menos plana. A busca pelo desconhecido, seja as grandes navegações, exploração do espaço etc, sempre tinha um plano pré estabelecido, baseados em interesses que nada tinham a ver com sonhos. O ser humano busca explicar padrões, seja pelo racional, seja pelo emocional. Uns escolhem o místico/religioso, outros tem mais frieza em reconhecer que não somos tão especiais quanto gostaríamos que fôssemos. No final, tudo se trata do mesmo objetivo, apenas temos diferentes pontos de vista. O que vale é o que nos faz sentirmos o mais próximo do que conhecemos como felicidade, independente de se a vemos como mera reação, ou como um sentido pleno para a vida.
            Westworld é uma das séries mais geniais que já assisti. Recomendo fortemente que seja a primeira de sua lista quando voltar a assistir séries.

          • Jps

            “A Terra, mesmo antes de Cristo, já era percebida por alguns estudiosos da época como não sendo o centro do universo”

            Se forçou um pouco……alguns caras podiam pensar que não, mas era consenso até muito tempo que era. Também, porque eles não tinham nem aparatos para provar algo.

            Hoje mesmo tem muitas coisas lógicas na fisica e em diversos campos, que até os próprios estudiosos dizem faltar informação, mas até o momento essa é a lógica ou o consenso geral “ponto”

            “O ser humano busca explicar padrões, seja pelo racional, seja pelo emocional”

            Isso é fato, mas é preciso uma certa paixão ou orgulho para provar que algo até então “explicado” estava errado. Só ver os casos como o de Nicolau Copérnico que brigou com a igreja sobre o “Heliocentrismo”. Exigiu um risco da parte dele, algo que sem um pouco de sentimento, não iria insistir tanto.

            Mas sim, no final cada um decide o que quiser fazer com sua vida e como deseja enxergar as coisas.

            “Westworld é uma das séries mais geniais que já assisti. Recomendo fortemente que seja a primeira de sua lista quando voltar a assistir séries.”

            Sim, reza a lenda que é a predecessora do Game of Thrones, então deve ser boa mesmo, rs

          • Omagnífico

            Sim, a teoria do geocentrismo era um consenso, mas não era um dogma. A ciência deve sempre se revisar, porque daí não é mais ciência, é dogma, e dogmas não podem ser questionados. Hoje em dia, nem mesmo Darwin é unanimidade. Mas repetindo, diferentes pontos de vista, mesmo objetivo: nos aproximar do que nos traz a felicidade, seja qual for a visão que temos dela.
            Veja Westworld.

  • Noêmia Morais

    Leitora, meu último relacionamento dei as chances necessárias para o falecido (ex) pq não tinha provas suficientes sobre a “pulada de cerca dele”, terminamos e voltamos após 4 meses separados. E no momento em que perguntei se ele havia algo pra resolver com alguém, ele respondeu claramente que não. Pouco tempo depois, eu descobri… que ele ainda estava se relacionando com a mesma pessoa que ele havia conhecido durante nossa separação (ou até mesmo antes disso). Gostava dele?!?! Sim, não nego. Mas eu me amo mais, para estar com alguém que de fato não queira estar comigo. Separei e nunca mandei uma única mensagem… não por orgulho, mas por amor ao que eu acredito, e que respeito é uma das virtudes, que na minha opinião, deve regar qualquer relacionamento.
    Pense se é isso que vc, leitora, quer para sua vida!!!! Conheça-te mais e para isso, conceda-te um tempo somente pra vc e ao que te faz bem.
    Um abraço.

  • Franciele

    Leitora, receio que te mandar tomar vergonha na cara não
    surta efeito, não só pelo fato de alguém já deve tê-lo feito, mas porque tu tem
    acreditado na mentira que tentou contar para outra pesoa, então reescreverei
    teu relato com o objetivo de despertar:

    “em 2010 conheci um homem com quase o dobro da minha idade,
    que demonstrou interesse sexual em mim; interessada na estabilidade, efetiva ou
    aparente, que namorar alguém mais velho
    traz, e sabendo que todo homem, por mais cafajeste que seja, muda quando
    encontra a pessoa certa, decidi investir.

