Será que todo homem pensa que casamento sem sexo não tem valor?

18

Leitora: Boa tarde Luiza, sempre acompanho vc na rede social e hoje eu preciso desabafar e talvez de um conselho. Eu tenho 38 anos e meu esposo 42 anos, somos casados há 19 anos, tivemos muitas desavenças mas nada que não fosse resolvido. 

O maior problema é que as briguinhas sempre foram por causa de sexo, mas com o passar do tempo, ele viu que não adiantava pq ele ficava sem do mesmo jeito. Detesto fazer sob pressão.

Recentemente, um final de semana depois de ter passado o dia em uma chácara com colegas de futebol, à noite chegando em casa e depois de um banho, ele queria sexo, mas aquele horário (20:30) não dava, pois tenho filhos e como eles estavam fora o dia todo podiam chegar a qualquer hora e então falei que esperasse um pouco mais tarde que eu não queria fazer com pressa, então ele fechou a cara e me deu as costas, não falou mais comigo naquela noite e eu tbm não me importei, achei aquilo ridículo, parecia uma criança mimada.

Na segunda, levantei cedo pra ir trabalhar com aquilo na cabeça e fiquei pensando como pode reagir dessa forma achando que eu teria que fazer algo só pq ele queria. E minha vontade onde fica? Então passou o dia todo sem uma mensagem nem nada e quando cheguei em casa à noite, ele me manda mensagem com carinha de bravo e perguntei o q aconteceu, ele diz que à noite não teve nada e que não iria insistir, e com o andar das conversas deu a impressão que ele estava me culpando por algo, sendo que foi ele quem me deu as costas. Ele virou a cara pra mim, tentei fazer ele enxergar que ele podia muito bem esperar mais duas horas que não custava nada. Disse ainda que o sexo não tá bom, que não iria ficar insistindo. Reconheço que ultimamente não tá 100% devido ao meu hipertireoidismo, deu uma despencada nos meus hormônios, mas o modo como reage não vai me ajudar.

E hoje, ele fala que vai sair de casa, que vai me dar o divórcio, que vai ficar na dele, que não vai insistir que eu poderia ficar tranquila. É isso mesmo que o casamento depende, só de sexo, que se não tiver não tem valor? Será que todos os homens pensam assim? Final de semana vamos discutir esse assunto e ver no que dá. Alguém já passou por isso e como resolveu esse assunto? 

Obrigada.

Será que todo homem pensa que casamento sem sexo não tem valor?

Eu não sei “se só homem pensa que sem sexo casamento não tem valor”, mas eu como mulher, acho que o sexo conta mais de 50%. E nem é o sexo pelo sexo, sabe? Acho que “sexo por sexo” geral pode ir pro puteiro que não tem problema. Mas sim sexo com a alma, com alguém que você gosta, etc, entende? Tenho certeza que o sexo não-mecânico com amor é um dos maiores energéticos e fortalecedores de laços entre um casal que existe.

Mas é só isso que fortalece, Luiza?

Claro que não! Amizade e parceria também contam, porém, é como você mesma disse: se seu marido parece uma criança birrenta e vocês não conseguem conversar (sem brigar ou ficar de mal) é porque amigos vocês também não são, concorda comigo? Com três dos pilares básicos desgastados, restam duas opções: divórcio, ou terapia de casal CASO ainda se amem. Do contrário, é tempo e dinheiro jogado fora e nem precisam começar.

Em paralelo a isso, eu, Luiza, acho que os dois estão errados. Vou tentar dar meus motivos, os comentaristas darão as análises deles e você faz como achar melhor, combinado assim? Vamos lá:

Motivos que me fazem achar que você está errada:

Você visivelmente não gosta de transar com seu marido. Possivelmente, nunca gostou (muitoooo), e com os anos, está apenas piorando.

Se pergunte e analise bem todas as suas respostas:

Você já chegou ao orgasmo?

Se sim, é a raridade ou a exceção entre vocês?

Caso você não consiga chegar ao orgasmo em ao menos 90% das vezes (mas eu queria 100%, heim kkkk), me procure para consultas particulares que tenho certeza que posso te ajudar. Não adianta querer que te conheçam se nem você mesma se conhece.

Se você chega, diria que é seu marido “que manda mal”?

Questione os erros dele:

Ele transa que nem cachorro (grande mal do pornô)?

Converse com ele: um pouco mais devagar e intenso, baby.

Goza sempre antes de você?

Seja clara e peça para procurar um urologista + estudar técnicas para retardar a ejaculação precoce.

