Não sou bem dotado e isso faz com que ela tenha fetiche em me humilhar!

133

Leitor: Tenho 29 Anos e sou casado com uma mulher que tem 25. Por ter um pênis pequeno (12 centímetros), por saber que não a satisfazia e em amor incondicional a ela, pedi que me fizesse corno e ela rapidamente aceitou. Ela transa com amigos meus há pouco mais de um ano e eu assisto e sou humilhado por ela sempre. Ela me faz usar suas calcinhas perante eles, já me fez chupar o pênis deles várias vezes, fez chupar a vagina dela com sêmen de outros na frente deles e agora está com um fetiche muito mais marcante e humilhante: QUER QUE EU SEJA PENETRADO POR UM AMIGO MEU E QUE DEPOIS DELE EJACULAR DENTRO ELA QUER URINAR EM SEGUIDA DENTRO DO MEU ÂNUS. Não sei se devo, apesar de gostar de ser humilhado… e agora? 

mulher-humilha-homem2

Moço, eu entendo que existem fetiches e mais fetiches e que o casal sendo feliz, é o que vale. Porém, não acredito que no seu caso você seja fetichista, mas sim tem a autoestima tãooo baixa, que tem medo de perdê-la. Nisso acaba aceitando qualquer coisa, só pra não ficar no forever alone. E aí eu te pergunto: será que você sente um amor incondicional por ela mesmo ou se trata apenas de uma autodepreciação? Pense um pouco mais a respeito e não se engane meu amigo.

Não é porque você tem o pau pequeno que você tem que aceitar qualquer tipo de coisa: nem se amar a mulher! Porém, felizmente e infelizmente, você só começará a perceber isso quando gostar um pouco mais de si mesmo.

Ah Luiza, dane-se! Você não me entende! Eu quero viver assim e pronto!!“.

Se é assim, ainda vou te sugerir mais uma tentativa: procure um psicólogo, um acompanhamento semanal, MESMO. E pense: no máximo ele te fará descobrir o que você já sabe, logo, não custa nada tentar! E nada de pensar que isso é coisa de doido, porque sempre teremos algo a aprender com bons profissionais e isso é fato!

E quanto a ela querer que você transe com outros homens, convenhamos: mesmo que você seja fetichista, que curta ser humilhado e blablablá, isso não significa que você irá querer queimar a rosca, ou ser literalmente mijado! Afinal de contas: tudo tem limites, certo? Se tem uma coisa que aprendi com um amigo fetichista, é que até o casal mais liberal do mundo têm suas próprias regras. E essas regras devem ser criadas em conjunto, não apenas por ela! Também aprendi que ninguém topa tudo, nem o mais “loucão” – socialmente falando. Prova disso é o leitor que curtia BDSM e nem por isso queria todas as humilhações 24 horas por dia – entre outros exemplos que encontramos aqui pelo site.

Por fim, descubra se sua esposa é realmente fetichista ou apenas uma mulher covarde que, ao perceber que o marido tem baixa autoestima, comete o famoso abuso de poder.

Fora as frases grifadas no decorrer desse texto, com os respectivos conteúdos, te recomendo que assista/leia os outros posts abaixo. Nem todos tem 100% a ver com o seu caso, porém, valem a pena para você pegar a lógica da coisa e descobrir o todo que você se encaixa (ou não!).

Sexo Anal é coisa de gay?

Peru pequeno e vagina larga?

Dicas para elevar a autoestima

Relato de um homem com um micropênis (esse tem tanta baixa autoestima quanto você, mas é bom ler para ver se você se reconhece e a partir de “um susto”, se levanta).

Até mais!

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.