Desde que meu filho nasceu, ele não quer mais sexo comigo!

14

Leitora: Olá, tenho 21 anos e meu marido 35. Estamos casados há 2 anos e namoramos 1 ano. Nossa vida sexual era ativa, até o dia em que descobrimos a gravidez. No começo foi difícil pois ele não colocava as mãos em mim, e fui insistindo até os 9 meses de gestação, algumas vezes até rolava, mas logo ele broxava.

Eu fui uma grávida linda, engordei apenas 4 quilos na minha gravidez, mas mesmo assim me cobrava e achava que ele tinha outra rs. Logo após o bebê nascer e o período de dieta passar, voltei a procurá-lo, e ele dizia que estava com um problema de ereção. Fomos ao médico, fizemos exames e ele fez o tratamento, mesmo após esse tratamento tivemos sexo pouquíssimas vezes, e sempre que procuro ele diz estar com dor de cabeça, ou cansado, espera eu ir deitar e dormir pra depois subir pra dormir.

Ele trabalha à noite e temos tempo somente nos finais de semana, insisto muito, mas tem hora que cansa pois um bebê em casa me esgota, pois mal tenho tempo pra mim, mas desde tudo meu marido me evita demais, mesmo eu seduzindo sempre. Estamos já há 4 meses sem sexo, meus hormônios à flor da pele. E tem mais um detalhe, minha sogra mora com a gente e ele diz também não se sentir à vontade pela mãe estar aqui. Me ajudem não sei mais o que pensar, eu amo ele e quero salvar nosso casamento.

Desde que meu filho nasceu, ele não quer mais sexo comigo!

Vou ser sincera: por pouco a sua pergunta não foi selecionada, pois quando a mesma é complexa demais, cabe ao leitor procurar a resposta lendo vários posts do blog, ou agendar uma consulta particular. Porém, depois pensei que dá para te dar algumas possibilidades sim!! =) Lembrando que não necessariamente uma anulará a outra e cabe a você ver qual desses casos faz mais sentido para o seu caso em específico:

Ele te vê como uma “santa, mãe do filho dele”

Você percebeu que antes mesmo de você “criar forma de grávida” ele já começou a te evitar? Nem sempre um homem desanima por causa da estética da mulher que mudou, mas sim por fatores psicológicos dele. Ele tem religião? Como foi a criação dele? É muito moralista? Como são as crenças pessoais dele? Infelizmente, tem homem que confunde ser mãe com ser “intocável”. É como se você tivesse uma posição tão forte e “sublime” que ele acaba se afastando de você – te vendo literalmente como uma “mãe, não mulher”. É claro que esse é um pensamento que soa absurdo pra muita gente, mas se ele é possível, cabe a mim listá-lo aqui.

Quais são as chances dele ter uma amante?

É estranho uma pessoa ficar 4 meses sem sexo, a não ser que ele esteja extremamente traumatizado com as “broxadas” dele, em depressão ou algo do tipo. Não sei como anda a frequência de horário dele em casa, nem se te interessa descobrir se ele tem outra. Tampouco sei se você perdoaria, mas é sempre uma possibilidade.

Sogra

Também acho que faz sentido ele se sentir desconfortável com a mãe dele em casa. E isso muitas vezes não é nem por questão de moralismo, mas sim de “respeito com os mais velhos”, ainda mais se tratando de alguém que o colocou no mundo. Mas mesmo assim: ela nunca sai de casa não, gente? Não faz unha? Cabelo? Compras? Não tem amigas?

Pergunte qual solução ele pretende buscar: se você vai ter que virar celibatária ou se ele vai te ajudar a dar um jeito. Lembrando que cabe a você perceber se a mãe é realmente um empecilho, ou apenas uma desculpa.

Não force

Eu no seu lugar, depois de ter conversado tudo isso e ele já souber o que eu penso, daria um tempo pra ele processar tudo o que eu disse e não forçaria mais. Caso contrário, você pode acabar passando a sensação de ser chata e é aí que ele vai broxar mesmo!

Sei que você faz isso porque está no “desespero”, mas infelizmente, nesses casos, a ansiedade só vai te prejudicar mais ainda. Não pense que ficar insistindo é a sua salvação, pois você pode acabar conseguindo o efeito inverso. Além do mais, sexo não é uma coisa que se cobra, mas sim que se conquista.

Ele já entendeu que você quer, mas mesmo assim não está comparecendo? Mude as regras do “jogo” ou não reclame de sempre conseguir os mesmos resultados. Se mesmo ficando bonita, cheirosa e cocota ele nunca quiser, eu cogitaria se o amor dele não acabou.

E mesmo se o problema dele for médico, se ele nunca procurar ajuda – nem em consideração ao amor que ele sente por uma pessoa que ele sabe que sente falta – o que é que você poderia fazer? Só se for terapia de casal, o que diga-se de passagem, se ele aceitar, você já pode agendar uma agora mesmo. Vocês não têm nada a perder e de quebra ajudará na ansiedade. Procure indicações de pessoas confiáveis na sua cidade e mande bala.

Por fim, talvez seja legal ele ler o post do homem que morre de tesão na mulher grávida. Vamos ver se ele se inspira!

Um beijo!

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.