Use essa mesma lógica para dar diretamente – e educadamente – todos os norteadores que ele precisa. Pense que é melhor ele se emburrar porque ouviu umas verdades (mesmo que na educação), porém, depois aprender a fazer gostoso para assim você poder gostar gozar também, do que acabarem se divorciando “só” por causa de sexo. Digo “só” porque apesar do sexo ser muito importante, dá pra aprender a fazer – caso os dois estejam realmente dispostos a conversar abertamente sobre os próprios defeitos – sem levar pro pessoal. E se prepare para ouvir as verdades do moço também, heim? Nada de querer revidar e justificar tudo.

Não seja cansativa como ele.

Quanto à sua doença, a gente sabe que tomando os remédios tudo se normaliza, não sabe? Conheço mulheres com o mesmo problema que o seu que transam normalmente e acredito que você deva conhecer também.

De qualquer forma, se você realmente quer salvar o seu casamento, procure todos os profissionais que você puder, inclusive ginecologistas e faça um diagnóstico total sobre a sua libido, porque nada nunca é “uma coisa só”. Se tiver plano de saúde, melhor ainda, porque dá pra abusar um pouco mais.

Sem contar que a gente sabe que, em geral, essa de colocar muito a culpa nos horários, nos filhos e em sei lá mais o quê, é muito mais porque a gente não quer, do que porque todos esses empecilhos realmente existam.

Com a periquita quente, tu se trancava no banheiro com o maridão e mandava ver kkkk. Daí era só ficar atenta ao barulho do portão e das portas pra caso alguém chegar. Pode até ser excitante e tirar vocês um pouco da rotina. Pense!

Mas quem não quer inventa desculpas…

Motivos que me fazem achar que seu marido está errado:

Já aviso que não pretendo falar muito sobre ele, até porque você quem me procurou, não ele. Porém, concordo que de fato ele tem sido uma criança bem birrenta (e chata kkk). Quis te forçar a fazer mais sexo e tudo que conseguiu foi te fazer chegar a zero libido de vez.

Nisso a gente conclui, mais uma vez, que o jeito é seguir as dicas que te dei, enquanto tenta não se culpar ou culpá-lo por tudo.

Ensine ele a te chupar (muitos não sabem, mas aprendem fácil).

Ensine ele a tocar em você. Bote a mão dele na sua bunda mesmo, se esfregue nele, peça carinho nas costas. Sei lá, do que você gosta? É SEU MARIDO!

Não tenha medo de gemer, de gozar, de gostar. Deixe ele ter o prazer de saber quando também está fazendo certo também.

Seja aquela professorinha gostosinha, aquela que ele vai pedir pra próxima aula.

Mexa seu quadril, mude a posição da boca dele. E pra isso, nem sempre precisará usar a voz: movimentos e gemidos dizem muito, mesmo sem você querer dizer uma palavra. Basta se permitir ser um livro aberto nessas horas.

Penetração?

Se tiver indo forte demais, segure um pouco o cabra. Tudo delicadamente, enquanto mexe os quadris para um jeito que você gosta. Em geral, é só não fazer as caras de bunda que ele faz, que ele aprende.

Ensine seu marido a transar contigo e aprenda a transar com ele que vai dar tudo certo. Só que, para resolver todo e qualquer problema na vida, é necessário aprender a conversar antes.

Boa sorte e até amanhã,

Lu

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.

  • Gaia

    Sexo não é tudo numa relação, mas é uma parte importante dela. Não se vive uma relação feita só de sexo, mas sem ele vc vive uma relação de amizade com abstinência forçada!

    Entendo que ele não está agindo da melhor maneira a te dar vontade, pressão nunca ajuda e realmente vc não é obrigada, e bem deve, trancar sem vontade. Fazer isso seria um desrespeito a si mesma. Além disso, tem o problema do hipotireoidismo que exige uma readaptação que pode acabar com a libido mesmo.
    Mas vc explicou essas coisas para ele? Deixou claro o que sente?
    É já tentou se colocar na situação dele? De querer muito algo que te faz bem sendo sempre negado? É meio frustrante isso. E para quem é muito sexual, pode significar um sacrifício além do que ele é capaz de fazer. E não aguentar ficar sem não o torna uma pessoa melhor ou pior, apenas uma pessoa incompatível com vc, algo que infelizmente acontece muitas vezes. E pelo visto, já que ele pediu a separação, é o que vem sentindo, que para ele não dá mais. Ao menos ele está tomando uma atitude ao invés de se acomodar na situação e te trair.
    Agora vc tem que pensar se há uma forma de conciliar isso sem que nenhum dos dois fique infeliz por ter que fazer/se privar do sexo apenas pelo outro, ignorando a própria vontade. Converse com ele, escute-o e fale também, mas sem acusações. Talvez vcs achem uma solução.
    Também seria bom ir no ginecologista ver essa questão da sua libido. E se for o caso de vc realmente não ter essa necessidade, talvez a separação possa ser meio radical, mas talvez seja a forma mais saudável de resolver o problema de ambos, afinal, adianta ficar junto quando um dos dois está infeliz?

