Tuninho, leitor do blog, procura uma namorada e pede ajuda

56

Tuninho quis aparecer como “não anônimo” para ver se também arruma uma namorada através do site. Vamos ver se nós conseguimos ser cupidos? s2

*************************

Leitor: Lu, te adoro muito, vc foi uma das poucas youtubers que me deu atenção. Tenho 50 anos e me chamo Antônio Mesquita de Andrade, mas sou conhecido como Tuninho.

Sou um deficiente físico, não ando mais, pois quando eu nasci, para salvar a minha mãe, os médicos tiveram que me retirar a fórceps, e isso me deixou com lesões cerebrais, mas nada que me impedisse de levar uma vida dita normal.

Estudei, casei e trabalhava, mas no meu casamento, tive um pequeno problema com minha ex-esposa, pois ela quis fazer uma estripulia e eu estava quase dormindo, e só senti a dor e o estalo. Logo depois, me separei, no ano de 1997, voltei para casa e depois disso fiquei paralisado. Foi quando os médicos descobriram que a minha coluna estava quase fraturada. Não morri porque não era a hora.

Só coloquei essa introdução para vc ver o quanto eu já fui guerreiro. A minha pergunta é: se as mulheres gostam de caras gentis, por que elas só “DÃO” pro cara “SAFADÃO”?

Adendos para entender melhor a questão:

A minha ex-esposa estava em casa, e eu, chegando do trabalho depois de 3 horas dentro de ônibus e já eram umas 9 horas da noite. Estava estourado, mas minha esposa queria sexo. Em dado momento, ela se pendurou no meu pescoço, como já havia feito várias vezes, mas dessa vez, eu não tinha prestado atenção, e quando vi, só senti o estalo e a dor na coluna.

Se eu gostaria que você fizesse uma propaganda sobre mim? Eu adoraria mesmo, pois sei que vc é muito popular e tem muitas mulheres que querem arranjar um companheiro e eu estou na área. Se for possível, posso lhe enviar umas fotos?

E a minha pergunta é: por que as mulheres gostam de homens bons, trabalhadores, mas na hora do “bem bom”, só dão pros vagabundos que não dão a mínima pra elas?

Beijo carinhoso desse fã,

Tuninho.

Tuninho, meu amor. Quando vejo vocês escrevendo que mulher só dá pra homem vagabundo, eu me sinto fortemente ofendida e injustiçada. Na verdade, acho que o homem que pensa como você, quase que imediatamente acaba criando uma “aura” que só atrai isso. E claro, acaba alimentando cada vez mais o que eu chamo de “memória conveniente”.

Olhe ao seu redor… toda mulher que você conhece se casou com um vagabundo? Todas estão sofrendo com seus respectivos maridos/namorados? O único cara gente boa que você conhece no mundo é você e, justamente por isso, só você está solteiro? Sua mãe, tia, amigas e todas as outras do seu sangue se casaram com trastes que as fizeram sofrer horrores?

Certamente que alguém nesse bololô aí se salvou, certo? Então, por que ao invés de tentar justificar “você estar sem ninguém por ser gente boa demais”, você não cogita estar procurando, ou até mesmo fazendo as coisas de um jeito errado? Ou melhor, sendo pessimista demais?

Será que você tem saído o bastante? Está em algum app de paquera? Grupo da Igreja? rs. Não que esses sejam necessariamente os melhores lugares, porém, como tem gente que se casou até usando o Tinder, tem que ir colocando a mão na massa, né não?

Pode ter certeza que tem muita mulher doida para dar para um cara legal como você. E as que não quiserem? Bom para elas, daí é só ir para a próxima ao invés de ficar reclamando e observando apenas o comportamento das erradas, entende? Parece complicado, mas é simples assim.

Ainda que o clichê social queira forçar ser diferente, a gente sabe que nenhuma mulher é igual à outra, que nenhum homem é igual ao outro e que, por consequência, nunca nenhum namoro ou casamento será igual ao outro. A gente diz que são, porque fica cômodo pra gente não ter que se coçar em busca da nossa felicidade, mas né?…. Bora se tocar enquanto há tempo, ainda mais que você já chegou na casa dos 50!

Agora te resta ter muita coragem para ir sempre tentando, até encontrar alguém que, apesar de todos os defeitos, você saiba que te ama e que você dê  muito amor também. Só que antes do amor, existe o desejo, a paixão, e aí, é ir indo com calma nesse passoa passo. E que a propósito, também é muito gostoso e que faz parte de todo um processo “maior”  =)

Só de ler as mensagens sempre carinhosas e positivas que você me envia nas redes, dá pra ver que você é um cara do bem. E se é assim, fica fácil concluir que logo você encontrará outra pessoa como você. Afinal de contas, eu pelo menos acredito que recebemos o que emanamos, e que atraímos pessoas com o coração próximo ao nosso. Ao menos para as relações que não são tóxicas nem doentias, entende?

Só tem que parar de ser negativo nesse assunto do amor, tá? Senão assusta as moças, rs.

Vou deixar suas fotinhas e sua rede social por aqui, daí fica também meu pedido aos leitores que puderem compartilhar, dar uma força para você também!

Felicidades e volte aqui pra contar as novidades!

******************************

Facebook do Tuninho – https://www.facebook.com/Tuninhonet07

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.

