Nós dois estamos solteiros: devo enterrar o passado de vez, ou tentar algo de novo com ela?

28

Leitor: Olá Luiza, já é a segunda vez que pergunto algo pra você e te admiro pelas respostas sinceras. Meu novo caso é o seguinte: há um tempo atrás, me apaixonei por uma mulher, mas não demos certo por conta de alguns problemas que eu passei na época, como desemprego e autoestima baixa. Não me achava digno o suficiente para tentar algo a mais com ela. Sei que foi paranoia da minha cabeça, naquela época era imaturo e sei que apesar de ter estragado tudo, precisava daquele sofrimento para me tornar um ser humano melhor.

Há mais ou menos um ano a minha vida deu uma reviravolta, virei cantor no qual jamais imaginei e a minha vida virou de uma hora pra outra. Estou na luta para crescer ainda mais como profissional e ser humano. Tudo estava indo às mil maravilhas, deixei todo meu passado pra trás e resolvi seguir adiante e viver uma nova vida, ou seja, um novo recomeço.

Essa mulher que eu falei é amiga da minha irmã e, após eu ter superado, resolveu entrar na minha vida de uma forma muito triste. Ela namorou um rapaz que a fez vender todas as coisas dela, prometeu casamento e no final largou ela sem nada e com uma depressão profunda. Fiquei triste, porque a mulher que eu admirava e pensava até em casar está muito doente e a ponto de cometer suicídio.

Quando vi ela, um pouco daquele sentimento voltou, e isso me gerou muitas dúvidas. Já que agora ela está solteira e talvez seja uma chance de eu tentar algo, agora que estou um pouco mais amadurecido, ou é melhor deixar o passado enterrado?

devo enterrar o passado de vez, ou tentar algo de novo com ela?

Acho que me lembro do seu caso e esse foi um dos motivos que resolvi te selecionar novamente. Primeiro, para te dar os parabéns por não ter desistido de ser feliz, pela luta e pela mudança de vida. Segundo porque com certeza motivará outros leitores que não entendem que, estar “infeliz” hoje, não significa estar infeliz amanhã também. Não importa a atual circunstância: sempre dá pra se superar e te parabenizo por isso.

Outra boa notícia é que, em tese, você não precisa de mais nenhum conselho nem meu, nem dos comentaristas. A “receita” seria apenas continuar seguindo em frente e se arriscando, tal como você já estava fazendo antes de me enviar essa pergunta.

Porém e quase contraditoriamente ao que disse, nenhum ser humano é 100% seguro, e aí, a gente tá aqui pra te dizer o óbvio, mas que, ao que parece, você está precisando ouvir “de terceiros”.

Você perguntou: “Já que agora ela está solteira e talvez seja uma chance de eu tentar algo, agora que estou um pouco mais amadurecido, ou é melhor deixar o passado enterrado?”.

E eu te retorno com outras perguntas:

Por que você enterrraria o passado?

Ela já te fez algum mal?

Você já fez algum mal pra ela?

Existe alguma espécie de trauma entre vocês?

Se não, se permita ser feliz, homem!!!

Acredito que ninguém aparece na nossa vida por acaso. E se essa pessoa ainda aparece solteira, só se você fosse muito bobo pra não tentar algo com ela, rs.

Se vai dar certo ou não, aí são outros 500 e entrega pra Deus.

A gente tem muita mania de tentar prever coisas que, cara, é só tentando. Então, TENTA UAI!

Tente se aproximar dela, tente ser uma pessoa bacana pra ela. Aconselhe, mas não seja o psicólogo dela, ainda mais ela tendo uma doença tão séria quanto a depressão.

Se possível, leve-a para conversar em lugares bonitos: parques, praças, ou até mesmo praia – caso exista na cidade de vocês.

Dê uma terapia vinda da natureza, sem que ela necessariamente tenha que perceber essa parte, mas apenas sentir. O que significa que, fora estar ajudando a moça a se sentir melhor, ela associará coisas boas a você = muitos pontos a mais na hora da conquista = mais tempo que ela irá querer passar junto a ti.

Só não se esqueça que, paralelamente a tudo isso, ela realmente precisa de um psicólogo + um psiquiatra para ajudá-la a se reerguer.

Não a abandone. Mostre-se ser uma pessoa que ela não encontrará outra igual tão facilmente. Porém, caso seja necessário, saiba também a hora de se retirar.

Outra coisa importante é já demonstrar o mais rápido possível o seu interesse por ela. Sem forçar, ou tentar convencê-la “sobre o quanto você é bom”. Apenas seja bom pra ela e diga que você está afim, sem se fazer de lesado demais e depois reclamar que ficou na tão odiada “friendzone”.

Se, ao ter deixado claro seu interesse, ela não dar o mínimo sinal de que é recíproco, aí sim você cogita tirar seu cavalinho da chuva pra não ficar se iludindo por algo que provavelmente não vai rolar. A partir disso, se quiser continuar sendo amigo, será de decisão e preferência sua. Só se responsabilize pelo buraco que você poderá estar se metendo.

Só sei que, no fim, se rolar o mínimo de atração por ti, aliado ao fato dela ser solteira, tenho certeza que por mais que ela se diga machucada, ou até mesmo traumatizada por causa desse relacionamento anterior, ela irá querer tentar algo contigo.

E sabe por quê? Porque no fundo todo mundo acredita no amor e quer ser feliz. A gente bem sabe que, quem quer, mas quer mesmooo, sempre dá um jeitinho. Nem que para isso precise da tal da ajuda psicológica para se movimentar.

Por fim, é claro que possivelmente ela não nutra todoooo esse interesse que você nutre por ela, mas é como disse: se existir fagulha, irá do seu talento fazê-la crescer.

Boa sorte.

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.