Sou evangélica, fiz sexo antes do casamento e agora quero terminar!

53

Leitora: Tenho 16 anos e ainda estudo. Bem, sou evangélica, namoro há mais de ano, só que pela igreja é errado ter relação sexual,  não sei se entenderá, mais msm assim te pergunto.

Gosto muito desse meu namorado, a gente já teve relação, mas vi que não é certo. E quero parar, já conversei com ele sobre isso, ele diz que não aceita me esperar.

Percebi que não o amo mais,  pq vai fazer 1 mês que não nos vemos e não sinto saudades e nem falta, o que vc acha? Eu termino? Já tentei fazer isso mais não consegui. Ele é meu primeiro homem e primeiro namorado. 

A gente concordou que teremos relação uma vez em três meses.  Mas na moral, eu só tô enrolando ele, pq quando for no dia, vou inventar algumas coisas pra não ter!

O que você acha? Termino logo?

“Mas na moral, eu só tô enrolando ele, pq quando for no dia vou inventar algumas coisas pra não ter!”.

kkkkkkkkkkkkk Isso aí, sexo tem que ser só se você estiver afim. Do contrário, se ele ainda não entendeu que você não quer, enrola mesmo kkkk. Ou melhor, TERMINA porque ninguém merece ser enrolado – a começar por você!

Na verdade, pensa só como às vezes a gente só complica o que já está óbvio e descomplicado:

1- Você não o ama.

2- Ele não te ama (visto que só pensa nele).

3- Vocês se veem pouco, o que talvez signifique que ele também não faça questão disso.

4- Você é evangélica (a propósito, você, ou seus pais que são?).

5- Consequentemente, nenhum dos dois sofreria lá grandes coisas caso esse namoro terminasse agora.

Entendo que talvez role um apego por ele ter sido seu primeiro namorado e sua primeira vez, mas pode acreditar que isso passa e já já nem se lembrará mais dele, que pelo visto não foi nada além de uma pirocada em um namoro superficial.

Sendo assim, pare de enrolar sua vida e termine hoje mesmo. Depois é só:

1- Se espertar nas próximas e não fazer nada que você não queira: inclusive enrolar pessoas.

2- Ver se você é de fato evangélica ou só é por osmose familiar.

3- Caso seja, arrume preferencialmente um cara da sua igreja e que REALMENTE pratique os ensinamentos. Do contrário, ele vai querer furunfar, você não vai e será estresse para todo mundo.

Só não minta que é virgem, mas sim diga que não quer mais fazer, caso sinta que será melhor agir assim das próximas.

Boa sorte!

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.

  • Gaia

    Vc tem dois motivos importantes para terminar:
    1 – Vc não gosta mais dele, nem sequer sente falta. E ficar com quem não ama é errado com ambos!
    2 – ele não respeita/segue suas crenças. Eu sempre digo que para duas pessoas ficarem juntas é preciso mais do que amor e muitas vezes ambas tem necessidades tão diferentes e insaciáveis que não a escolha: um será infeliz para que o outro seja feliz. Vc vê o sexo antes do casamento como algo errado e de duas uma: ou ele não respeita a sua escolha ou ele vê isso como uma necessidade. Se ele não respeita suas necessidades, não tem pq continuar com ele. Se ele tem necessidades diferentes, mesmo que tente seguir as suas, estará infeliz para te fazer feliz. Ceder é importante, mas tem coisas que não se trata de ceder e sim de abrir mão de vc.

    Sei que terminar será ruim, inclusive pelo aspecto religioso que não aprova isso, até pq vcs já transaram, mas duvido que Deus tb não queira que vc seja feliz e respeite a si mesma.

    • “mas duvido que Deus tb não queira que vc seja feliz e respeite a si mesma.”
      Sempre me pergunto sobre isso quando vejo uma pessoa sofrendo e se forçando a estar em uma situação “só porque interpretou que aquela seria a vontade de Deus”.

      Que Deus é esse que essas pessoas acreditam?
      Deus não é rígido. Deus não é “um juramento que fizemos”. Deus é amor e, principalmente, Deus quer que a gente se coce e faça a nossa parte.