  • Jps

    “Só coloquei essa introdução para vc ver o quanto eu já fui guerreiro.”

    Sim, você é. Parabéns por não deixar essas coisas te abalarem, manter o alto astral e ter até coragem de pedir uma certa ajuda da Lu.

    “por que as mulheres gostam de homens bons, trabalhadores, mas na hora do “bem bom”, só dão pros vagabundos que não dão a mínima pra elas?”

    Mas se você já foi casado e sua mulher queria transar com você, isso te torna um vagabundo também?

    Pense sobre isso.

    As dicas que eu posso de dar são:

    Não seja um cafajeste, vagabundo nem nada disso, porque além de não ser o seu perfil, só vai trazer coisas ruins para você e para todo mundo que você se relacionar…..não vale a pena.

    Apps de encontro são uma boa coisa para conhecer garotas sem precisar sair do lugar, mas não seja desesperado. Quando conseguir um “match” ou algo do gênero, converse com elas. Aproveite sua experiência de vida, conhecimentos e faça ela se interessar por você antes de tudo. Espere pelo menos uns 3 dias de boas conversas, para mencionar um encontro.

    Isso ajuda a separar o “joio do trigo” e ver quem realmente vai querer algo.

    Outra coisa é mesmo que não aconteça nada no primeiro encontro, mostre que esta interessado na garota quando sair com ela. O que muitos caras erram é não demonstrar nada e acabam perdendo a chance. Seja um olhar, um elogio simples ou ir se aproximando conforme a conversa vai se desenrolando naturalmente, mas faça algo.

    Claro, tudo isso vai depender também se a mulher está gostando da sua “presença” e o seu feeling para ir avançando na velocidade “certa”. Não chegue já elogiando, tocando nela e coisas assim que a chance de dar ruim é grande, rsrs

    Por fim, eu diria para você tentar melhor a sua parte fisica.
    Não sei direito as suas limitações e mesmo que você seja um cara mais calmo e humorado, aparência é algo importante.

    Não precisa fazer cirurgia e nem ficar com corpo de modelo, mas pare um pouco e olhe para o seu estilo.

    Roupa, cabelo, barba, perfume…….. pense se a situação atual está te ajudando ou atrapalhando.

    Se você tiver uma amiga de confiança, era ideal fazer uma pergunta franca para saber o que você poderia melhor.

    As vezes um corte de cabelo mais moderno, uma roupa mais ajustada fazem toda a diferença.

  • Mariana Cobra

    Acho que sou a última pessoa do mundo a te dar dicas de conquista, até pq eu sempre fui muito sambanga.
    Só Mude o disco de que as mulheres só gostam dos cafas, pq essas são a minoria. Tem muita gente massa e de bom coração ainda nesse mundo.

    Desejo sorte e bom humor!

    • Logan Chigurg

      legal, mas eu discordo, mulher em geral gosta de cafa sim, e dos piores. eu ja tive mta experiencia com mulher legal e com vagabas, e na minha epoca de adolescente fui traido 500 vezes pq era bonzinho demais com as meninas, que sempre me trocavam pelos maloqueiros mais velhos sem nem me avisar rs

  • Logan Chigurg

    “E a minha pergunta é: por que as mulheres gostam de homens bons, trabalhadores, mas na hora do “bem bom”, só dão pros vagabundos que não dão a mínima pra elas?”

    Amigo, obrigado por essa frase, espero ela há tempos nesses blogs como esse aqui. A verdade nunca é dita, é sempre aquela marmelada de amor romântico, que homem tem que dar flores, que tem que fazer isso e aquilo. O mundo hj é calcado numa enorme mentira, que é a de que homens são superiores às mulheres, e todo aquele mimimi eterno que mocinha feminista adora reclamar do sofá da sala com seu notebook tomando aquele chá de ervas finas e um tarja preta ao lado em caso de necessidade. Mas vamos ao que eu quero te falar, vc não está errado, a vida me ensinou isso quase da pior maneira, já fui traído e hj finalmente aos meus 31 anos compreendo como mulher funciona. Capaz da dona aqui do blog até me expulsar, eu espero que não, mas mulher funciona de uma forma esquisita, não dá pra decifrar tudo delas, mas uma coisa é líquida, certa e determinada, tirei isso por mim mesmo: mulher gosta de altos e baixos o tempo todo na relação, sente tesão por homem violento e goza quando vê o vagabundo da favela que tá comendo ela fazendo ameaças pra outros machos. Eu tô falando sério. Bancar o romanticuzinho (com trocadilho mesmo) só vai te(nos) tornar um verdadeiro bosta pra mulher, elas odeiam homem romântico, elas detestam relacionamento em que tudo está “ok”, elas odeiam machos que não pegam de jeito e xingam na hora do sexo. Não é a toa, caro Tuninho, que todos os dias vemos homens e mais homens sendo traídos, mermão eu já vi caso de cara realmente bonito, mas com emprego mediano, que foi trocado por cara feio e obeso e grosseiro! É foda, vc vê um cara terrível em todos os sentidos, são desses que até espancam a mulher, mas a vagabunda tá lá, e ainda sai por aí brigando com a concorrência. O que interessa pra mulher hj em dia, em resumo, é o cara ter muita grana e ter todas as “qualidades” que te falei no início do meu texto. Aí vc pensa e outras mulheres vem aqui me questionar, “ahh mas existe a mulher exceção”, a mulher que não achou a peteca dela no lixo, quer homem que respeite e blablablá, até tem mesmo, mas na minha experiência de vida, achei umas duas ou três num mar de umas 5 mil, não que eu tenha ficado com todas elas, pelo contrário foram poucas mas uma bagagem boa pra medir isso tudo. Vou dar exemplo de um primo meu, quase da mesma idade que eu, apenas 3 anos mais jovem (perdão meu mano Jeferson kkkk), um cara boa pinta, com um trabalho bacana na defensoria pública da união, mas que insiste em ser o ‘romântico abençoado por deus’, cujas namoradas sempre são as “escolhidas”. Atualmente ele tá no 6º relacionamento dele, adivinha o que se passou nas 5 anteriores, desde que ele era um moleque? Pois é, todas terminaram com ele justamente por ele ser certinho demais, e a que ele parecia mais gostar, e tratar como rainha, abrir porta do carro , levar pra jantar romântico todo fim de semana, traiu ele com o segurança noturno do mesmo condomínio que a gente morava. Não vou me alongar pq sei q ja escrevi demais, sou meio prolixo mesmo, mas o recado tá dado, não vou nem falar de mim aqui nem expor minhas vergonhas, vai que alguem me descobre né rsrsrs.
    P.S.: vc jamais vai arrumar uma mulher legal numa igreja evangélica.