  • Franciele

    Leitora, penso que para conseguir solucionar esse problema, que na verdade é só o sintoma de muitas outras coisas, tu precisa analisar teu contexto.
    Como é a tua relação com o exercício da são funciona.
    Por fim, tu reclamou que, após tua negativa, ele ficou o dia todo sem mandar mensagem, o que me leva a crer que vocês são um casal que gosta de manter contato durante o dia, o que é positivo mas… Quantas dessas mensagens não são meras providências de rotina, sem carinho nem nada que gere proximidade: Como tu costuma reagir as investidas sexuais mais indiretas, como mensagens de elogios do teu marido? Vocês sempre foram incompatíveis nesse âmbito ou isso só ocorre de um tempo pra cá? e, não menos importante, será que tu não pensa, nem que seja no fundo da alma, que “sexo é coisa de homem”?
    Refletir so a qu~ai ajuda a a qu am imda x.exualidade? Tu conhece o próprio corpo, teve um desenvolvimento sexual satisfatório? Considera o sexo algo bom, necessário, interessante, ou existe uma parte de ti, embora escondida por negação, que acha sexo sujo, errado ou necessário apenas para ter filhos? Fiz essas perguntas porque te lendo fiquei com a impressão de estar ouvindo alguém falar das “obrigações de esposa”, com toda objetificação que isso envolve.
    Sobre teu marido: ele sempre foi mais indelicado ao ao falar, impetuoso, ou isso mudou e, em caso de mudança, a partir de quando? É preciso analisar esses aspectos para que tu saiba como falar com ele, afinal, tu me pareceu aquele tipo de pessoa que nunca diz o que quer esperando que algo mude.
    Por fim, tu reclamou da falta de mensagens da parte dele após tua negativa, o que demonstra que vocês gostam de manter contato durante o dia mas… Como tu costuma reagir as iniciativas indiretas do teu marido, como elogios por exemplo? E, não menos importante, será que uma parte oculta de ti, não pensa que “sexo é coisa de homem”?
    Refletir sobre isso vai te ajudar a perceber o que realmente te incomoda e se reflete no sexo

  • Stanley Lewis

    É evidente que vocês dois não estão tendo prazer no sexo, agora resta saber se você está com algum problema de saúde que tenha diminuído sua líbido ou se é o seu marido que não está mais te dando prazer.

    Só acho que sexo não é algo pra se ficar “planejando demais”, é algo pra se fazer no momento que dá vontade, nem que seja uma rapidinha.

    • Logan Chigurg

      cara.. quem quer dá um jeito, quem não quer dá desculpa. essa mina aí do post já vi que é dessas que vivem a dar desculpas… eu não sou o maior comedor do universo mas uma vez estava doido de tesão pela minha namorada, logo no inicio do namoro, ela tava de shortinho jeans q nem era curtão mas sei lá, tava marcando a bunda dela e eu tava querendo comer ela de qualquer jeito, tirei ela da conversa com a vó dela chamando ela pra ver “uma coisa no computador”, assim que ela chegou fechei a porta e ja saí encoxando, elogiando a bunda e tudo q eu tava pensando, ela me deu ali em 3 minutos, no quarto, durante uma reuniao de família, com geral na sala. QUEM QUER DÁ UM JEITO kkkkkkkkkkkkk, quem inventa desculpa fica pra peruca de touro!