      Esse é o meu Deus, pelo menos.

      • Larissa

        Bom, depende de como as pessoas interpretam a palavra Dele. Nao eh a toa que a porta eh estreita… Seguir a Deus eh renunciar nosso querer para viver o Dele.

        “Nao vivo mais eu, mas Cristo vive em mim”.

        • Com certeza, por isso falei que o meu Deus é assim.
          Jamais acreditarei que ele “quer que eu sofra pq prometi algo”, “ou pq escolhi assim”, “ou pq sou d religião tal”.

          Deus me permite mudar de caminho a qualquer momento, desde que a minha intenção seja boa e nobre.

          É claro q todo mundo tem problema, todo mundo tem q renunciar, etc. PORÉM, as pessoas sabem muito bem quando o limite já foi ultrapassado e elas só estão forçando uma situação.

          Eu respeito quem pensa assim, mas eu não quero isso pra minha vida.

        • Gaia

          Mas qual é o querer dele? Como saber? Como acredito num Deus bom, que nos manda amar o próximo e não julgar, não consigo acreditar que ele deseje nossa infelicidade.
          Sei que muitos acreditam que devemos nos encaixar num molde para sermos felizes e cristãos, mas eu não consigo acreditar nisso pq as pessoas são felizes por motivos tão diferentes. Se fosse assim, deveríamos abrir mão de nós mesmos, e não acho que o propósito é esse. Para mim quem nos ama só deseja mesmo que sejamos felizes, sem nunca prejudicar, pisar, usar ou enganar os outros.

          • Larissa

            Então… Eu pensava antes assim… Hoje vejo de outra forma, pois quando compreendemos realmente as escrituras, o proposito de Deus é outro. Ser feliz é fazer a vontade de Deus! Por isso citei o versículo ” nao vivo mais eu”. Renunciar o pecado, mesmo nao compreendendo os propositos de Deus. Se guiado por fé e nao por vistas… Acreditar que estamos aqui de passagem e Deus tem uma morada pra gente…. Eh bla bla bla pra quem n acredita, mas eh oq a biblia ensina. Pecado é desobedecer a Deus e nao importa sua vontade… Vc tem o livre arbitrio, mas dai a consequencia…

            Claro, eu falo de acordo com oq eu acredito… A bíblia. Respeito quem discorda. 🙂

            Deus nos orienta a cuidar, a buscar as coisas DELE e o resto ele acrescenta.

            Servir a Deus não é fácil.

          • Gaia

            Então, eu respeito quem acredita na bíblia, mas não consigo acreditar nela. Para mim, não passa de um livro que reflete regras e pensamentos sociais da época. Uma boa leitura histórica e somente isso.
            Então, apesar de respeitar quem acredita nisso (que temos livre arbítrio, mas tb temos que seguir uma escolha não nossa. O que sempre me faz pensar: então para que temos livre arbítrio? Para escolhermos ele? Mas se não o fizermos seremos castigados então cade a escolha?), não consigo entender a lógica da coisa. Respeito, acho que se é nisso que acredita, tem que seguir (vai que é vc que esta certa!) e desde que respeite o fato de que eu não acredito e não exiga que eu faça o mesmo devo tb respeitar as crenças diferentes da minha. E por isso tentei ao máximo nem entrar nessa discussão no meu comentário. Mas fiquei curiosa, se não pode transar com quem não se casou, pelos preceitos bíblicos qual caminho a moça do relato deve tomar: casar com ele mesmo não amando (e não tendo suas crenças respeitadas)? Ou terminar?
            Qual seria o certo?