    • Elisa

      O homem tem que ser frio a maior parte do tempo, frio, sério, distante, meio fds, e volta e meia ser amoroso com a guria, mas volta e meia. Não pode ser algo muito exagerado. Não pode. Romantismo em altas doses faz sim o cara perder o valor, ser visto como menos e ser considerado lixo msm. É como se vc estivesse se rebaixando. Digo isso por experiência própria, já passei por muita merda. Não é à toa que li Nehassan Alita. A maior parte das mulheres é, sim, fdp. Concordo muito com ele quando diz que mulher não ama, pelo menos não como o “””homem”””, o amor da mulher (da grande maioria) nada mais é que uma forma inconsciente de manipulação emocional, uma técnica de aprisionamento daquele que não se submete, por isso, que a maioria gosta de canalha, pois eles são insubmissos. É foda isso, cara. Foda mesmo, mas, de fato, a maioria é como vc descreveu, embora eu não seja assim.

      • Jps

        ” Infelizmente, a sensação que tenho é de que vc é forçado a ser fdp, a ser canalha, msm que essa não seja sua natureza. Do contrário, vc é desprezado e distratado.”

        Sai dessa brisa Elisa.

        Eu nunca fui canalha, nem nada disso, e sempre consegui conhecer mulheres.

        A questão chave é ter segurança de si mesmo e autoconhecimento……..isso tanto para homem quanto mulher.

        E maioria das meninas com quem eu saio são gente boa e nunca me destrataram por ser mais de “boas”.

        O “problema” de hoje em dia, é que muitos parâmetros estão errados, assim a pessoa acaba namorando a primeiro pessoa bonitinha que ela conhece e claro, a receita disso é o fracasso.
        Sem contar problemas de autoestima que fazem a pessoa aceitar qualquer coisa.

        • Elisa

          Valeu, cara.

      • Omagnífico

        A grande questão, é que essas explicações mais analíticas, e menos emocionais, tem fundamento. Eu vou deixar a minha vida nas mãos do “pode ser que sim, a vida é assim, carma, toda panela tem sua tampa?”, coisas que são completamente baseadas no acaso? Jamais. Hoje em dia eu não sou um “FDP”, por simples intenção de atrair mulheres, eu continuarei sendo eu mesmo. Mas confiar? jamais.

        • Elisa

          A questão é que, por mais que haja justificativas biológicas, psicológicas, sociais, familiares e etc etc para o comportamento de muitas mulheres, da maioria, na verdade, vc ainda assim está sendo pessimista. E isso porque não há como vc prever o que vai acontecer daqui pra frente, não tem como vc prever e inferir com tanta assertividade que não vai encontrar a “tampa da sua panela” ou que vá ficar só mesmo. Se bem que não acho que solidão seja algo ruim, mas a maneira como vc encara os relacionamentos é pessimista e vc se autossabota. Olha, não sei o que aconteceu entre vc e essa moça, não sei o tipo de cara que vc é, nem os relacionamentos que vc teve, mas ficar aí confinado nesse pensamento negativo só vai fazer vc perder oportunidades que valham a pena. É bom não criar expectativas, agora não é bom se paralisar.

          • Omagnífico

            Se há justificativas, e estas são provadas verdadeiras, então não estou sendo pessimista, estou sendo realista. Por que deveria eu perseguir algo que eu sei que não existe, e que pelas variáveis, há grandes chances de fracasso, e consequentemente prejuízos pra mim? Seria burrice da minha parte. Se as pessoas pensassem um pouco mais por este lado, não haveriam tantos desiludidos(as) .

          • Elisa

            Se essa garota do teatro quisesse algo com vc, vc então não aceitaria por conta de x, y, z e etc. É isso? É isso, colega?

          • Omagnífico

            Ela não quer, não mais. E se quiser, eu não quero saber nunca.

          • Elisa

            Terminaram? Poxa, cara. Isso passa. Vc tá muito pra baixo, muito deprê. Só o tempo mesmo pra fazer vc ver de outra maneira.

