Como se dar bem com a sogra?

3

Como me dar bem com minha sogra sendo que não gosto dela, nem ela de mim?

Leitora: Tia Lú, sou espectadora do seu canal no YouTube há mais de 2 anos, e sempre absorvo muito do que é passado por você e pelos seus inscritos.

Eu sou uma mulher de 32 anos, casada e mãe de 2 meninos, há mais de 4 anos encontro-me em uma crise familiar de proporções enormes e ao mesmo tempo sem fundamento algum, já parei para pensar e a única conclusão que chego é: “ranço“.

Isso mesmo, a família do meu marido tem ranço de mim e eu reciprocamente tenho deles. É algo terrível que está afetando muito a nossa convivência, especialmente pelos meninos que ainda não entendem nada, mas mesmo assim sentem as consequências da relação frustrada de nós adultos.

Para você ter noção, a mãe do meu marido não vê o neto menor pois não suporta ir na nossa casa, e o pior que ela implica com quem quiser participar mais ativamente da vida dos meninos, como o marido e a filha. Afasta todos de nós, só por não me suportar. Chega a tratar até o filho, meu marido, com indiferença. E antes que me pergunte, nós nunca discutimos muito menos brigamos de qualquer forma, é uma verdadeira guerra fria.

No meu pós-parto eu mudei um pouco, fiquei mais sensível a comentários e intervenções de outros, inclusive dela, na minha forma de criar meu filho e lidar com o manutenção da minha nova e pequena família. Sou muito autônoma em relação à minha família, dividindo responsabilidades e decisões apenas com meu marido. Acredito que essa postura foi um dos maiores motivos do desagrado dela, sogra, em relação a mim, como ela mesma expressou certa vez.

Infelizmente achei que ignorando tudo isso viveria melhor, mas a realidade é que a cada ano que passa vejo o quanto isso nos afeta e só cresce englobando todos a nossa volta com essa atmosfera hostil de frieza e indiferença. É muito triste viver assim, uma família tão pequena que poderia viver de forma ao menos sociável respeitando as diferenças de todos e principalmente contribuindo para a formação dos meninos com coisas boas, como amizade, respeito e mais amor. Acho tudo muito triste e ao mesmo tempo não sei o que fazer, pois não sinto a menor reciprocidade deles de acabar com esse ranço, pelo contrário, parece que elas (sogra e cunhada) se realizam em afastar a si e a todos de nós, apenas com o intuito de me atingir. Obrigada pela oportunidade de desabafo e gostaria de saber se você estivesse nessa situação, o que faria? Beijos.

Assine o Canal e clique no sininho para ativar as notificações!

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.