Autor: Anônimo

Espaço reservado pros "bródis" e "sisters" anônimos que querem colaborar sem mostrar a cara!

Chegou no meu email esse texto de um colaborador (ou seria colaboradora?) anônimo, achei que vale a reflexão e resolvi postar. ************************* Apenas mais um texto de amor Quando um amor chega, logo pensamos…será que vai ser igual ao último, ou será que vai nos completar de uma maneira que nunca vivemos? É complexo não pensar em todas as possibilidades envolvendo um sentimento tão grande como o amor. Penso que, para amar uma pessoa, é preciso primeiramente envolver-se em forma de amizade, conhecer, se interessar, se apaixonar, e com o tempo, amar… Às vezes estamos tão apaixonados que esquecemos das…

Read More

Esses dias o comentarista Zé – que mora há anos no Japão – fez algumas observações tão interessantes e relevantes, que entrei em contato com ele afim de poder aperfeiçoar tudo para um post. Felizmente ele autorizou e aí fica mais esse aprendizado cultural para nós =) 1- Sexo Esse tema é meio difícil de ser debatido, porque os japoneses não falam sobre esse assunto – nem com os amigos! Até onde eu sei, manter a virgindade para se entregar àquele príncipe encantado não é algo tão importante como é para as mulheres no Brasil. Desconfio que, geralmente, elas têm…

Read More

Oi tia Lu, depois de muito pensar e largar a preguiça de lado, resolvi contar minha história. Na verdade dar um desfecho pra ela, já que havia mandado há muito tempo atrás uma em relação ao meu antigo relacionamento abusivo (hoje percebo que era). Enfim, como sabe, eu mandei uma história contando sobre meu ex-namorado que era atual e que eu tinha descoberto as traições dele, porém, eu não tinha autoestima e nem forças pra terminar. No fim, acabei me rebaixando ao nível dele e acabei devolvendo a traição. Depois que enviei a história, a confiança desmoronou totalmente ao ponto…

Read More

Nem me lembro mais de quando pedi esse texto, mas achei a reflexão muito interessante e resolvi postar =) ****************************************** Esse texto é uma resposta a um pedido da dona do blog. O objetivo: responder o porquê de mulheres preferirem homens cafajestes a homens bonzinhos. Antes de tudo, é importante dizer que quando estamos em um relacionamento, não estamos por qualquer motivo, estamos porque aquela pessoa nos suscita tesão, mas, sobretudo admiração. É justamente por causa da admiração que esperamos que a dita pessoa seja digna da mesma e, por pessoa digna de admiração, entende-se aquela que tem amor próprio, que…

Read More

Recebi esse relato que postarei na íntegra. Iria responder dizendo que ele precisa de mil consultas, nem que seja na cidade dele, mas também achei que não custaria postar o relato para que vocês deem opiniões sinceras. PS: Vocês já sabem que 90% das imagens do site são ilustrativas, mas a desse homem eu achei tão real que resolvi reafirmar o já afirmado kkkkkkkkkk. *************************************** Luiza Costa você é uma pessoa encantadora, tem um lindo sorriso encantador e cativante, uma linda mulher. Eu tenho 41 anos, nunca tive uma namorada, nunca, nunca mesmo, nunca fiquei com uma mulher em toda a…

Read More

Esse texto mexeu tanto comigo que, apesar de não poder respondê-lo por ter saído das regras, resolvi postá-lo. Aos futuros papais e mamães: pensem bem na criação que vocês estão dando para os  filhos de vocês. Tal como poderemos ver no relato a seguir, estar junto não só não é garantia de felicidade para a criança, como pode piorar as coisas.  À amiga do relato: espero que em breve você se esqueça que um dia foi triste, apesar de que claro, tristezas temporárias são normais e fundamentais para a nossa evolução. Não perca a fé. ************************************** Oi Luiza, como vai?…

Read More

Há 11 anos atrás, quando eu tinha 17 anos, comecei a namorar um rapaz que até então era só meu amigo. Achava-o o máximo, ele escrevia poesias e fazia de tudo para me conquistar. Eu era apaixonada por outra pessoa na época, mas por ele ser meu amigo e saber dos meus gostos, foi ganhando espaço até se tornar oficialmente meu namorado e, depois de um ano, meu marido. A parte do marido foi meio confusa e a imaturidade fez com que se tornasse algo de grandes proporções. Eu era uma adolescente difícil e fui expulsa da minha casa, fui…

Read More

Depois do texto da leitora que falou sobre como foi ser amante do chefe, surgiu uma outra leitora mais polêmica ainda (rs) falando sobre o fato de que muita mulher simplesmente NÃO SABE como saber uma boa amante. E aí, como vocês sabem que, concordando ou não, sempre gosto de debater a partir de todos os pontos de vista e dou espaço para todo mundo falar, pedi para que ela fizesse os “mandamentos da boa amante”, e eis que surge esse texto aqui. Enjoy it 😉 Pouco importa o caminho percorrido até aqui e que te fez ser a “amante/…

Read More