          • Omagnífico

            Não to deprê não, nem pra baixo. Só quero daqui pra frente ser mais frio nessas questões. Mas é melhor eu parar de falar disso, porque uma vez eu comecei a falar disso demais aqui e, a Luíza me deu um puxão de orelha, porque isso atrapalha o foco, que é a questão do autor da pergunta.

          • Dou mesmo pq senão parece maritaca véia kkk
            mas eu gosto d vc, vc é como o João, é um menino bom, mas tem q tomar cuidado pra não ser uma pessoa tóxica demais e acabar afastando as pessoas.
            Já falei q quero ir ao seu casamento, me ajude a ir kkk

          • Omagnífico

            Voce estará lá com certeza. Vestida de noiva, recebendo a aliança no dedo dizendo sim olhando nos meus olhos cheios de lágrima. Rs, mas sério, se um dia acontecer, eu juro que te convido.

          • Como vc conseguiu comentar sem o Disqus? Ele tá voltando aos poucos, mas ainda só voltou em alguns posts =(
            Mas quando vc comentou ele tava totalmente com pau eu acho kkkk
            Espero que até final da tarde volte tudo

          • Omagnífico

            Pele perfil do disqus mesmo, fora do site. Mas se quiser trocar um ideia comigo, pode passar o Whats se quiser.

          • Jps

            Que é possível dar errado, é claro, mas você precisa analisar as chances disso.

            Quando uma pessoa vai nadar na praia, é possivel que sofra um ataque de tubarão, mas quais as chances disso?

            Muito pequenas, só ver pelo número de ataques de tubarão por ano.

            É pessimismo achar que uma coisa vai dar errado, só porque é possível dar errado.

            E sobre o resto, “que não chora não mama”

            “quem não arrisca, não petisca”, rsrsr

            Muitos termos para isso.
            Se você for desistir de algo só porque pode dar errado, você não vai ter uma vida plena….vai ter uma existência fraca e criar cada vez mais mágoas.

            Obs: eu falo isso, mas não estou querendo brigar contigo nem nada….só estou dando um conselho que eu acredito que vá te ajudar. Se não achar ele bom, ou não achar que precisa, só relevar, rsrs

          • Omagnífico

            Mas aí você está falando de probabilidades, se afogar, ser atacado por tubarão etc. Eu falei de fatos. Vida “plena”, onde essa plenitude depende de outras pessoas? não, obrigado. E claro, você pode apresentar qualquer contraponto a qualquer coisa que eu afirmar, não vejo como afronta, nem briga. Eu relevo numa boa.

          • Jps

            Não é um fato que todo relacionamento vai dar errado, se existe alguns que dão certo, rs
            Nem que for um caso apenas.

            O fato é que dificil fazer uma relação durar….isso sim

            “Vida “plena”, onde essa plenitude depende de outras pessoas”

            O problema é que quando você começa desistir de uma coisa, não para por ai. Vira algo compulsório e quando você perceber já vai ter desistido até das coisas que só dependiam de você.

            É que nem uma pessoa que vive um abuso(mesmo que só fisico ou verbal) em casa. A pessoa começa a aceitar tais coisas e conforme o tempo passa, só vai piorando.
            O mesmo que a depressão, onde se a gente não trata a tendência é piorar.

            Claro, existem pessoas que se dão bem vivendo sozinhas e isoladas pelo resto da vida na floresta, por exemplo……mas a questão é, você é uma delas?

          • Omagnífico

            “você é uma delas?”
            Veremos.

          • incerteza

            Olá, Elisa.
            Poderia comentar?

            “Carta a quem me magoou
            Eu escrevo esta carta para você. Você me fez mal, muito mal. Na natureza não há justiça, e eu continuo a sofrer. Mas hoje eu percebi que, de alguma forma, eu tenho que tirar de dentro de mim a profunda tristeza que sinto, e é isto o que eu vou fazer agora, nesta carta.
            Desconfio do rancor e da mágoa porque estes não são bons amigos, então não me querem bem. Além disso, o ressentimento e a mágoa levam ao medo, e este é o que precisamente necessita desaparecer. Não que eu sinta medo de você, temo sim ter que reviver o meu sofrimento e voltar a cair no mesmo erro.
            Na verdade, não peço nada de extraordinário, mas se eu tivesse conhecido melhor as suas características, eu não teria permitido que você me machucasse tanto. Nunca vou esquecer quão insuportável é a dor que você me causou. Depois de tudo, o que tenho para lhe dizer é “muito obrigado”, por ter me ensinado algumas coisas.
            Sim, hoje eu percebo que você era tão ruim para mim que me impediu de progredir por muito tempo.

            Como alguém disse uma vez: “o verdadeiro ódio é a abnegação, e o assassinato perfeito é sempre esquecido”. Eu não acho que atirar uma pedra para cima seja uma boa ideia, uma vez que ela pode cair na minha própria cabeça. Certamente isto não traz felicidade, e eu também não gostaria de acrescentar miséria à minha vida.
            Talvez eu esteja escrevendo isso com lágrimas de sangue e pura dor, mas eu estou tomando o controle do leme, porque eu decidi ir mais longe e superar o que você me provocou.

            Devo dizer-lhe que eu escrevo isto porque por trás da minha coragem há também uma grande tristeza, uma humilhação infinita e uma delicada decepção. Eu me sinto acima de um vulcão, enquanto minha vida está por um fio, então eu tenho que largar a carga pesada e apagar o que você me ocasionou por dentro.

