Será que ela se arrependerá por ter me trocado por outro?

12

Antes de começar esse post, gostaria de dizer que hoje terá, fora esse post, um vídeo à noite. O blog passou por um momento de migração, mas agora está tudo certo.

************

Leitor: Sou casado há 8 anos, (temos 30 anos de idade), sempre nos demos muito bem, de verdade e sem demagogia, até porque eu era melhor amigo dela. Acontece que esses dias ela me disse que está envolvida emocionalmente com um ex-colega de serviço (um baque pra mim) e disse que quer terminar nosso casamento para estar com ele (disse ter certeza desse sentimento). Eu, nesses 8 anos, sempre fui presente em TUDO, acontece que nos últimos 6 meses tive que trabalhar fora da cidade, e ir de vez em quando para casa, por isso imagino ser apenas algo passageiro. Tenho receio de tocar minha vida adiante e ela vir arrependida depois. Há alguma chance disso acontecer? Devo tocar minha vida sem pensar nisso (o que é impossível no momento). Ajude-me a entender isso por favor.

Existe uma diferença nítida entre homens e mulheres nesse assunto de terminar um casamento. Em geral, elas são muito mais corajosas do que eles e, como resultado disso, muitas acabam sendo muito felizes e dando graças a Deus pela troca – enquanto outros homens carregam o peso de continuarem casados com alguém que não amam, etc, para a vida inteira. PORÉM, algumas mulheres também são sim impulsivas e acabam se arrependendo no futuro de terem “ouvido apenas o coração” . Só que assim, sabe quando é que você descobrirá qual é o caso que sua ex se encaixará?

Talvez nunca, OU apenas com o tempo. E como não sabemos se esse tempo será mês que vem ou daqui a 10 anos, será minimamente inteligente optar por continuar seguindo a sua vida, daí SEEEE um dia dela se arrepender da troca, você pensa no que fazer. Até porque você não poderá forçá-la a mudar as escolhas já feitas pela mesma e isso é óbvio.

Com isso quero dizer que você tem o direito de sofrer, porém, se não souber diferenciar as mais diversas áreas da sua vida + dar apenas o peso necessário para cada uma delas, será ladeira abaixo.

Entenda que a sua felicidade jamais poderá depender apenas de estar (ou não) com seu grande amor, de ser casado ou divorciado, ou de ter ou não dinheiro. Enfim, apenas exemplos figurativos para você entender que, tal como todo ser humano, precisará equilibrar a vida no máximo que der e, assim, aproveitar um dia por vez. Sem querer atropelar tudo ao tentar prever se ela se arrependerá ou não pela troca e demais coisas que, sinceramente? Nós dois sabemos que não te levarão a nada. Muito menos mudarão a realidade que ambos vivem HOJE.

Obviamente que, como você possui um cérebro + um coração, não dará para se esquecer da dor de um dia pro outro. Então, chore no cantinho sim e entenda que também existirão recaídas.

Porém, faça como a Lu ao menos tenta: sangre de um lado, mas trabalhe e lute para ser feliz do outro. Os resultados são ótimos porque ao fazer isso, dificilmente alguém acabará com o seu dia e, mesmo que você chore e sofra todos os dias, nunca será pelas 24 horas do mesmo.

Para relaxar ainda mais, pense também que você já fez tudo que pôde. Que você seguiu o seu coração. Que você foi um bom marido + demais coisas que estavam no seu alcance. Agora, só te resta respeitar que ela também tem o direito de seguir o coração dela e ao menos tentar viver a vida que ela deseja no momento.

Não sou a melhor pessoa do mundo, mas no seu lugar, oraria pra Deus pra me dar força para suportar todos esses dias. E que se for para o bem de ambos, que ele nos toque para um reencontro. Só que enquanto isso não acontece, que não só ela, como eu também consiga ser muito feliz.

Parece demagogia, mas pra mim essa é uma verdade absoluta que sempre funcionou na minha vida:

1- Não torça para o relacionamento dela dar errado.

2- Não torça (e nem se preocupe) se ela vai te procurar ou não.

3- Mas torça, sim, para Deus iluminar a mente e o coração de todos os envolvidos. A começar pelo seu.

E sabe de outro lado bom? Agora a bola tá com ela e esse deve ser mais um motivo para você ficar em paz. E claro, procurar ajuda psicológica se julgar necessário.

Até amanhã,

Luiza

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.