      • Primo do Bolsonaro

        Realmente Mulher quando quer dar dar um jeito mesmo,
        Aconteceu comigo o contrário, eu que fui feito de o otário da história. Final do ano passado
        Estava mais de um mês ficando com uma mulher (mulher mesmo, ja dos 30 e com filho, mas por sinal, ela como pessoa, é super gente boa), e nada de rolar um sexo, arrumava desculpa de que não podia deixar o filho pra sair comigo, e na casa dela não dava pq ela mora com os pais, falava pra eu ter paciência, que a gente ia ser muito feliz namorando (sim, ela dizia gostar de mim e que queria levar a coisa adiante).
        Eu sempre tinha q me contentar em ficar q nem namoradinho de 15 anos roubando beijos no portão dela (namoradinho de 15 anos a lá anos 80 e inicio dos anos 90, pq hoje em dia, os casaizinhos, dessa idade já tão trepando pra caralho)
        Só que malandro demais, tbm se atrapalha, um dia tava eu e meu amigo bebendo umas cervejas, e nisso chegou o sobrinho dele é see se juntou a nós na bebedeira e começou aquele assunto de homem sobre Mulher, o sobrinho dele de uns 20 anos, me disse q tava pegando uma mulher já madura na casa dos 30 q mora perto da casa dele, disse pra nós que vira e mexe quando ele vinha da casa da namorada sem trepar com ela, chegava umas meia noite e pouca, uma da manhã, ele tava se aliviando pegando essa mulher, disse q na madruga ela deixava os pais dela e o filho dormindo e dava uma escapadinha pra ir lá dar uma fodinha com ele, aí ele mostrou a conversa dele com a mulher falando que adorava fazer com ele daquele jeito proibido sem ninguém saber, rapá quando vi a mulher, era a q eu estava ficando, tive q ser frio e fiquei na minha, pois o garoto não sabia q eu ficava com ela,
        Eu fiquei foi é puto pra caralho, terminei minhas ficadas com ela e até hoje ela me pergunta o pq de eu ter desistido dela assim do nada, mas eu nunca quis contar pq tbm não vou ser um dedo duro e entregar o moleque, afinal tenho mais é q agradecer ele por me mostrar com quem eu tava me metendo.
        A mulher tava me cozinhando (ainda por cima sem sexo) pra me transformar num futuro companheiro corno enquanto tava dando a beça ao garotão.

        • tu é engraçado assim ao vivo?
          Se sim, t ajuda a conquistar as mulheres?
          Tudo q vc comenta eu rio kkkk
          Gosto da sua sinceridade pra falar das próprias desgraças. Me identifiquei e ninguém me entende kkk
          Tem vídeo meu que tem gente q fica até brava falando q não levei a coisa a sério. Levei uai, só achei engraçado tb kkkkkkkkk
          PS: Pode falar a cidade q vc mora? Ou Estado se for pequena

        • Logan Chigurg

          Amigo, seu erro foi o erro da maioria dos homens, que é se envolver a sério com mãe solteira. Mãe solteira não serve pra outra coisa que não uma foda. Se envolver com essas cobras é um perigo sem volta. Elas te usam apenas com o intuito de ter um provedor financeiro pro filho e pra ela, o sexo é as vadiagens são exclusivas dos cafajestes novinhos que dão no couro e chutam a bunda no dia seguinte. Creio que vc tenha aprendido dá pior maneira, mas aprendeu! Abração

          • Quando vc se apaixonar por uma mãe solteira vai engolir isso tudo a seco kkkk

          • Logan Chigurg

            Oi Luisa

          • Logan Chigurg

            com Z

          • Dá nada, um monte de gente me chama de Luísa, Luisa
            Lu
            Tenho essas frescuras não kkk

          • Primo do Bolsonaro

            É foda, a gente até tenta,
            Por causa de umas, a maioria das mães solteiras pagam o pato pelo motivo q vc disse, grande parte quer só usar o cara pra ser o papaizinho do filho delas, não tão com o cara pq realmente gosta dele.

        • Stanley Lewis

          Tu tava sendo feito de trouxa, mas pelo menos a verdade veio à tona rapidamente, já pensou se tu não soubesse, podia levar a relação com ela pra mais de meses, sendo tapeado e tal..

  • Mariana Cobra

    Essa sua falta de libido não é só questões do seu organismo e diz muito sobre o seu casamento.
    1 – o diálogo de vcs é melindroso;
    2 – não tem um nível mínimo de amizade e parece que ficaram juntos pelos filhos e por falta de coragem de viver plenamente;
    3 – tá parecendo que são 19 anos de sexo ruim;
    4 – qualquer coisa é desculpa pra não transar.

    Parabéns pro seu marido e pela coragem que ele teve em pedir o divórcio, mesmo do jeito errado, ele acertou.

    Essa é uma oportunidade única de ajustarem os pontos que estão soltos há quase duas décadas, resta a saber se vc irá responsabilizar terceiros pelas próprias omissões ou vai pegar o boi pelos chifres e assumir que tá tudo muito ruim e que pra melhorar vai demandar um esforço monstro dos dois.

  • Logan Chigurg

    Leitora, parabéns, vc é candidata a corna, reze a Deus pra não ser eleita!

  • Paulo

    Um fato é q se essa mulher n levou chifre ainda,é só uma questão d tempo,e cm razão.

  • Monfre

    Faço as palavras da Lu:

    “Você visivelmente não gosta de transar com seu marido. Possivelmente, nunca gostou (muitoooo), e com os anos, está apenas piorando.”