            A partir de hoje eu não vou mais guardar rancor ou raiva, eu não quero coisas desnecessárias em meu coração. Toda experiência dolorosa está fechada dentro de uma semente de crescimento e de libertação.
            Ao contrário do que você possa pensar, esta carta não é para você, é para mim, porque eu preciso dela para liberar das minhas costas o peso deste fardo. Parei para pensar e decidi que eu não quero nada de negativo na minha vida, nenhuma mágoa, e eu percebi que aqui está você, tudo o que me fez, e a forma como eu me sinto.
            Notei que libertar-me de você é o maior ato de amor próprio que eu poderia exercer. Hoje posso dizer que você está me fazendo um favor, porque agora, mais do que nunca, eu não quero que o meu corpo sirva de sepultura para a minha alma. Eu posso lidar com tudo o que está dentro de mim. Não tenho medo de viver, porque tudo o que tenho que fazer é reaprender a ser feliz.”

            Estava pretendendo mandar para um ‘homem’ que sumiu e tentou enganar a minha pessoa.

            Eu lembro ainda:
            “Toda despedida é dor… tão doce todavia, que eu te diria boa noite até que amanhecesse o dia.”

            Obrigada Srta.

      • Elisa, tu é a maior mulher de malandro, né? Diz aí kkkkkkkkkk
        Acho que isso tem a ver com seu forte problema com autoestima.
        Tudo isso q vc tá falando q “Mulher gosta”, na boa, é só mulher com baixa autoestima “que gosta”

        ´É como se vc achasse q um cara legal, que um cara romântico é besta, entende? (não exatamente essa palavra, mas acho que deu pra entender). Daí fica como se vc não achasse ele grandes coisas justamente por VOCÊ não se achar grandes coisas e ele estar correndo atrás d vc, entende?
        Agora se vc se acha “um mulherão da porra”, vc achará normal um cara ser romântico e se sacrificar. Afinal de contas vc não é qualquer mulher mesmo.

        É tudo inconsciente, mas pense a respeito. E toma muito cuidado ao falar por todas, as pessoas não são vc. E esse cara q vc indica pra todo mundo é o maior cuzão kkk
        Sorte q eu não to solteira, vc está. Então, toma muito cuidado com oq vc “ensina e manda todo mundo ler”, pode voltar contra vc q está “solteira e procurando alguém”, entende?
        Cuide da sua autoestima mulher. Sua mente está completamente intoxicada.

        • Elisa

          Eu não sou mulher de malandro. Enfim, não vou sair do armário de novo. Percebi esse comportamento nas outras garotas, entende?

          • Eu acho q vc está falando muito mais sobre vc, do que sobre as outras garotas.

      • O Thiago é extremamente amoroso comigo 24 horas por dia.
        E esses dias quis transar ocm ele o dia todo, e sabe pq?
        PQ ELE LIMPOU A CASA KKKKKKKKKKKKKKKKKK Até comentei na fanpage q acho q tenho fetiche com isso, só pode kkkk
        Ele mesmo já reparou isso, tem dia q to bem safada e é sempre um dia q ele foi carinhoso comigo, que me agradou em algo, etc. Acho que aprendi isso com meu pai (como era seu pai Elisa? Com sua mae e tals? E com vcs filhos? Isso conta muito pra gente).
        Fale por vc, Elisa. Pare de criar um mundo tóxico só pq vc está tóxica. Não queira adoecer o mundo só pq vc está doente (não me interprete mal nessa parte, ok?)
        E pare de falar desse Alita que é outro traumatizado na vida, parece a Hada com o outro livro lá. Vc tem q ler é um livro sobre “como parar d ser mulher de malandro”, “como parar de ser tóxica para si mesma” e fundamentalmente, “como elevar a própria autoestima e se sentir merecedora de todo amor do mundo”.

        • Elisa

          O relacionamento dos meus pais foi uma merda. Meu pai foi um tremendo galinha com minha mãe, que teve que segurar a onda em casa porque eramos pequenos.

          • Sabia!
            Vc precisa mesmo de terapia, Elisa
            Eu imaginei q o relacionamento dos seus pais foi uma bela bosta até nesse sentido. E imaginei tb q seu pai foi um galinha, faz muito sentido mesmo.
            Meu pai é um cara legal, carismático, prestativo, baixinho e careca!
            Cara, oq tem d mulher uqe dá mole pro meu pai, vc ficaria chocada!!! kkkkkkkkkkkkk Minha mãe fica doida! kkk Até pq minha mãe é meio ciumenta
            Mulher, nas festas vc tem q ver kkk O baixinho bota um monte d grandão bonito no chinelo kkk
            É que tem homem q é retardado, é diferente. Meu pai é um homem BOM. É extremamente inteligente, brincalhão, cuidadoso, carinhoso. Agora quando precisa ele puxa a orelha da gente, chama atenção. Tem dia q tenho até q desligar o telefone d tanto q ele tá puxando a minha orelha kkkk
            Isso pra mim é ser um homão da porra e, desde então, vejo o mundo assim. O homem tem q cuidar da mulher e a mulher do homem. Tem q dar sexo, carinho, chamar atenção, mas ser uma pessoa cruel? Jamais
            Lembre-se do meu pai ao se lembrar do seu. Quem sabe ajuda nem q seja minimamente

          • Omagnífico

            Se o assunto é pai canalha, posso participar?

