Como fazer uma mulher impossível parecer possível?

114

Leitor: Oi Luiza e colaboradores, tudo bem? Tenho 30 anos, mestrado em arquitetura, músico do rock n roll e ilustrador nas horas vagas. 

Minha pergunta é simples, mas complexa, pois não consigo encontrar uma resposta racional ou uma resposta comum mesmo: como faço para que uma garota que estou afim se torne uma “garota possível” e não uma “impossível”? 

Explicando melhor: as garotas que não me importo ou apenas sinto uma atração física, consigo conversar tranquilamente sem pretensões e, se o papo levar para “aquele” lado e rolar algo, acaba acontecendo de forma tranquila e natural, diria assim. Porém, aquelas que despertam algo a mais, dão vontade de conhecer melhor, causam aquela paixão intensa instantânea, também afinidades no jeito de ser/ver a vida, acabam depois de um tempo de conversa / aproximação ou até convivência me levando apenas à foras ou amizades, já que não consegui gerar “a(s)” oportunidade(s).

Em algumas ocasiões com essas “impossíveis”, pude até tentar algo diferente e ser direto dizendo que estava afim delas antes de cair na friendzone (imagino eu), mas, não sei se por falta de tato, de momento certo, ou às vezes de ansiedade, acabei também não tendo resultados positivos. E pra finalizar, meus relacionamentos sérios até agora aconteceram por conveniência ou influência de amigos (sabe aquele “vc tá solteiro, fulana tá solteira, vai dar certinho!”), relacionamentos que fui levando meio mornos, bons, mas acomodados no dia a dia, porém que chegaram a seu fim por não serem com alguém que realmente me despertou aquele “Q” a mais. É isso. Como essas impossíveis se tornam possíveis?

Abraços, e obrigado pelo trabalho do site, é muito bom poder ler e me espelhar nas situações que as pessoas estão passando e ver suas respostas e opiniões aclarando nossas dúvidas e inseguranças. Até!

Vamos começar pelo óbvio de que tem mulher que você jamais ficará e pouco importa se você é tímido, se não é, se tem medo ou se não tem: não rolou a química e ela morrerá sendo impossível. Porém, ao mesmo tempo, também entendo o que você quis dizer “que às vezes parece que só o fato de você estar apaixonado já a distancia demais das “comuns”, né?

Nesse caso, preste muita, mas muita atenção nas dicas da Lu e anote todos os erros básicos, que praticamente 80% dos homens que estão muito interessados em uma mulher comentem:

Vocês não conseguem criar um vínculo natural com ela

Vocês pensam tanto no que ela vai achar e ou não sobre vocês que, como resultado disso, PENSAM DEMAIS e estragam tudo. Escrevem emails e não mandam. Escrevem mensagens de bom dia e não mandam. Ficam mudando “abacaxi pra abacate” porque acham “que assim parecerá fácil demais, ou assado parecerá mais fácil ainda”. E nisso o que acontece? Fica tudo muito artificial e o pior: vocês não criam vínculos, porque mal conseguem conversar! E mais importante ainda, manter contato com ela.

Quer que uma mulher se apaixone por você? Crie vínculos com ela. Só que aí que tá: esse vínculo não é ser puxa-saco, mas ser presente, entende? É tipo o papo que estávamos tendo aqui nos comentários nessa semana mesmo….

Sabe aquilo que você faz lindamente com as que você não é afim e que muitas vezes acabam é ficando afim de você? Então, faça isso com ela!

“Mas Luiza, como fazer isso se tô muito afim dela e qualquer coisa acho que irei perdê-la?”

Amigo, simplesmente não pense, porque é o pensar demais que, por muitas vezes, te faz perdê-la, entendeu? Faça e não espere resposta “x ou y” dela, porque isso aumenta as expectativas = medo de fazer de novo da próxima, caso a resposta não seja exatamente a que você esperava. Só vai fazendo o que você acha ser o certo (essa parte ficará mais clara ao decorrer do texto).

Não tenha medo de demonstrar interesse

Só cuidado com duas coisas:

1 – Tem que ser no momento certo (isso seu sexto sentido dirá, ou quando acontecer você me procura para uma consultoria pra gente avaliar se está em um bom momento).

2 – Não pode ser invasivo demais. Do contrário, a mulher vai ter que se fazer de louca. E isso não acontecerá por falsidade, mas por constrangimento.