          • Larissa

            Nao ter começado nem a namorar com ele… Pois o caso eh jugo desigual. Porem se ela optar por continuar e mesmo assim buscar estar, digamos, em comunhao, ela deveria pedir perdao pelo sexo e, obvio, nao fazer mais antes do casamento. O sexo representa a uniao.entre os conjuges, fazendo-os tornar apenas um corpo. Digamos q espiritualmente, ele ficou com um pedaço dela e ela dele… Mas como ele exige o sexo, ela tem q terminar msm. Nao tem como dar certo nessa lógica. Ela nem gosta dele, logo nao tem nem q escrever tanto… Se ela gostasse dele, ai sim…

        • Roberto Silva

          Quer dizer que as outras religiões que seguem outros deuses com outra doutrinas estão erradas? Cristo tem olhos claros e padrão europeu tendo nascido na palestina. Tem que renunciar muito pra acreditar na religião e seguir sua vida por textos inventados pelos homens fracos para controlar os fortes.

      • Gaia

        Tb não acredito num Deus que prefira nossa infelicidade. Não dizem que temos que amar nossos filhos pelo que eles são e não pelo que queremos que sejam? Tem coisas que podemos “exigir”, como honestidade e respeito ao próximo, mas se eles não estão prejudicando ninguém, não acredito que haja mal em buscar a própria felicidade.
        Não acredito num Deus que pune quem apenas tenta ser feliz.

        • Larissa

          Ai um problema. Amar é um mandamento! Deus nos ordena a amar ao próximo. E ai quebra nossa visão de amor… Amor é uma atitude, um verbo!

          1 Coríntios 13:4-7: “O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não se vangloria, não se ensoberbece, não se porta inconvenientemente, não busca os seus próprios interesses, não se irrita, não suspeita mal; não se regozija com a injustiça, mas se regozija com a verdade; tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.

          Eh realmente fazer o bem por quem nao merece, até pq nós também nao merecemos o amor de Deus.

        • Larissa

          Li errado sobre oq falou sobre amor, desculpa

        • Larissa

          “se alguém quer vir após mim, a si mesmo se negue, tome a sua cruz e siga-me” (Marcos 8.34).

          Cruz significa sofrimento sem culpa. Servir a Deus nao significa fazer oq te faz bem e sim acreditar que a vontade Dele eh o melhor. RENUNCIARRRRR

          • Elisa

            Em parte foi bom vc seguir esses mandamentos porque, assim, vc não se entregou àquele cafajeste. Você teria ficado pior por tudo que passou.

  • Elisa

    Cara, acho muito complicado esse negócio de não transar antes de casar.Tudo bem que é isso religião e tals, mas… sei lá. Acho muito perigoso. Não só pela possibilidade de o sexo não ser bom, mas o que já vi de gente se casando no meio cristão só por conta disso não é brincadeira. No mais, siga a recomendação do pessoal aí.

    • Eu também acho kkk É mais fácil eu falar que só caso com sexo antes do casamento kkkkk

      • Jps

        “É mais fácil eu falar que só caso com sexo antes ”

        Sim, por favor rsrs

        É melhor tanto para o homem, quanto para a mulher

        • Se eu gostasse dos rótulos sociais, eu me sinto um machinho kkkkkk
          Não faço questão de me casar (nem se amar muito a pessoa). Não faço questão de ter filhos (apenas penso e também temo), MASSSSSSSSSSSSS das “putarias”? Faço questão de todas kkkk.
          Das provas de amor também.
          Do imprevisível
          Das loucuras
          Dos beijos na boca
          Vixi, não vou nem terminar pra não parecer um conto erótico kkkk

          • Jps

            “Vixi, não vou nem terminar pra não parecer um conto erótico”

            hahaha, sei como é

            Tipo, eu busco encontrar alguém legal, que seja parceiro respeitoso e tudo mais

            Mas admito que enquanto não acho, eu queria ter um pouco de loucuras, imprevisibilidade…..quem sabe até com a pessoa certa. Sei la, muito confuso

            Porque não fazer tipo os filmes?….mas claro, tendo em mente que a vida não é assim e pode dar muita merda, rs

            Mas um dia quero ter filhos também…..casamento não faço questão.