          • Manda ver kkkk

          • Omagnífico

            Nah, deixa o canalha em SC. Nunca esteve presente, depois de começar a pesar a idade, é sempre a mesma história.

          • O negócio foi feio mesmo. Mas olha, se inspire para ser diferente dele e já use isso como algo de bom que te aconteceu.
            É como dizem, as vezes a gente precisa do ruim para entendermos o bom, entende?

          • Omagnífico

            O canalha largou minha mãe com duas crianças, anos depois viemos pra SP pra reconstruirmos nossa família, e o safado ainda tenta influenciar minha mãe e minha irmã mais velha (e ainda consegue) depois de falhar com o papel dele? Realmente, vemos o ruim pra entender o bom. Eu não vejo nada de bom nele pra seguir de exemplo, e olha que ele é bem sucedido. Talvez por isso cada cafajeste que eu vejo eu tenho vontade de esganar, mas eu serei diferente. E eu esfregarei na cara desse canalha que iludiu minha mãe que homem de verdade é o oposto dessa desgraça de homem que ele é.

          • Gravei um vídeo sobre esses assuntos d família, entre outras coisas.
            Espero não demorar pra postar, mas de fato, me choca saber como a família geralmente tem a ver com a cabeça de pessoas que pensam como vc =(
            O lado bom é que sinto que, aos poucos, vc já está dissociando as coisas. Daí fica mais fácil ser o bom exemplo
            vai dar tudo certo s2

          • Omagnífico

            S2

    • Mariana Cobra

      Sua mãe é vagabunda, suas tias são vagabundas, sua irmã, prima, avó tbm….é isso?

      Cara, não culpe as mulheres pelos seus próprios fracassos. Obviamente tem mta gente ruim nesse mundo (homens e mulheres), vai de cada um ter um bom filtro para se esquivar das tranqueiras.

      Segundo ponto, vc disse que seu primo já teve 6 relacionamentos e que foi abandonado e traído. O problema é ele que provavelmente transa mal ou as mulheres?
      Não basta ser bonzinho, assim como não basta a mulher ser boazinha e sonsa.

      Qdo vc parar de culpabilizar terceiros pelos próprios fracassos e fizer uma auto análise de onde vem errando (provável que as suas escolhas não foram boas) aí sim a luz da sabedoria descerá sob seus olhos. Ouvi um amém?

      • Logan Chigurg

        Olha “Cobra”, não ia responder vc sobre o que li sobre minha mae, e etc etc., eu jamais falaria um ai dessas mulheres e pra mim são as melhores pessoas do mundo, mas ta aí. Eu sempre me referi a gurias pra dar uns pegas/namorar/casar e não sobre o tricô da minha vó ou o chá das 5 da minha mãe, ok! Bom, se meu primo fode mal, num sei, mas é fato que o que fez ele levar corno foi ele querer bancar demais o Dom Juan, pois como falei no meu texto, mulher adora altos e BAIXOS.

        Outra coisa, vc não me conhece pra afirmar com categoria que eu tenho fracassos, tá mais é parecendo que a carapuça serviu e doeu lá no fundo do peito. A minha namorada atual é, de longe, a melhor dessas poucas pessoas que achei que valem a pena. E olha, vivo falando em outras respostas minhas por aí que eu não sou suficiente pra ela, não culpo ninguém por fracasso nenhum. Abçs.

    • Nunca vou tirar alguém do blog por pensar diferente, só tiro se:

      1- A pessoa não tiver respeito
      2- Se a pessoa SÓ falar sobre o mesmo assunto sempre e em todos os posts (e isso independe do assunto)
      O motivo é q é chato pra caramba e vc ha de concordar comigo kkkkkkk E claro, vira spam

      Por fim:

      “quer homem que respeite e blablablá, até tem mesmo, mas na minha experiência de vida, achei umas duas ou três num mar de umas 5 mil”

      Isso é verdade, concordo totalmente contigo, mas infelizmente, não vale para a mulher: vale para boa parte da humanidade que, infelizmente, está sofrendo do “mal da Elisa”. Estão tóxicos, pessimistas, acreditando que todo mundo é assim, “falando que tem q ser assim mesmo pq é assim q funciona” e aí é claro que só atraem isso mesmo.

      E outra coisa que tava conversando com uma amiga:

      Essas pessoas que gostam de “malandros/malandras” não devem ser pessoas q querem crescer na vida, ou fala que querem, mas colocam “o relacionamento sempre antes”.

      Tem um cara que atendo que é rico, ok, daí ele tá sofrendo na mao de uma “malandra”. Perguntei pra ele o quanto o rendimento dele caiu e ele respondeu (claro) que um horror! Ele está ficando “mais pobre” pq aquela mulher está acabando com a vida dele .

      O mesmo vale para “Mulheres de malandros”. Pra mim, são mulheres que ou não querem, ou vão estagnar na vida justamente por se alimentaram desse tipo de “amor,” que por sinal, é oq elas acham q elas merecem. É oq eu falo, falta de autoestima está virando um problema d saúde pública. As pessoas estão acabando umas com as outras, não se preocupam mais com o bem estar do outro, nem com O PRÓPRIO! (olha isso). Elas vivem para causar tormenta mental no próximo, e sabe pq? Pq elas tem medo de dar e receber amor! Medo d serem amadas e sabe pq? Pq elas precisam comer bosta para se sentirem vivas.