    Por dois anos demonstrei meu potencial erótico e de
    companhia para ele, sem exigir nada em troca, afinal, se eu fizesse tudo
    direitinho, logo ele me pediria em namoro, o que acabou acontecendo, e durante
    11 meses eu já cogitava o que fazer para chegar ao casamento.

    Qual não foi minha surpresa ao perceber que já existia outra
    mulher na vida dele a mais tempo, mas nada que me abalasse, porque se eu provasse
    ser melhor que ela, ele certamente seria só meu.

    Com o objetivo de mostrar a ele meu valor, decidi terminar,
    porque o medo de me perder definitivamente poderia chamar a atenção dele; não
    funcionou, ele voltou a se acomodar ao lado da outra, eu cheguei a cogitar
    contar para ela sobre nós, mas sei que ela poderia aceitar a situação por
    pensar que a errada fui eu.

    Assim, voltei a estratégia de quando nos conhecemos, visto
    que, dar um gelo nele não funcionou, mas agora ele percebeu que eu acabei me
    acostumando com essa situação, e então me procura com certa frequência.

    No entanto, gostaria de dicas para tornar-me a principal na
    vida dele afinal, se um homem não quer uma mulher é porque ela não está sabendo
    satisfazê-lo na cama ee/ou fora dela”.

    Leitora, que fique de lição para as próximas, toda vez que
    tu precisa convencer alguém que tu vale apena, tem algo de errado nessa
    aproximação, e nenhum relacionamento se estabelece se apenas um dos dois sonha
    com isso e age de acordo com esse projeto.

  • Denilson

    “Temos uma relação mto forte”
    Sim, vc com ele, e ele com as outras!

    Esse cara não vale nada, NÃO gosta de vc, ele NÃO vai mudar e se pudesse, chuparia o próprio pinto, sem contar a diferença de idade/experiências.

    São 10 coisas contra e 1 à favor, e ao invés de enxergar o óbvio, vcs insistem.
    Vc já sabe q ele não vale o esforço, mas se quiser insistir, saiba q a mulher escolhe pra si, o homem q reflete o valor q ela dá a si mesma.

  • Gaia

    Vc namorou um cara que te traiu com outra, que continua com a outra, que inclusive continua traindo a outra com vc. E vc ainda quer esse traste para vc?

    Moça, se esse cara gostasse de vc, ele estaria só com vc. Se esse cara gostasse da namorada, ele não a trairia. Se esse cara tivesse algum respeito por vc, não teria te enganado. Se esse cara sentisse algo por vc, não te trataria como resto dessa forma.

    Sou uma pessoa que passou anos nessa de amor não correspondido e senti bem essa duvida do “tenho medo de me arrepender por voltar com ele, mas também por não tentar!” e sabe o que fiz? Dei UMA chance. Me decidi a sair com ele e ver o que eu sentia, o que acontecia e o que eu despertava nele. Sabendo muito bem que se ele não me correspondesse, mesmo que me machucasse eu ia acabar com aquela história. Por que eu não passaria minha vida gostando de alguém que não gosta de mim. Sofrer por amor só é bonito nos filmes, na vida real é uma droga!

    Já assistiu “E o vento levou”? Eu vi esse filme nessa época e sabe como eu o enxerguei? Era a história de uma moça que se apaixonou por um cara que não gostava dela. Ele se apaixonou por outra, casou, enviuvou e continuou não gostando dela. Assim, a moça perdeu sua vida gostando de alguém que nunca sentiu nada a mais por ela, por ele ela perdeu o homem que a amava e que ela poderia ter amado de volta. Por alguém que nunca a amou ela perdeu a vida dela e suas chances de ser feliz com outro.
    E foi quando decidi que eu não faria isso comigo. Não abria mais mão da minha vida por quem não me queria.

    Moça, ele não te quer. Não abra mão da sua vida por ele. Vc já tentou mais de uma vez e ele continua não te querendo. Pq tentar mais uma? Porque continuar dando murro em ponta de faca? Se não consegue se afastar, bloqueie e delete os contatos dele, chore um pouco, erga a cabeça e vai viver sua vida. Não desperdice sua vida. Vc ainda tem uma vida para viver e a chance de conhecer alguém que te ame de verdade.