  • Daiana

    Essa dúvida da leitora também já me acometeu. Vou relatar aqui a minha experiência, um tanto quanto traumática.

    Me relacionei por 4 anos com o meu ex marido, foram 2 anos de namoro e 2 de casamento. Desde o início, ele sempre se mostrou um pouco viciado em sexo demais para o meu gosto. Enquanto namorávamos, sempre que eu ia a casa dele, era de cueca que ele me esperava. Não existia nos vermos e não transarmos. Queria também sempre fazer sexo anal, mesmo eu dizendo que não gostava (e realmente não curto, sexo pra mim é pra sentir prazer e não dor). Mas nas poucas vezes que eu resolvia liberar, ele parecia sentir muito tesão em me ver sofrendo e com dor. Um dia cheguei a chorar, e só assim ele parou. Nos casamos, e, sem exagero algum, transávamos TODOS OS DIAS. A essa altura, claro que eu já tinha dito a ele que eu não gostava de transar todos os dias. Vira uma obrigação, se torna algo mecânico. Se estou cansada, não sou obrigada a transar só para agradar o bonitão. Eu não fingia nada. Fiz muitas vezes por obrigação e ele sabia disso. Eu só tenho vontade de transar se estou a alguns dias sem fazer nada. Se transei hoje, amanhã nem penso nisso. Mas pra ele, não existia essa opção, era todo dia e ponto final. Antes dele, tive 6 namorados, e posso dizer com propriedade que não era normal um apetite sexual como o dele.

    Durante os 2 anos em que namoramos, terminei com ele 3 vezes, porque ele era bem ciumento. Hoje percebo que homens muito viciados em sexo raramente são fiéis porque uma mulher não é suficiente, por mais que transe sempre. Se traem, normalmente são ciumentos, porque pensam que todos são como eles. Todas as vezes que eu terminava com ele, ele me procurava chorando pedindo pra voltar e eu, levando em conta as qualidades dele (havia muitas, aqui estou relatando a parte ruim do relacionamento), voltava.

    Pois bem, sabem como meu casamento acabou? Por uma mensagem de whatsapp, na qual ele dizia que não ia mais voltar pra casa, que precisava de um tempo e blá blá blá. Quando o questionei, ele simplesmente respondeu: esfriou. Eu respondi, como assim esfriou? Ele disse: “Esfriou, mas não se preocupe, o problema é comigo e não com você”. Falei pra ele que nada tinha esfriado, e que se havia esfriado era o caso dele conversar comigo e expor as insatisfações. E disse também que se todo casamento que estiver “frio” for acabar, não sobra mais nenhum, porque é evidente que os casais passam por fases. Ele simplesmente respondeu: “Não me interessa o que os outros pensam. Não vou ficar num casamento morno porque a sociedade exige”.

    Aceitei, mandei ele à merda e toquei minha vida. Percebi então que, para ele, só o que importava era sexo. Porque apesar de transarmos todo dia, de fato se tornou algo mecânico, justamente por ele não ter levado em conta a minha vontade de mais qualidade e menos quantidade. Nisso, concordo que esfriou. Mas não preciso mencionar que ele jamais conversou comigo sobre mudar algo e sequer foi homem para acabar o casamento olhando na minha cara. Casamento e fidelidade, para um homem assim, é sinônimo de tédio e angústia e como ele não tinha “reais” motivos para terminar tudo, resolveu mandar mensagem feito um moleque de 15 anos (detalhe, ele tinha 31). E olha que durante o namoro, chances e motivos não faltaram para nos separarmos. Mas ele esperou casar, fazer festa e o diabo a quatro pra de repente cansar do casamento e me dar um pé na bunda, sem qualquer briga, crise ou discussão prévia. Esfriou, tchau.

    Tudo isso para dizer que sim, cara leitora, para os homens, sexo tem muito valor no casamento. Mas existem homens que valorizam mais outras coisas, o companheirismo, a amizade, o caráter. Afinal, um dia, todos ficaremos velhos e aí veremos o que sobra. Mas, enquanto jovens, poucos tem maturidade de enxergar isso.

    Agora, obviamente, se seu marido é uma pessoa normal, que não quer te comer 24 horas por dia e 7x por semana, e você nega sexo a ele, ele tem razão de ficar chateado. Mas antes de encarar um divórcio, sobretudo depois de 19 anos, vale a velha e boa conversa, e um pouco de esforço da sua parte em agradá-lo, não sempre que ele quiser, mas de forma equilibrada, ora impondo sua vontade, ora fazendo prevalecer a dele.