      Agora quando vc acha q merece ser feliz, que merece dar e receber todo amor do mundo, vc simplesmente não aceita pessoas que “d baixa vibração” pq não faz sentido. Simples assim.

      Agora já viu como tem gente q só vive “pra ser caça ou caçador”? Dai fica velho pobre eo/ou depressivo e infelizmente e não sabe o pq

      Ora, não sabe mesmo?

      • MHolmes

        Exatamente! Desde o final de 2015 tento sair de padrões tóxicos de relacionamento por eu sofrer de baixa autoestima. Tem sido muito complicado, ainda mais que voltei a ficar mais perto da família e as palavras deles ainda tem algum poder sobre a minha vida. Aos poucos estou aprendendo a lidar com isso (com terapia e compreensão da perspectiva de vida deles).

      • Logan Chigurg

        Cara Luiza, muito obrigado pela sua resposta super explicativa e respeitosa. Agradeço por responder tão claramente e exemplificar uma coisa que eu realmente deixei de falar, talvez por a postagem se tratar especificamente de mulheres, mas é FATO que a macharada toda também sofre muito desse mal da humanidade que vc chama de mal da Elisa. Ah e sim concordo com vc que quem se repete o tempo todo é chato demais kkkk, agora até preocupei um pouco rsrsrs. Bom final de semana pra vc!

        • De nada e não perca a fé.
          Bom findi pra vc tb! o/

  • Franciele

    Leitor, tu foi excelente em não se deixar vitimizar pelas sequelas de tudo o que te aconteceu fisicamente, só falta fazer o mesmo no âmbito emocional.
    Quando ficamos muito tempo sozinhos, e eu nunca namorei então sei do que estou falando, tendemos a pensar que tem algo errado conosco, o que uma boa autoimagem costuma resolver, ou incorrer em generalizações, cheias de amargura, dirigidas aos outros.
    Mas sabe de uma cisa coisa, do mesmo modo que não somos obrigados a aceitar o que aparece, só por ser melhor que nada, os outros não tem a menor obrigação de atender aos nossos requisitos e, como ter critérios fatalmente limita as opções, nos resta ir a lugares que gostamos, estar nos ambientes, virtuais inclusive, que nos sentimos confortáveis, não criar expectativa de encontrar alguém a cada quebra de rotina e ser minimamente receptivo quando aparecer alguém, bem como, resiliente e grato quando acontecer de concluir que ainda não foi dessa vez.
    Claro que agir assim não vai trazer a pessoa amada em 3, 30 ou 300 dias, mas garantirá paz de espírito e evitará as armadilhas da projeção.

    • Elisa

      Franciele, às vezes, eu tenho a impressão de que vc é muito exigente, Se solta e, mais, não fique só esperando o cara aparecer, tome a iniciativa também. Não dá pra gente afirmar com tanta segurança assim, com pouco diálogo, se aquela pessoa é ou não a certa pra gente. Não acredito muito em pré-requisitos porque acho que a atração e a paixão ocorrem naturalmente. Acredite, vc não vai se apaixonar por uma pessoa perfeita que será capaz de realizar todos os seus desejos e anseios. É exatamente o contrário kkkk Você se apaixona por uma pessoa normal, que é como vc, como eu, que tem as aspirações dela, assim como vc tem as suas, e que é capaz de atender parte dos seus requisitos, mas apenas uma parte. Não seja, assim, tão exigente. Você é do Escolhi Esperar?

      • Franciele

        Deus me livre da castração psicológica da qual são vítimas católicos, evangélicos, judeus e muçulmanos, fazendo as pessoas casarem para tranzar e não porque a relação chegou a certo grau de maturidade; se tu observar meus comentários, sempre falo duma perspectiva de namoro longo, iniciado ainda na adolescência, o que não combina com esse dogma.
        Além do mais, minha religião preconiza que o sexo, assim como inteligência e raciocínio são dons de Deus, que devem ser usados sim, e com gosto, mas com respeito por si mesmo e pelos outros.
        Desse modo vivo minha sexualidade sem problemas, mas quando se trata de contato com outro, só consigo sem risco emocional envolvido, com um profissional por exemplo, ou após firmar um vínculo de admiração e perspectiva de futuro juntos.
        Quanto a forma de agir, continuarei me comportando da forma como sempre fiz, porque, o carinha que eu dispensei aos 13, por não saber que faculdade cursaria, aos 17 ainda não sabia, e como a indecisão dele me afetaria se estivéssemos namorando, resultaria em cobranças; o cara que eu dispensei aos 16, por querer só sexo e não ter um bom direcionamento na vida, até hoje não se firmou em um relacionamento, e hoje trabalha despachando bagagem no aeroporto de Brasília por puro comodismo; o guri que eu dispensei numa viagem da faculdade, porque queria andar abraçado sem nem saber meu nome direito, acabei sabendo que tinha namorada desde aquela época; o rapaz que conheci no estágio, mas algo quase extra físico me apitava sinal de perigo, quando pegou a carteira da ordem, passou a agir como um rei deixando de falar com os próprios amigos, demonstrando que um relacionamento entre nós seria competitivo de modo doentil; e, por fim, o cara que eu dispensei recentemente, por conta do passado, acabou me provando, numa situação que precisei muito da ajuda dele, que não cuidaria de mim.
        Já ajudei muita gente como amiga, sobretudo no âmbito das escolhas profissionais, mas nunca consegui sentir admiração e orgulho de alguém para ser namorada.
        Não faço a menor questão de criar uma ilusão sobre alguém, para vê-la desfazer-se sobre o próprio peso, mais conhecida como paixão, e procuro alguém que, como eu, sempre teve critérios na escolha de parceiro, e portanto poucas parceiras, que tenha certeza de não querer filhos, que tenha facilidade de definir objetivos e que nunca tenha morado junto com namorada ou esposa. Caso não encontre, fico sozinha, até porque, ao perceber que falta um ou alguns, perco o tesão na pessoa, e sem isso não tem como ter algo mais que amizade.

