Ele mudou, mas não consigo esquecer a traição dele

122

Leitora: Eu e meu companheiro temos 20 anos, nos conhecemos por aplicativo de relacionamento. Eu não queria namorar, pois além de me achar nova, queria curtir a vida, (estava com apenas 17 anos quando o conheci). 

Começamos a namorar depois de muita insistência dele, e um mês depois viajei a outro estado pra visitar meu pai. Nisso já tivemos alguns conflitos por conta da distância. Quando voltei, assumimos o namoro e seguimos, e então com 7 meses ele me contou que, enquanto estava namorando e tendo relações comigo, namorou e teve relações com mais duas. Nesse momento meu chão desabou, eu ameacei terminar muitas vezes, mas acabei continuando. Estamos com 2 anos juntos e isso ainda influencia muito, já não sei mas o que fazer. Ele mudou, pelo menos ao que os olhos veem, só que as lembranças ainda me assombram. 

O que eu posso fazer para mudar isso ? 

Você quer descobrir se é corna ou ser feliz?

Não que alguém aqui goste de ser corna, mas eu sinceramente não entendo essa obsessão que muitos homens e mulheres têm em saber se são – ou não – traídos. E aí a felicidade, a paz mental e o curtir o dia a dia que é bom, “nada”, né?

Acho ego e vontade de controle demais, para vontade de viver e ser feliz de menos.

Simplifique, minha amiga.

No fundo no fundo, você acha que o homem tem que ser fiel sempre e independente de qualquer coisa?

Se sim, sinto muito, mas seu namoro já melou desde o dia em que ele se mostrou alguém “com conduta diferente das suas crenças pessoais”.

Porém, se no fundo no fundo você acha que “quem erra uma vez, pode não errar a segunda”, ou que “mesmo que ele erre a segunda, o que os olhos não veem, o coração não sente,” tá esperando o que pra viver a vida e ser feliz?

Ou perdoa, ou não perdoa!! Ou termina, ou fica com ele! Pare de ser doida kkkk.

“Mas e se eu decidir ficar com ele, mas depois descobrir que continuo sendo corna, Luiza?”

Aí sim você vê o que faz. Só trabalhe com problemas reais! De resto, use seu cérebro para crescer e ao menos tentar ser feliz nessa vida.

Isso me lembrou de um comentário engraçado de um amigo meu…

Certo dia, ele comentou que “eu deveria ser a melhor namorada do mundo”, só que por “ser muito esperta”, os homens deviam ter medo de namorar comigo.

Daí sabe o que respondi?

Que fora estar longe de ser o que ele disse (claro kkk), que é mais fácil “uma menos esperta descobrir que levou chifre”, do que eu. E sabe por quê?

Porque estou muito mais preocupada em conquistar o mundo e fazer algo de bom no mesmo, do que se tô levando chifre ou não.

Me demonstrando amor e cuidando de mim, eu que não vou pagar de louca. Daí seeeeeeeeeeee um dia eu descobrir algo, aí sim eu penso no que vou fazer.

Desenhando:

Ele te agrada?

Te trata bem?

É parceiro?

Mais qualquer outro adjetivo que você valorize em um homem?

Então chifre é o “de menos”!

Agora, se fora ele nem ser lá grandes coisas, no fundo você ainda se sentir pouco amada e achar que ele te trai, aí sim temos um imenso problema.

Caso mesmo assim você continue perturbada, me procure para consultas particulares. Mas nesse seu caso, nem sei se precisa, porque a história é simples assim, rs.

Boa sorte!

 Assista: Tenho medo de ser traída/o 

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.