Sou um homem heterossexual, porém, sinto atração por travestis

38

Leitor: Boa noite, sou heterossexual, tenho 20 anos e gostaria que, se possível, você me explicasse o porquê e como fazer os seguintes desejos:

o primeiro é sair uma noite com amigas minhas, porém, eu como drag queen, pq eu tenho imensa curiosidade de saber o q vocês (mulheres) passam na rua quando saem.

A segunda é que, antes de eu começar a namorar, eu quero transar com uma travesti bem bonita, com seios grandes, com bunda grande e com aquilo grande e meio grosso;

E a terceira e última é juntamente com a minha namorada fazer com duas travestis.

Eu nunca namorei ou tive relações sexuais com alguém, se possível me responder, eu gostaria de saber o porquê disso e o que eu posso fazer para realizar esses desejos, sou estudante universitário. Desde já muito obrigado pela atenção.

Sou um homem heterossexual, porém, sinto atração por travestis

Vou tentar te responder por partes, para ao fim, dar minha conclusão final. Combinamos assim?

1-“O primeiro é sair uma noite com amigas minhas, porém, eu como drag queen, pq eu tenho imensa curiosidade de saber o q vocês (mulheres) passam na rua quando saem”.

Se você quer mesmo saber “o que uma mulher passa na rua”, saia com uma! Ou a observe de longe, rs.

Você sabe que não é bem isso que você quer, e talvez também saiba que, no fundo, pode não ser “tão 100% hétero” quanto pensa.

Sem contar que drag é drag e mulher é mulher. Se você sair na rua como drag, você irá saber o que as drags passam, não o que uma mulher passa, concorda? Ou você acha que seria super discretão e ninguém repararia?

Também rolava conversar com uma drag e pagá-la para, quem sabe, apenas tirar todas as suas dúvidas.

2- “A segunda (pergunta) é que, antes de eu começar a namorar,  quero transar com uma travesti bem bonita, com seios grandes, com bunda grande e com aquilo grande e meio grosso”.

Não pense que só de você começar a namorar você se esquecerá desse seu desejo por travestis, como se fosse apenas uma “despedida de solteiro”. Muito provavelmente, esse fetiche será maior do que você, o que me sugere que, antes de namorar, você tem é que descobrir o que realmente quer e, dependendo, contar para a parceira sobre esse seu outro lado também. Não bem “transar antes de namorar que tá tudo certo”. Percebe a diferença?

Até porque se você mesmo disse que tá pretendendo enfiar a futura namorada no meio, esse acaba sendo mais um motivo para contar o quanto antes. Mais espertamente falando, sem ter rolado o famoso apego – ainda que a confiança para contar um tema tabu como o seu deva sempre existir.

É claro que sempre existirá a possibilidade de você fazer apenas uma vez na vida e nunca mais querer de novo. Se for isso mesmo e você for solteiro no dia do ato, teoricamente não precisará contar nada. Porém, se quiser uma segunda vez, aí sim terá que contar antes de começar a namorar alguém, porque certamente haverão terceira, quarta e quinta vontade(s).

Qualquer manifestação com sinceridade vale. Só não vale se enganar e depois acabar sofrendo duplamente. Primeiro por ter seus desejos oprimidos. Segundo porque caso você engane sua namorada e ela descubra (tarde demais), ambos sofrerão e não é isso que queremos, é?

Por fim,

3-Eu nunca namorei ou tive relações sexuais com alguém, se possível me responder, eu gostaria de saber o porquê disso e o que eu posso fazer para realizar esses desejos. Sou estudante universitário. Desde já muito obrigado pela atenção“.

Essa questão meio que resume as respostas anteriores. Eu, Luiza, pessoalmente acredito que você tem fetiche com travestis. Porém, o que precisamos saber é:

  • Se você quer apenas dar um lepo-lepo com uma;
  • Se você quer ser uma;
  • Ou as duas coisas.

Mas quem poderá responder essas questões com total clareza? Apenas você mesmo. E claro, algumas você só saberá depois de ter realizado alguns desejos + ter feito atendimento psicológico para te ajudar na questão da orientação sexual. O detalhe é que nesse seu caso em específico, eu recomendo apenas terapeutas especializados em assuntos de orientação sexual. Jamais um terapeuta “tradicional”, que pode nem entender o que você está falando direito. Ainda mais se ele for conservador.

É isso e espero ter ajudado,

Boa sorte

Lu

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.