          • Quando eu falo “imprevisibilidade” é só de coisa boa, nada de tortura mental. Isso aí cansa a longo prazo.
            Dá pra ter um amor com loucuras tb, mas acho que o povo tem medo é bem desse pq pode ser um caminho sem volta, rs. Aí fogem, principalmente os homens kkkk

          • Jps

            “Quando eu falo “imprevisibilidade” é só de coisa boa, nada de tortura mental”

            hahaha, claro
            Disse mais no sentido, quando você encontra alguém legal, que bate uma parceira e compatibilidade forte e de repente você marca uma viagem para o Chile, por exemplo, rs…..ou para praia e curte sem expectativas. Entende?

            Não to afim MESMO de pessoa que faz joguinho, ou fica enrolando, rsrs

            “Aí fogem, principalmente os homens kkkk”
            Fujo, rs….mas porque até hoje não achei ninguém parceiro o suficiente que também queria algo comigo….ou talvez eu tenha afastado essas pessoas inconscientemente.

            Nunca saberei, rs

          • Vocês afastam muita gente inconscientemente. Eu atendo um atrás do outro com esse problema.
            Mas eu entendo vcs tb: cultura “do machão”, “do não vou demonstrar”, tem uns que atento que nem apaixonados eles sabem que estão! kkk Eu digo que estão e eles dizem “que não” kkk Aí vai todo um trabalho pra Lulu.

            O bom é que a maioria acaba percebendo que pior uma vida sem amor, do que com o medo de amar.
            Acho que ainda vou receber muitos convites de casamento (para ir, que digo kkk)

          • Jps

            hahahaha

            Se forem casamentos felizes, é uma coisa ótima.

            E meu problema especificamente nem é amar em si, é “me soltar”. Eu falo, porque as poucas vezes eu gostei de alguém….eu GOSTEI mesmo, rs

            Muito intenso, rs

            E acho que seria impossível a pessoa atender as expectativas, porque já queria passar muito tempo com a pessoa, planejar viagens, sei la mais o que

            Eu acho que preciso amadurecer mais um pouco, talvez

          • Quase todo homem tem problema “em se soltar” mesmo, mas quando se soltam, amam mais intensamente do que a maioria das mulheres.
            Parece genérico, mas é o que eu vejo em muita gente que acompanho.

            E homem que se solta é uma delícia, dá pra usar e abusar pra mt coisa boa pra ambos kkk Até pq, em geral, o soltar deles me parece mais sincero do que muita mulher que “só quer um homem antes q fique tarde demais pra ela”.

            Enfim, o problema é que geralmente as pessoas se soltam conhecendo “muito pouco” sobre o outro lado, daí é cair de bico no desconhecido e pedir pra se lascar (ainda que a chance de se lascar sempre exista, claro).

            Hoje em dia eu vejo que tem mt amor que é melhor q vcs fujam mesmo, são os chamados amores “impossíveis”. Mas SE for viver, tem que ser intenso. So que confundem intenso com carência, insegurança, vigiar a vida do outro, ter constante medo de perder, quer saber se levou chifre, “com quem vai sair” e pede pra tirar foto até pra saber se ta cagando mesmo kkkk. E aí ferra tudo. Não foi amor, foi posse.
            Quando eu falo “Intenso” é primeiro saber se é recíproco. Depois de saber isso, não pensar “tanto no amanhã”, nem mesmo se a pessoa irá ficar ou não contigo. É tirar o melhor proveito do que se tem e dar o melhor para o outro enquanto sente. É sexo com a alma, encontros mais “nus”, sinceros, sem ficar olhando o telefone ou pensando no cachorro que ficou em casa, e por aí vai.

            So que como disse, existe “um passo antes disso”. Não dá pra fazer com a mulher q vc acabou de conhecer no Tinder, por ex kkkk Até pq hoje em dia tá todo mundo desconfiando de todo mundo – e com razão!

            Esses dias o Thi tava falando que eu era “muito poderosa e intensa” e que isso poderia afastar muitos homens que não entendem como que lidar comigo, no fim, é algo muito simples.

