Sempre acho que estou sendo traído e feito de palhaço!

13

Leitor: Oi Luiza, estou com um problema em meu namoro, não consigo mais confiar em minha parceira. Estamos juntos há um ano e oito meses e já desconfiei dela algumas vezes, sendo que semana passada foi a última. Ela sempre fica magoada e chora, se sente muito mal por eu não confiar nela e fica indignada por isso, o problema é que sempre encaro tudo como armação. Antes de namorar eu já ficava com uma pulga atrás da orelha sobre mulher (não quero ofender ninguém, me desculpa se o fiz), depois do começo do namoro isso piorou muito.

No início era tudo bem, eu nem chegava a pensar sobre traição, mas com o tempo fui percebendo certas coisas que hoje eu já faço uma tempestade em copo d’água na minha cabeça. Às vezes parece que ela esconde coisas no celular, já ficou também encarando muito um amigo quando saímos todos juntos (meus amigos e as amigas dela). Uma vez estávamos num quarto de motel, daqueles que tem um espelho no teto, ela estava na beirada da cama mexendo no celular e pelo reflexo desse espelho eu vi um par de seios numa mensagem de whatsapp no celular dela, pelo menos foi o que me pareceu na hora, eu já fiquei doido, não no sentido agressivo, mas preocupado, muito preocupado, comecei a questioná-la se manda fotos pra alguém, ela começou a chorar, disse que eu podia ver o celular dela, só que eu não quis (talvez devesse).

Sempre acho que ela está me traindo ou já traiu. Eu tenho muito medo de estar sendo feito de palhaço, acho que todos temos. Ela sempre diz que me ama, que quer casar comigo, sou o amor da vida dela, mas não consigo acreditar mais. Eu me preocupo muito com ela, instigo ela a estudar quando está desanimada, a faço rir, deixo ela desabafar sobre as coisas, eu quero ela bem, e penso que para ela estar bem mesmo basta arrumar alguém melhor que eu, mas não tenho coragem de terminar, ela fica dizendo que não é mais nada sem mim, eu não quero magoar ela com isso ou fazer ela me odiar, mas a magoo só pela questão da desconfiança. Ela não reclama do sexo, do carinho, de nada, somente da desconfiança. Já mexi também no celular dela, depois de um tempo contei e ela ficou muito triste. Sempre digo pra ela que tem muita paciência pra estar comigo até hoje, mas nisso acabo acreditando que é tudo armação, mentira. Durante a semana ela é diferente comigo, parece que esquece de mim, mas ela diz que é porque tem muita coisa pra estudar, tem muito o que fazer, fica quase o dia inteiro na faculdade. Eu fico com muita dor de cabeça pensando sobre tudo isso, não consigo estudar, não consigo trabalhar, não consigo fazer nada. Por favor me responda, estou precisando muito de ajuda. Obrigado.

Sempre acho que estou sendo traído

“Não consigo estudar, não consigo trabalhar, não consigo fazer nada”.

Meu amigo, como você mesmo já deve ter percebido, você está doente. E nisso, pouco importa se ela está te traindo, se já te traiu ou se é a mais fiel do mundo: você está perdendo a sua paz, está se tornando uma pessoa insuportável e isso não é legal.

Se você não confia nas mulheres, por que namora uma? Você concorda comigo que, por mais que você a ame (não chamo isso que você sente de amor), é melhor você ter paz do que tirar a sua paz e a das outras pessoas? Até porque se você mesmo diz que a ama, você quer ver quem você ama infeliz? Acho que não.

Por sua vez, eu até poderia dizer que essa garota te ama de verdade e é por isso que te “suporta”. Porém, a única coisa que tenho a dizer é que ela pode não só estar tão doente quanto você, como tão acostumada com um relacionamento tóxico que nem percebe mais a merda de vida que você a colocou e SE colocou.

Sem contar que, se ela também se amasse, não aceitaria um amor tóxico assim e te colocaria limites. E aí, por mais que isso soe clichê, se quem não se ama dificilmente conseguiria amar alguém (ao menos não de forma positiva e “progressista”), a gente já consegue tirar muita coisa dessa situação.

“Mas Luiza, eu tenho medo de ser feito de palhaço”.

Amigo, e medo de ser infeliz, você não tem não? Tu prefere ser o “não corno” mais infeliz, controlador do mundo, ou “um corno” que ao menos foi feliz e foi um bom namorado (que alívio tirar esse peso de si mesmo, heim?) e terminou na mesma hora em que descobriu um erro que foi DELA, não seu, pra você ter que se preocupar de véspera? Ou por acaso você trai um horror e acha que todo mundo vale tanto quanto você?

Ter autocrítica nessas horas é fundamental também.

Se ainda não te convenci, vamos mudar os exemplos:

Supondo que sua namorada te traia, ela não só vai continuar traindo, como também poderá alegar ter mais motivos ainda pra trair, visto que você é um baita de um cuzão inseguro que já perdeu parte do seu charme por ser tão controlador, entende?

Sem contar essa do “ACHO” que ela estava vendo peitos pelo whatsapp. Migo, pare com isso. Até porque mesmo SE fossem peitos, agora isso é traição, é? Eu mesma vejo altos que me mandam e tenho certeza que você vê suas pepekinhas também, até quando você não quer ver. Então, com todo respeito, se poupe, nos poupe e não seja tão hipócrita nesse ponto.

De qualquer forma, seja lá o que esteja acontecendo, se você NUNCA terá certeza sobre nada na vida, nem se estará vivo amanha, relaxe e goze. Daí SEEEEEEEE um dia você for traído, você decide o que faz. Não seja aquele ser humano que usa os outros como lixos dos seus medos e frustrações, mas sim alguém que luta todos os dias para vencer as próprias fraquezas, sem ter que atrapalhar ninguém.

Se mesmo assim for difícil você absorver, me procure para consultas particulares, ou simplesmente termine com a sua namorada, porque ninguém merece viver em um relacionamento onde a BASE, que é a confiança, já não existe mais.

Sem contar que, se ninguém é obrigado a nada, tem que ser muito burro pra namorar e ter como maior preocupação da vida o medo de ser corno ou não. E medo de ser mal sucedido no trabalho, de ficar pobre e ainda inutilizar um dia por vez, você não tem não? Eu no seu lugar mudaria minhas preocupações e procuraria ter mais o que fazer. Até porque seu mundo é maior do que você e ela, né não?

Boa sorte.

Luiza

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.