    • Roberto Silva

      “Ela perdeu o homem que a amava e que ela poderia ter amado de volta”, Nestes casos eu ainda acho que é melhor ficar sozinho e esperar pelo amor que seja reciproco e que entrar na relação pq alguém gosta da gente e achar que só ser amado é suficiente, vai deixar vivo aquele amor impossível. Melhor colocar tudo na mesma prateleira e esperar pelo novo.

      • Gaia

        Sim, concordo. Como dizem, antes só do que mal acompanhado. E ficar numa relação que não seja reciproca é desgastante emocionalmente, além de ser uma autoenganação. Ninguém é feliz quando um dos dois não ama (nem o que finge, nem o que finge acreditar)
        No caso do filme, citei que a moça poderia ter amado o marido pq no fim ela se descobre apaixonada por ele, mas depois de tanto tentar, ele desistiu dela. Mais uma vez ela perde um amor, mas esse era um que poderia ter dado certo se ela não estivesse tão presa aquele que nunca daria. Devia ter explicado melhor =)

        • Roberto Silva

          Filmes, né? eu ainda prefiro pensar no final da novela “O Casarão”. Posso esperar a vida toda, mas sei que vai rolar.

          • Gaia

            Não conheço essa novela! (assisti muito poucas novelas).
            Tb sou dessa opinião! Tanta gente que encontra o amor tão mais velho! Na verdade, nem precisa ser tão velho assim, quando somos bombardeados com histórias de amores intensos já na adolescência e chegamos aos 25 sem nunca ter passado por isso, já dá aquele sentimento de “vai acontecer comigo?”. Eu passei por isso. Mas continuei esperando, me recusando a ficar com qq um só para dizer que tinha um namorado e um dia meu namorado apareceu! E conheço pessoas que demoraram muito mais (uma amiga namorou pela primeira com 38 anos! E agora está com o cara perfeito para ela! Ela já tinha até perdido as esperanças e então, num dia qualquer, ele apareceu.)

          • Roberto Silva

            Eu também não assisto a novela, mas é daquela coisas que a gente fica sabendo.
            Bom, isso eu não posso reclamar, já tive várias. Mas conversar com você por aqui me deu a certeza que errado eu não estou. Talvez não esteja certo, mas me dou o direito de ser humano.

  • Douglas Moura Ferreira

    “É uma cilada bino” hahahaha

    Brincadeiras a parte, não se deixe iludir por este relacionamento. Pelo o que entendi do seu relato, se fosse um caso de ele ter um relacionamento aberto ou poligâmico com a esposa dele, tudo bem, você até poderia tentar e ver se daria certo, pois a esposa dele estaria de acordo, mas é um caso de que você será sempre a amante, e isso é bem triste, pois, que bons frutos isso trará para você? Acredito que nenhum. É melhor que você se desprenda dele e siga frente, com certeza você achará um bom companheiro por quem irá se apaixonar e te fazer feliz de verdade.

  • Larissa

    Kkkkkkk voltar a ser amante??????

    Sai dessa fia… Ele nao gosta de vc, apenas te mantem no harem. Gostar pra valer msm, nao.

    Quer sofrer? Vai em frente.

    Pensei q ele tava querendo NAMORAR com você. Acorda! Repita 1000 vezes pra vc mesmo que ele NAO TE AMA. Eu ja estive nessa sua situaçao… Esse tipo d cara eh uma praga… Quer todas.

  • Stanley Lewis

    Na minha opinião acho que esse cara é bom de lábia, conseguiu te enganar de tal forma, que você pensa que pode dar certo um relacionamento com ele. Isso aí é furada!

    • Elisa

      Na verdade, o cara nem precisa ser tão bom de lábia assim. O problema tá nela mesmo. Às vezes, a mulher está tão carente que, mesmo que o cara nem seja isso tudo, ela pinta um cenário perfeito na cabeça dela pra corresponder aos anseios dela. É aquilo, de enxergar só o que quer enxergar.

      • Stanley Lewis

        é, pode ser isso também.

  • Pudim

    Que manero! Quando era moleque sempre quis aprender a pescar, mas aqui no RJ só se deve conseguir pescar botas, latas e pneus! hahaha