            Bem, gostei do poderosa, até porque todos nós somos poderosos. Agora quanto ao “intensa”, acho que ele se esqueceu do começo do namoro kk
            PS: Mas sou muito intensa inclusive com meus amigos, com todo mundo q tá a minha volta e sempre vale a pena. Só que existe “o passo anterior q eu respeito e que acho q vcs devem respeitar para evitar ao menos um pouco da possível queda tb.
            Até nos meus trabalhos sou intensa, sou aquela q geralmente todo mundo lembra o nome, MASSS, não significa que todos gostarão de mim, né kkkkk
            Só que significa q mesmo q sofra, fiz a minha parte. Ri, chorei (sou a maior chorona), reclamei quando achei injusto, etc
            É tipo viver mesmo. É brega, mas eu tento fazer isso kkk
            Talvez por isso ria alto, chore por tudo e brigue as vezes kkkk

          • Jps

            “mas quando se soltam, amam mais intensamente do que a maioria das mulheres”

            É então, não sei se mais….mas sim, quando se solta,fica bobo rsrs

            Mas no meu caso, que deve ser como a maioria ou não…. não é que eu olho para a menina, começo a conhecer e me interesso e talz.

            É tipo eu olho para a menina e da um “clique”. Ai vem sensação muito intensa e que eu gerencio para não ficar na cara (já que é o primeiro encontro, na maioria das vezes, rsrs). Então é dificil se precaver….o máximo é tentar conhecer mais a menina, rs

            É muito raro de acontecer, normalmente só acho a menina legal e talz ou não.

            Uma coisa engraçada, é que uma menina que estava saindo, disse que quando a gente se encontrou “pela primeira vez” eu estava olhando dessa forma para ela, mas que mesmo gostando ela não podia na época. Só depois que se separou pensou em fazer algo sobre, mas não me lembro de estar assim nesse dia…ou dar tão na cara, rs
            Estávamos em grupo naquele dia e calma que ela não tava com o namorado…não sou desaforado assim hahahh

          • Elisa

            “Quando eu falo “imprevisibilidade” é só de coisa boa, nada de tortura mental. Isso aí cansa a longo prazo.”
            Nossa, nem me fale.

          • Elisa

            Acho que somos adestrados a fugir disso. Dessa espontaneidade nos relacionamentos. Assim, não sei se vou estar fugindo, mas… a maioria procura estabilidade ou satisfazer a carência. A maioria dos namoros é assim. Uma coisa meio forçada. Aí quando acontece algo assim… essa paixão e tals… temos medo. Meu ponto de vista.

          • M Holmes

            Tenho o mesmo problema, Elisa. Tenho medo de me entregar e a pessoa não corresponder as MINHAS expectativas, e isso é um grande erro! Por isso decidi que se entrar em um outro relacionamento, vou deixar a coisa fluir mais e vou me focar mais na convivência do que com o status em si.

          • Elisa

            Melhor coisa é não ter expectativas. Sempre no início do relacionamento há aquela projeção, sabe? Você idealiza muito a outra pessoa, pensa coisas que muitas vezes não condizem com a realidade, mas atendem às suas expectativas. O que aprendi nesse mundo de meu Deus e nas minhas fodelanças com os embuste é: NUNCA crie expectativas. Tente, ao máximo, mesmo que a paixão tente te emburrecer, manter os pés no chão. Naquilo que é real e que está ali na sua cara. Não veja o que vc QUER ver, mas o que está diante de vc.
            Mas, mesmo assim, vc tem que ser um pouco exigente, sim. Ter critérios, senão tudo quanto é bagaceira vc vai estar aceitando. Aí não, né? Aquilo que vc perceber que não é bom vc esperar do outro, vc tente resolver consigo mesma, no mais, exija sim!

          • M Holmes

            Claro que temos que ter parâmetros em tudo na nossa vida, senão ficamos a deriva mesmo.

          • hahaha to falando que tá tudo interligado. Olha o vídeo que tava assistindo AGORA e nem imaginava que ela fosse falar sobre esse tema.

            Assista perto do minuto 4 pra frente:

            https://www.youtube.com/watch?v=9Urtew47PUs

          • Elisa

            Já vi um vídeo dela sobre sexo que achei engraçado. Foi sobre orgasmo, ela disse que a mulher tem que se soltar mesmo que fingindo que tá gostando. Como exemplo, ela citou o sexo com o marido dela kkk sacanagem.

