Transei com todos da rua e até usei drogas para agradá-lo, mas no fim ele me chamou de lixo:

70

Leitora: Tenho 15 anos. Conheci um menino de 16, um menino da minha rua. Lindo, todas queriam ficar com ele. Do nada ele me chamou de linda e começamos a ficar. Na rua ele fingia que não me conhecia, ficava fumando maconha com os amigos dele e me ignorava. Ele me ofereceu droga e então comecei a baforar lança.

Em um dia eu estava muito ruim, péssima, ele chamou todos os amigos da rua e transei com todos eles. Pensei em estupro, mas não tinha ninguém por mim. Ele ficou com todas as minhas amigas, transou com minha melhor amiga, 10 anos de amizade jogados fora. Ela me pediu desculpas, mas não aceitei, ele pediu e eu aceitei como se nada tivesse acontecido.

Sempre fiz tudo que ele quis, continuei ficando com ele e com seus amigos, todos da minha rua, ele me dava drogas e eu transava com 10 garotos porque ele queria assim. Contei para as minhas amigas que não conseguia sair dessa situação, então ele disse que não era pra ter contado, porque ia atrapalhar ele de ficar com elas futuramente. Ele começou a me ignorar me chamando até de lixo, eu continuo correndo atrás dele e ele me humilha, quando eu passo na rua eles sempre estão lá todos juntos, já passei pela mão de todos, me sinto nojenta. Nunca vou ter um namoro sério porque ninguém quer assumir vadia. 

Eu não sei onde recorrer por favor me dê um conselho.

Primeiro, você não é uma vadia, mas apenas uma menina que, a duras penas, entendeu que quem faz de tudo para agradar o outro não se agrada, tampouco agrada o outro – tal como você mesma pode ver. Na verdade, nessas horas acontece exatamente o contrário: ele fica te dando o valor que você se dá, e ainda fica achando que você é boba e sem personalidade, que é só pedir pra você usar droga que você usa, te pedir pra transar que você transa e aí, pluf, toda a admiração que ele poderia sentir se acaba. O lado bom é que você ainda tem 15 anos e, ainda que esse momento te pareça eterno, escute essa trintona aqui que te garante que ele irá passar e você ainda será muito, mas muitooooo feliz na vida. Você só precisa se ajudar, coisa que claro, será uma luta diária, mas valerá muito, mas muitoooo a pena.

Outro lado bom é que graças a Deus esse menino está te ignorando, sério. Sei que você está triste agora, mas escreva o que tô te falando: no futuro você dará graças a Deus por ter dado errado. Nunca, jamais transe com uma pessoa que você não queira, e se um homem te pedir isso, é porque ele não nutre nenhum respeito por você, nem por ele mesmo. E também porque ele é uma pessoa egoísta, cruel e perigosa. E o que você quer com alguém assim???

Outra coisa é xingamento. Te xingou de lixo ou de qualquer outra coisa? Não espere a segunda vez e simplesmente se afaste. No fim ou ele volta atrás te respeitando, ou vaza de vez e isso será bom pra você de qualquer jeito.

Nunca transe sem camisinha, do contrário, você acabará tendo uma doença ou um filho indesejado e isso será só problema pra você. Se você não sabe dizer não, invente uma história, fale que sua mãe está doente precisando de algo, que já já ela passa por lá, que o telefone tocou e rolou urgência, mensagem no zap, ou qualquer outra coisa, mas não ceda. E mais do que isso: procure ajuda terapêutica em algum centro aí da sua cidade. Esses de menores, sabe? Se abra com a terapeuta de lá e peça ajuda, não sinta vergonha e saiba que, a partir do momento que você aprender a dizer não e a saber a mulher maravilhosa que você é, sua vida melhorará 4000%. Sem contar que seu futuro namorado não precisará saber que você deu pra vizinhança inteira (namore alguém de outro meio se precisar). Porco foi seu ex, não você.

Volte a falar com sua amiga, pois acredito que ela foi tão fraca de personalidade quanto você e pare de falar é com ELE. Ele é o verdadeiro crápula dessa história, enquanto tal como você, sua amiga foi apenas uma boba encantada que caiu na lábia dele. Você merece mais do que isso e sabe disso, e caso ainda não saiba, dê um jeito de saber. E ó, rola até levar essa sua amiga pra terapia contigo, talvez ambas precisem. Na verdade, terapia é sempre bom pra 100% da humanidade, né?

Outra coisa legal seria procurar um esporte aí na sua vizinhança, ou música. Não é possível que você não goste de nenhum dos dois. Nesse tipo de lugar você ocupará a mente e encontrará muita gente do bem, que é o que você merece.

Boa sorte e tenha certeza que mesmo que você precise ficar sozinha e sem amigos por um tempo – até ”mudar de vida” – valerá a pena. Se puder, peça meu livro Miga sua louca na biblioteca da sua escola. Tenho certeza que ele ajudará muitas adolescentes como você.

Lu

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.