Penso que todas as mulheres são interesseiras e só querem grana!

103

Leitor: Tenho um pensamento que me tortura dia e noite e que acabou transformando minha personalidade. Muitos caras, desde colegas a parentes, me disseram que mulher só quer saber do dinheiro e eu confesso que isso ficou enraizado em minha mente e não consigo me relacionar normalmente com uma mulher. Eu sou sempre frio no sentido de parecer indiferente e desinteressado (mesmo que eu esteja muito interessado nela , eu finjo que não estou e reprimo esse sentimento) parecendo assim sempre frio e despreocupado com ela. Quando quero arrumar uma para sair, eu entro em algum site de relacionamento e após uma conversa eu me encontro, saio, transo, troco contato, mas nunca consigo um relacionamento sadio, até porque na vida real eu não correspondo a nenhum sinal provindo de uma mulher. Quando eu o percebo, me tornei um estranho.

Um dia uma mulher perguntou se eu era gay só porque não correspondi à amiga dela, e eu nervoso dei uma patada meio ignorante nela e disse que não era. Eu apenas não acredito em nenhum sinal de interesse. Não acredito em nenhuma palavra nem nada, para mim é tudo mentira, no fundo o que importa é se tenho dinheiro. Posso estar louco, não sei. Quando não estou marcando encontro em um site de relacionamento para “uma noite ou uma semana no máximo” eu estou em um “PUTEIRO” da vida bebendo no balcão e comendo as putas.

Minha vida está péssima, porque essa ideia que enraizou em mim se tornou uma verdade absoluta para mim mesmo eu lutando para não acreditar nisso, acabou me tornando estranho ao mundo. Sofro por isso.

Penso que todas as mulheres são interesseiras e só querem grana!

Quem foram seus amigos que falaram isso? Com todo o respeito, mas devem ser uma cambada de frustrados cujo maior “problema” não é serem pobres, mas sim serem chatos e pessimistas pra caramba. Daí, ao invés de tentarem se melhorar como pessoas, preferem culpar as mulheres. Assim fica fácil, né? rs.

Vamos concordar que, independente do sexo, existe mais gente que não vale a pena do que gente que vale a pena no mundo. Porém, elas existem, né?

É como falei no vídeo “Ninguém presta nesse mundo” que recomendo fortemente que você assista depois de ler esse texto:

Você acha que você presta, não acha? Então, não seria muita pretensão sua acreditar que você é a única pessoa decente no mundo? E não, não estou te pentelhando ou te tirando: estou apenas tentando te fazer entender o lado positivo – e óbvio – da vida!

Tem também essa outra frase que disse no vídeo “Homens feios e mulheres bonitas”, e que também vale a bisoiada:

“Se existe mais gente feia do que gente bonita no mundo, e mais gente pobre do que gente rica no mundo, por que tem tanta gente se amando mesmo assim?”.

Concorda que a matemática não fecha? Enfim, desconfio que até você mesmo já sabe que está com um problema psicológico SIM. E precisa de ajuda sim!! E ainda bem que você nos procurou =). Porém, ainda que eu e os comentaristas opinemos sobre o seu caso, aconselho fortemente que você procure ajuda psicológica extra. Tipo um acompanhamento semanal mesmo, sabe? Você precisa mudar a sua “programação” cerebral e isso não será feito apenas com a leitura de uma postagem na Internet. Do contrário, você irá repetir esse negativismo sempre, não conseguirá entender outra lógica e será um poço sem fim..

Outra coisa que pode servir de lição nessa história, é buscar uma autocrítica muito séria em relação a você mesmo: será que você não tem corrido pouco atrás dos seus sonhos e aí fica culpando terceiros? Sei lá, veja se você não gostaria de estudar mais, ou correr atrás de um emprego melhor. E aí, como está preguiçoso ou sem ânimo pra tudo, acaba culpando o mundo por te cobrar algo que, na verdade, é você que se cobra. É como o gordo que acha que ninguém conversa com ele porque ele é gordo, enquanto na verdade o problema dele é outro, sabe?

Por fim, tente reparar mais nos exemplos bons em detrimento dos ruins. Duvido que não tem nenhum relacionamento de sucesso na sua família: se não for dos seus pais, dos seus tios, primos, avós, sei lá! Tem que ter algum exemplo positivo. Porém, se você continuar negativo e pessimista assim, realmente será difícil fazer algo que não seja reclamar da vida e das pessoas.

Assista também ao vídeo “Tem medo de morrer solteiro, sozinho e encalhado?”. Pode ser que ele te dê uma luz extra!

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.