        • Elisa

          Pensei que seus critérios fossem mais dogmáticos como os de uma conhecida minha. Ela é evangélica, por isso, pensei que esse seria o seu caso, isto é, de puro extremismo. Por isso, perguntei se vc pertencia ao Escolhi Esperar. Acho que as pessoas estão me mal interpretando.

          • Franciele

            Muito triste isso, alguém ser induzido a acreditar que existe uma escolha de vida destituída de riscos; depois o casamento de acordo com a “lei de Deus”, que estranhamente não funciona igual pra todo mundo, não dá certo, e os oficiantes dizem que a culpa é do casal que deve ter feito algo errado.
            Pior é saber que no original grego da bíblia não tem nada disso, mas cada um escolhe no que acredita.

          • Elisa

            Tb acho muito destrutivo. Pior é dar tanto peso assim às palavras de um pastor ou lider relgioso qualquer, a gente nem sabe com que intenção ele está falando tal ou qual coisa. Lembro-me de um pastor que queria empurrar um amigo da obra dele pra minha irmã, dizendo que era obra de Deus e etc, só que aí depois minha irmã ficou sabendo que ele só queria casar o amigo dele com qualquer mulher aí pra ele poder ascender à condição de pastor ao invés de ser obreiro. Nossa, muito mal caratismo. Tem muito “mandamento” aí nas Igrejas que não está presente na Bíblia: Escolhi Esperar, sacrifícios financeiros, teoria da predestinação, teologia da prosperidade, a lista é longa.

        • Pudim

          Olhando rápido a gente pode pensar que você é exigente, Franciele, mas não é. Você procura alguém que te complete, que seja seu companheiro e que queira evoluir como e junto com você.

    • Mariana Cobra

      É isso aí Fran. Quanto mais vc correr atrás, mais tonto pode ficar. A pessoa tem que estar aberta a novas possibilidades sempre e em todos os aspectos da vida, não só focar no pessoal/amoroso, mas desenvolver com plenitude o geralzão.
      Se aparecer alguém bacana BEM, se não, tá bem tbm.
      O ruim é se unir a qualquer um só pra não morrer sozinha sendo a tia louca dos gatos.

  • Omagnífico

    Moço, deixa isso quieto. Vale a pena não, sem sacanagem.

  • “Por que as mulheres gostam de homens bons, trabalhadores, mas na hora do “bem bom”, só dão pros vagabundos.”

    O homem quando é bom e trabalhador na hora do “bem bom” ele costuma querer ser bom também e o erro está justamente ai.
    Seja bom, seja trabalhador, mas na hora da conquista, na hora do sexo, você tem que ser um predador, um bandido, um canalha que quer abusar da mulher.
    No momento da conquista e do sexo você precisa ser temido e aquela aura de bonzinho precisa ser deixada de lado. Isso precisa ficar bastante evidente para as mulheres que lhe conhecem.

    Algo assim na mente das mulheres: “Aquele ali é o Tuninho, um homem estudado, educado, um bom partido. Mesmo com algumas dificuldades físicas ele é um terror sexual, se bobear ele não perdoa não.”

    E não é só implantar isso na mente das mulheres, se alguma “cair no seu colo”, ai você tem que partir para cima como um leão na savana. “Tome essa fêmea para você.”

    Conquistou, abusou sexualmente, ai você volta a ser bonzinho e envia flores e presentes para a moça, mas deixando evidente que você é um predador insaciável e que se ela não lhe der atenção, você atacará outras.

    • Elisa

      EXATAMENTE!!!! Ela não pode sentir que tem vc na mão.

  • Pudim

    Uai, cadê o reply que dei à Franciele? Cadê o Disqus?

    Que bruxaria você fez aqui, Elvira? Ops, quero dizer, Luiza? =P

  • Stanley Lewis

    Muita mulher vai atrás de cafajeste porque elas gostam da ‘pegada’, acho que se você quer sair com uma dessas mulheres mesmo sendo um “cara bonzinho”, você deve se comportar como um cafajeste apenas em momentos oportunos, como na hora do sexo, em alguns momentos durante o dia, na hora da conquista e tal. É claro que também existem as mulheres que não gostam de cafajestes, mas ao que parece, essas não te atraem kkkkk

  • Ex – trouxedor

    Cara, você não vai conseguir namorada por estar mentindo!

    “pois ela quis fazer uma estripulia e eu estava quase dormindo, e só senti a dor e o estalo.”

    Você acha que as mulheres vão acreditar nessa estória?