          • É, não concordo com isso kkkk

      • Elisa

        kkkkkk

    • Gaia

      Particularmente, eu nunca casaria sem antes ter uma vida sexual ativa com a pessoa. Já imaginou casar e então descobrir que não temos química alguma ou gostamos de coisas totalmente diferentes?!
      Já existem coisas demais para dificultar um casamento, então no que for possível, melhor já testar e ver se dá certo.
      Evita sofrimentos desnecessários!

      • Elisa

        Né? Justamente. Também sou contra outra regra dos cristãos que é só se separar quando houver traição. Porra, tanto relacionamento ferrado, de gente safada e cretina que não pula a cerca, mas destrói com a psiqué do parceiro. Acho sacanagem. Fora os casos em que o amor acaba.

      • Hector Farto Jr

        O problema na visão cristã é a promiscuidade: Se relaciona com João e transa, termina. Ai fica com com Pedro e transa e enxerga que Pedro só queria sexo, namora Ricardo e transa, depois enjoa ai conhece Marcelo numa balada e por ai vai.

    • Elisa

      Ah sim, acrescentando aqui. Têm muito gay que se aproveita desse mandamento do sexo pra ficar com alguém do sexo oposto sem dar bandeira e poder casar de fachada. Fica a dica aí.

  • Viviane Amaral

    Resposta perfeita, maravilhosa!! Mas, Luiza, poderia falar mais sobre o que é um namoro superficial?

    • Vixi, agora eu que não sei se entendi a sua pergunta kkkk
      Mas vou tentar
      Quando quero dizer “superficial”, é tipo aquele namoro que foi mais “curioso” por ser o primeiro, do que por um turbilhão de sentimentos e entrega mútua, sabe?
      Não penetrou na alma, foi só sexo e “o primeiro namorado”.

      • Larissa

        Agora ficou confuso… Acho q nunca tive um.namoro profundo

        • A maioria nunca teve. Com o mundo cada vez mais egoísta, solitário, cheio de jogos, cheio de gente querendo tudo pra si, cheio de gente invejosa, cheio d gente que quer q caia tudo do céu e por aí vai, é, viver um amor recíproco tá difícil mesmo kkkkkk

          Hoje em dia, um ser humano GOSTAR de verdade do outro já tá difícil.

          Tipo de torcer por ele, dividir suas coisas , e mais do que isso, DAR suas coisas, a começar pelo seu tempo. Quem faz isso né? POuca gente. E aí aquele “que não recebe”, “resolve não dar mais também” e, assim, acaba ficando igualzinho àquela pessoa que ele tanto reclama. E aí, como sair do ciclo?

          Até eu que trabalho ajudando pessoas tem gente q ajudei q quer mais é que eu me foda. Imagina quem já vive não ajudando ninguém ou sendo “neutro” no mundo? (= egoísta que nem tenta), não quero nem ver a urucubaca que recebem de gente que claro, tb tá frustrada por dentro.

          • Jps

            “DAR suas coisas, a começar pelo seu tempo”

            Sim Lu, nossa…..você pôs em palavras o que eu já pensava.

            Hoje em dia ninguém quer doar seu tempo para o outro, sempre tem um porém, “não posso agora” e etc, etc. Ai quando vai ver, a pessoa foi fazer outra coisa que mais lhe interessa.

  • Larissa

    Não é a igreja que eh contra, isso está na bíblia. Independente disso, nao entendi o conflito… Se está claro que vx nao gosta dele, termina!
    Você ja começou errado ao namorar uma rapaz que, aparentemente, nao respeita sua decisão.

    Minha prima teve relaçoes durante os 4 anos de namoro, quando ela voltou pra igreja, ficou uns 10 meses em abstinencia, so voltou a transar com ele depois do casamento. Ele esperou por ela!

    Termine, ta facil, vc n gosta dele mesmo.

  • Mariana Cobra

    Não tenho nada a acrescentar, só siga o que a tia Lu disse que vai ficar tudo bem

  • Roberto Silva

    Da igreja eu só gosto do vinho e dos pecados.