Alguns exemplos relativamente comuns que, sei lá o que se passa na cabeça de vocês, mas vocês fazem kkkk:

Tem cara que quer conversar sobre sentimentos, mas já chega falando que reparou que você não para de olhar pra ele OU perguntando se você pensa muito nele, OU até perguntando se você já se masturbou pensando nele! Em qualquer uma dessas hipóteses: A MULHER VAI RESPONDER O QUÊ, SEM ÔR? KKKK

Você tem que dizer os seus sentimentos e/ou interesses e, sem perguntar nada sobre os dela, deixe rolar. O resultado é óbvio: se ela tiver interesse, acabará falando algo mais cedo ou mais tarde. Agora, se você emparedá-la ou bancar o gostosão que já sabe que ela está toda melada (kkkk), ela só poderá fugir, concorda?

Não demore muito para nadar

Essa parte é sensível, exige muito bom senso e como a maioria dos homens não tem, consultoria com a Lu aqui. Porém, se você conseguir essa parte sozinho, nem precisará me procurar.

Ao mesmo tempo em que tudo tem o momento certo e você não pode sair metralhando, se você demorar DEMAIS, a mulher pensará que você não quer nada com ela e que foi apenas uma impressão/ilusão, entende? O resultado natural disso é que com o tempo ela acabará se desvinculando e isso tornará as coisas ainda mais difíceis pra você.

Chame-a para sair. Sozinho, com os amigos de vocês, dê seu jeito, mas chame-a. Tá com vontade de enviar uma mensagem? Envie, não pense demais. É claro que não pode ser nada constrangedor como nos exemplos citados acima (rs), mas mande.

Enfim, se coce. Não fique que nem um cachorrinho com medo dos seus sentimentos, até porque a vida é feita pra quebrar a cara e viver intensamente mesmo – quer a gente queira ou não! Do contrário, fica tudo muito sem graça, entramos em depressão, sentimos vazios e coisas ruins que não entendemos, mas ao mesmo tempo sabemos exatamente os motivos que as fazem acontecer….

É como a música do Projota que em breve citarei em um vídeo: “Vivendo nesse mundo louco. Só quero me entregar um pouco. E permitirsentir”.

Se interesse pela vida dela

Tem homem que fala tanto de si, quer tanto mostrar que é um bom partido, que se esquece de simplesmente FAZER.

Pergunte como foi a faculdade, ofereça ajuda sem ela precisar te pedir, seja bacana. Aqui exige bom senso de novo, porque ser bacana não é ser bobão nem anular a sua vida por ela. Ou seja, sobrou um tempo no seu dia e não te prejudicará em nada? Mostre a que veio.

Faça surpresas

Não precisa envolver dinheiro, pode envolver atenção, mas gosto de dar exemplos que envolvam dinheiro (nem que seja um valor irrisório) porque ficam mais fáceis de entender.

Ela tá com sede? Pegue uma água. Só que não fique se tremendo todo querendo ser o príncipe do ano. Converse numa boa como se fosse qualquer outra amiga mesmo. A ideia é ser legal, paceiro, não príncipe boneco perfeito, sabe?

Por fim e talvez a dica mais importante de todas:

NÃO – TENHA – MEDO – DELA.

Essa seria um copilado de todas as outras, mas resumindo o resumão:

Não tenha medo de falar com ela.

Não tenha medo de respirar perto dela.

Lembre-se que ela mija, caga, peida e às vezes manda mal na cama: que nem você!

Não tenha medo de falar demais ou de menos. Fale o que você sente que deve ser falado, simples assim e não complique.

Não tenha medo de perdê-la, até porque se você perdê-la, se matar é que você não vai né? E tal como eu disse: o medo de perder que te faz pensar demais e acabar perdendo de fato.

Se não se pode ganhar tudo, temos de concordar que SE for pra ganhar, ser natural e fazer as coisas no momento que você está afim de fazer tendem a te fazer mais ganhar, do que perder: afinal de contas, naturalidade a gente sente de longe. E todos nós gostamos dela!

Nada deu certo e nada que você faça pega a atenção dela? Então provavelmente você perdeu o tato (tarde demais ou você precisará de acompanhamento para tentar reverter), ou ela simplesmente não estava afim de você. E convenhamos que, quando a mulher não tá afim, a gente não força.

Ah, tem mulher/homem também que não gosta de gente bacana, mas aí fica naquela, né? Você quer viver um romance sadio ou um amor impossível? Se ela não valorizar, de novo, não force e mande pastar. TUDO tem que ter bom senso e equilíbrio e é aí que muito homem  peca.

Boa sorte!
Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.