Sou casado, porém, me apaixonei pela minha amante e penso em largar a oficial por ela!

55

Leitor: Sou casado e tenho dois filhos. Meu casamento não é a mesma coisa durante três a quatros anos. Conheci uma moça na segunda-feira de carnaval a qual me apaixonei e ela por mim. Sem saber que sou comprometido e com compromisso de sustentar dois filhos, ela pretende iniciar um namoro e futuramente se casar. Minha esposa é formada em psicologia e vivemos como amigos ou colegas de uma rotina sem amor. Carícias, beijos e até sexo… não fazem mais parte da relação. Eu e ela somos jovens, com muito tempo para um novo amor. Curso direito e a moça farmácia, ambos em busca de uma carreira com sucesso. Amo muito meus filhos e por isso não posso tomar decisões precipitadas. Quero me formar e passar em um concurso público ao qual estou me preparando, assim, terei uma boa estabilidade financeira para viver em meu canto, sustentando meus filhos e vivendo um novo amor, construindo uma nova família. Não sei o que fazer. Continuo a fingir sabendo que ela sofrerá muito ou conto a verdade explicando meus motivos por não ter contado antes. Ela mexe muito comigo, tem visão em um futuro melhor, um grande coração e simpática com todos. Ela já desconfia! Gostaria de receber suas opiniões. Desde já, obrigado.

Sou casado, porém, me apaixonei pela minha amante e penso em largar a oficial por ela!

Ihhhhh, sei não. Acho muito cômodo se apaixonar em pleno carnaval por uma pessoa que você mal conhece e aproveitar a situação para falar mal da sua esposa como mulher, enquanto você “eleva a amante” como uma forma de justificar os seus atos. Se é tudo como você diz, acho que você deveria se separar da sua esposa – independentemente de ter ou não um outro amor – ao invés usar os fatos como pretexto para ter uma amante e se sentir “menos pior” com a sua atitude. Sei lá, não sei se você gostaria que sua mulher arrumasse outro e depois alegasse que fez isso “porque vocês não transavam mais, eram amigos e tem filhos em comum e por isso ela não te contou”. É a velha frase batida do “faça com os outros o que você gostaria que fizessem com você”.

Sem contar que isso de já ficar com papo de se casar com uma pessoa que, querendo ou não, você mal conhece “e já acha que é princesa” não te faz parecer um pai de família, mas sim um jovem apaixonado. Depois ainda diz que não quer agir precipitadamente… Cuidado meu amigo, você só conhece realmente uma pessoa depois de morar algum tempo com ela. Com apenas alguns meses de “pegação” qualquer uma consegue ser simpática, linda, fofa e gente boa. Quero ver é depois que os anos se passarem e o “bagulho esfriar”.

Eu no seu lugar não iria com tanta sede ao pote: será que você sente amor ou atração/paixão de verão? Lembre-se sempre que é muito mais fácil reclamar, bem como levantar defeitos, da mulher que divide a vida contigo, do que com uma outra que é “boca e pepeka nova” e você mal conhece, e tal como tudo que é novo, sempre parece brilhar mais do que brilha de fato.

Entendo que você é pai e tem preocupação com os filhos, mas isso não significa que você tenha que trair a sua mulher, tampouco que você deve ficar com ela, mas sim significa que você deve pesar tudo e tomar uma posição urgente. E quanto ao dinheiro, você sabe que existe pensão. Sem contar que você não me parece ser “pobre” e esse “medo futuro com acontecer um problema em relação ao dinheiro” parece ser muito mais uma justificativa a mais para você continuar mentindo e casado, do que com um problema de fato.

Não complique:

1- Ou você fica com a sua mulher e larga a amante;

2- Ou se arrisca com a amante e se divorcia da mulher;

Riscos e benefícios haverão nas duas opções e você sabe quais são: não existe saída fácil, mas a decisão e a atitude são obrigatórias. Pense bem, faça todos os levantamentos possíveis, mas não deixe de se decidir. Não tem como ficar em cima do muro, tampouco será justo com a sua mulher. Sem contar que se elas descobrirem a verdade, será bemmm pior do que se você já tivesse contado. Eu diria que, tanto em relação à sua mulher como em relação à sua amante, se você contar a verdade agora elas ficarão chateadas, mas elas iriam ficar em triplo se descobrissem que fora traidor você é mentiroso.

Revelando os fatos, principalmente pra a sua amante, você já ficará sabendo se ela te perdoará e isso te facilitará um pontinho a mais a tomar a sua decisão final. Ou você se ilude que seria possível se divorciar, bem como apresentar a sua nova namorada para a família e acharia que ninguém nunca daria uma bola fora, nem que alguma coisa que porventura você contasse em relação à sua ex “pudesse não bater em relação ao tempo”? Um casamento é algo quase impossível de se esconder, ainda mais quando você pretende assumir a amante e apresentar para a família. É que nem filho de ex-namorado: se o atual fizer as contas, ele acabará  desconfiando que o filho não era dele. Sem contar que ainda tem os seus filhos, que são apenas crianças e poderiam acabar falando que sentem falta da mãe e demais coisas que poderiam fazer a “amante” desconfiar que foi algo recente. Sendo assim, é melhor contar logo pra bosta não começar a feder mais do que já está.

Boa sorte!

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.