  • Franciele

    Leitora, para que tu consiga terminar, precisa resolver dois conflitos: primeiro primeiro, entender porque começou esse namoro; foi por pressão dos pais? por ver todas as tuas amigas casando? por tédio? por que alguém te apresentou ele e tu ficou sem jeito de rejeitar o “homem de Deus ideal”?
    Entendendo o motivo subjacente desse arremedo de namoro tu vai entender a quem está tentando agradar continuando essa história.
    Quanto ao sexo, cabe a ti também descobrir se fez por impulso ou por querer, inconscientemente, retirar parte das expectativas que recairiam sobre teu casamento, afinal muita coisa pode dar errado, na cama e fora dela.
    Compreendendo o que te levou a romper com a castração religiosa tu poderá descobrir se o que sente agora é culpapor ter pecado ou pensa, emboranão admita nem para si mesma, que se livrou de uma cilada, afinal, se tivesse casado com ele teria que aceitar esse sexo meia boca para o resto da vida.
    Meu conselho é que tu procure descobrir no que realmente acredita e porque, independente de família e, no âmbito do sexo, tenha em mente que muito do êxito depende de diálogo e dos dois entenderem como funciona os próprios corpos, para que tu alimente o medo de não “gostar” do próximo parceiro, uma vez que a princípio tu pretende esperar pela cerimônia.

  • Aline

    Na verdade não entendi qual seria a sua segunda opção…ficar com um cara que não gosta de você, você não gosta dele e o que é pior, não respeita as suas decisões?

    Se você não terminou ainda, mesmo não havendo NADA DE BOM, é porque algo em você ainda te prende a ele. O que seria? Apego por ele ter sido o primeiro? Carência? Medo de ficar sozinha? Seja qual for a resposta, apenas você tem poder para determinar o que é melhor pra ti, ninguém poderá tomar esta decisão por você, seja em relação ao namoro ou outras coisas (como sua religião, por exemplo).

    Quando você descobrir o que te impede de seguir sua vida, conseguirá se livrar desse rapaz!

    Boa sorte!

  • Stanley Lewis

    Se você não gosta mais dele, não tem porquê continuar com ele.

  • Denilson

    “Tenho 16 anos e estudo MAS não sei a diferença entre MAS (porém) e MAIS (adição)”
    Agora falando sério, como cristã, te incomoda o fato de ter transado antes do casamento (direito seu, ngm é obrigado a fazer o q não quer), mas não lhe traz desconforto ser desonesta e mentirosa ? Pq na época em q eu frequentava a igreja, me era ensinado q cristão deve ser justo, verdadeiro e honesto, vc se sente mal por ter transado, mas prometeu algo q SABE q não será capaz de cumprir.

    Agora, se vc realmente não sente nada por ele, termine e deixe-o livre.

    • Logan Chigurg

      Cumpadi, falou e disse. Na hora do vamu-vê ela foi lá e créu. Eu tenho certeza que no bem bom ela até mandou o cara puxar o cabelo dela kkkkk, mas agora é a santa imaculada incorruptível. Ah, corta essa, se ela fosse cristã de fato ia conhecer o Caio Fábio, uma vez um cara com o mesmo “problema” do dela, questionou sobre e talz, ao que o reverendo afirmou.. meu amigo, dê graças a Deus por vc sentir tesão pela sua namorada, é sinal que vc é saudável. Pois é. Pontos de vista.

  • Deb

    Eu achei a leitora meio burrinha ou então não tem o que fazer, para enviar um texto desses -.-
    Tá a fazer eprder o tempo dele, o tempo dela e o meu -.-

  • Logan Chigurg

    Nem precisa falar, conheceu o grandão, bonitão, gostosão na tua igreja ou na igreja da amiga, né? Tem feito até orações pra ser agraciada com tamanha benevolência divina kkkkkkkkkk. Conta pra gente aê! Conheço mulher de longe, toda vez que elas vem com esse papo de dar um tempo, ou não amo mais pq isso e aquilo, é pq apareceu um galã endinheirado pronto pra roubar seu coração.