Minha namorada diz ter se balançado pelo ex e agora não a vejo mais do mesmo jeito!

35

Leitor: Ela tem 22 e eu 27. Eu e minha namorada temos um bom diálogo. Desde o início fomos sinceros um com o outro. Mas fui longe demais nas perguntas. Perguntei sobre o último cara que ela teve alguns lances há uns 3 meses atrás. Perguntei se ela tinha ficado balançada quando o viu na balada e ela me falou que ficou balançada/diferente, e que 3 dias antes havia se lembrado  do sexo que eles haviam feito, inclusive disse que era bom. Porém, me disse que pensou por um momento (quando eu e ela  ficamos 3 dias sem nos ver) disse que não sente nada por ele, e que quer ficar é comigo e que quer cuidar do nosso amor. Namoro com ela apenas há 2 meses e esse cara foi o último parceiro dela. Eles não se falam (pelo menos até onde eu sei). 

Somos seres humanos e às vezes não controlamos o que sentimos, por isso não a julgo. Acredito que, o que está pegando é o fato de eu ter tomado conhecimento da verdade. Pensei em terminar, porém, eu também já fiquei balançado pela minha ex, e me lembrei como ela (a ex) fazia gostoso e diferente, mas não atrapalhou em nada sobre o que sinto pela minha namorada, somente pensei em como era bom e diferente, e quando a vi pessoalmente eu gostei da sensação de vê-la (a ex), apenas isso. Depois disso, nem lembrava dela (da ex), por isso eu procurei entendê-la. Mas, eu não consegui sentir tesão após o acontecido, não consigo fazer sexo com ela da mesma maneira, de certa forma isso me abalou. Tem um ditado que diz, “quando ficamos atraídos/balançados por uma segunda pessoa, a primeira não nos fascina mais”. Na cabeça da mulher, funciona da mesma maneira o fato de ter lembranças do último parceiro e isso não atrapalhar em nada o sentimento? Qual a sua opinião nesse caso? O que eu posso fazer para não atrapalhar a minha relação com ela na cama e fora dela? É recente, porém eu percebo que a amo, pois sinto coisas que nunca senti por ninguém, e sinto alegria nos olhos dela quando ela conversa comigo.

Minha namorada diz ter se balançado pelo ex e agora não a vejo mais do mesmo jeito!

Não é porque você sente por ela o que nunca sentiu por nenhuma outra mulher que é amor, mas enfim: eu sempre digo que sinceridade demais também é falta de educação!! Que mania de achar que é prova de amor, de cumplicidade, de confiança ou de sei lá mais o que ficar sabendo até quantos pêlos a pessoa tem no sovaco! Ainda mais você que é homem: quer ficar sem dormir e neurótico? Pergunte com quantas pessoas ela já transou ou o que ela acha do ex, e foi justamente isso que você fez!

Se conforme: por mais sincero que o casal seja, um nunca vai saber absolutamente tudo a respeito da vida do outro. Eu chamo isso de “mal saudável e necessário”. Eu não quero saber quantas punhetas meu namorado bate, quantas mulheres ele acha bonita, em quantas ele pensa e se as ex dele transavam gostoso. Quando eu cogito saber, já penso 10 vezes antes de perguntar e acabo nem perguntando porque sei que nesse caso a dúvida é melhor do que a certeza kkk. Então, que fique de lição o seguinte: dessa vez o leite já foi derramado, mas da próxima não fique mais perguntando tanto. Se você não aguenta e não tem controle mental/emocional para encarar a resposta, então seja menos curioso que é sucesso!

“Ok Luiza, mas como você mesma disse, a merda já foi para o ventilador. O que eu faço agora?”. Bem, agora só te resta se conformar com uma notícia que é boa e ruim a depender do ponto de vista:

“Todo mundo acha alguém bonito-atraente-especial. Isso é normal, é humano – o que não significa que você terá menos valor e seria substituível por causa disso.”

Se você não é a pessoa mais incrível, completa e perfeita do mundo (ninguém é!), nada mais natural do que existir outras pessoas interessantes nesse planeta, não acha não? O que você tem que fazer é confiar no seu taco: deu o seu melhor? Então senta e relaxa que do resto a vida cuida. E mais do que isso: você tem que confiar em quem está contigo. Sem essa de achar que confiar é ficar sabendo de tudo: quem confia nem precisa perguntar tanto – muito pelo contrário – quem faz isso acaba fazendo a relação ter cheiro de desconfiança e de falta de maturidade. Sem contar que, cá para nós: se você ficar todo inseguro choramingozo, você corre o risco de perder a sua “super segurança de macho alfa” e aí que ela vai (re)pensar se fez bem em ficar contigo. Tá, eu exagerei só para te meter um medinho básico kkkk. Mas enfim: só quero dizer que segurança é tudo meu amigo. E sanidade mental é mais importante ainda.

Boa sorte!

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.