Meu ex quer tentar de novo, mas desconfio que ele tem outra

21

Leitora: Eu e meu ex estávamos sempre nos falando, em uma tentativa de quem sabe voltar. Terminamos há quase 3 meses e ele sempre falou que nunca se envolveu com ninguém nesse tempo. Ontem eu estava stalkeando o insta dele e vi uma rede social alternativa, onde pessoas fazem perguntas anônimas e ele responde se quiser e posta. A maioria das perguntas era perguntando se ele era solteiro, ou de pessoas que queriam se envolver com ele e as respostas eram ”fala comigo no direct”.

Aquilo me magoou muito e fui perguntar, em um primeiro momento ele falou pra não se apegar ou esperar ele, pq ele tem muitos problemas profissionais e que não se vê com ninguém, falou que eu deveria ser feliz e que ele tentou me fazer feliz no tempo em que estávamos juntos, mas que ele não era homem pra mim. Respondi que tudo bem e ele não gostou, expliquei a ele que eu não poderia ficar mal, pois tenho uma prova importante para realizar no final de semana.

Nesse segundo momento ele começou a dizer que sente falta de tudo em mim, que me ama demais e que eu não merecia sempre ouvir sobre os problemas dele. Eu disse que nunca liguei de ouvir sobre tais problemas, me incomodava mesmo era essa situação nessa rede social. Ele falou que não tem controle sobre as pessoas que falam com ele, e que que no meu instagram sempre foi cheio de homens e que ele nunca ligou, pois confiava em mim. Pediu para que eu esquecesse o que ele falou nesse primeiro momento e pediu para que a gente tentasse de novo, só que com mais calma.

Confesso que estava esperando por esse momento por muito tempo, mas agora que aconteceu, eu realmente só consigo pensar nessa rede social com essas respostas dele e não consigo acreditar que ele não tenha outra pessoa. E o pior, durante esse tempo eu não fiquei com ninguém, mas confesso que tive flertes com vários rapazes e que não aconteceu por conta de não ter compatibilidade de horários por estar estudando pra prova. O que devo fazer nessa situação, e pq você acha que eu me sinto assim, pq nem eu estou conseguindo entender?

Namoramos por mais ou menos 1 ano e 3 meses, e o motivo do término é que eu não aceitava a maneira dele ser, não gostava por ele não ser romântico, não ser do tipo que faz planos e eu acabei achando que por conta disso eu deixei de gostar dele. Decidi fazer terapia, e mudei alguns aspectos das crenças que eu achava que era correto. Pois nem tudo seria do jeito perfeito, o que lhe faltava em romance, sobrava em atenção e muito carinho, podia não fazer planos sobre um futuro casamento, mas estava sempre se esforçando pra ficar perto nos fins de semana. Ele também tem as falhas dele, não foi só de culpa minha, ele sempre foi bastante ciumento e machista, a ponto de não suportar que eu saia com amigas, e hoje me parece que ele tem relutado com isso e mesmo com um pouco de dificuldade ele não se mostra tão incomodado.

No geral, apesar dos problemas, aquela paixão, o fogo nunca apagou e sempre que estamos juntos tem sorrisos e cumplicidade. Ps: eu tenho 26 anos e ele 28.

Vamos por partes: se procurou terapia e continua muito confusa, me procure para consultas particulares, mude de psicólogo, ou tente unir dois profissionais diferentes afim de estimular novos métodos e perspectivas para você.

Veja a diferença entre conselheiros, psicólogos e psiquiatras.

Depois que você precisa pensar que, se ninguém é perfeito – a começar por você – quais são as coisas que você realmente não abre mão em um homem?

Companheirismo?

Fogo?

Romantismo?

O quê?

Ao que parece, seu ex tem várias qualidades. Porém, como ele não tem TODAS as qualidades do mundo, vocês acabaram brigando. Será que você foi exigente demais, ou será que ele não estava te dando “a sua exigência mínima”?

Se foi a segunda opção, termine, visto que, se as pessoas são o que são, não adianta criar a ilusão que ele mudaria “só porque você quer que ele mude”. Até porque, nem sabemos se isso faria sentido para ele, ou até mesmo o faria feliz.

Agora, se o caso for a primeira opção, talvez seja melhor aceitá-lo, ainda que você possa tentar aperfeiçoar certas imperfeições nele. Mas sem expectativas de mudanças, ok?

Em suma:

Defeito pesado demais = termina.

Defeito normal = você também tem. Porém, dá pra tentar crescer junto com paciência e sem muitas expectativas.

E outra: quais são os seus defeitos? Não vi nenhum deles na pergunta. Digo isso porque se você não tiver equilibrado tudo muito bem na balança, pode acabar terminando sem necessidade para tal.

Outro ponto importante é que, bem como você, ele estava claramente tentando seguir a vida dele. Então, se vocês terminaram, não existe absurdo nenhum ter essa rede de perguntas anônimas, nem pedir para as mulheres mandarem direct.

Ou sua intenção era terminar, porém, mantê-lo fixo em você e te dando satisfação sobre tudo? É muito ego e ingenuidade, né?

Também não faria sentido voltar com ele e continuar cismada com essa rede. Relacionamento é assim: solteiro é solteiro. Comprometido é comprometido e rolo é rolo.

Sendo assim, ou você confia, ou seria burra demais ao voltar com uma pessoa que já está te dando dor de cabeça sem nem ter (re)começado direito.

Só confesso que achei estranho ele querer voltar apenas depois que você demonstrou “estar tudo bem”. Quando rola esse tipo de coisa, eu sempre acho que é mais questão de ego e te manter de plano B, do que sentimento por você. Parece que, tal como você, ele queria “estar solteiro, mas contigo ainda na dele”. Daí quando viu que não era bem assim, deu pra trás na mesma hora e quis “fazer diferente”.

Resumo da ópera:

1- Não dá pra saber se vocês realmente se amam nesse seu caso em específico. O lado bom é que, muito provavelmente, você já sabe dessa resposta independente “do que eu ache”.

2- Se amando ou não, ao que tudo indica, ambos estão tentando seguir a própria vida, ainda que queiram ter a garantia do outro como plano B.

Tudo isso leva a uma sugestão final 3:

3- Que tal voltar a ficar com ele? Daí ele fica com quem ele quer, você fica com quem você quiser e aí, talvez, vocês voltem a namorar futuramente?

Essa opção pode até gerar um pouco de ciúmes, porém, talvez seja melhor isso do que o cara fingir que não usa o app e você fingir que também não estava paquerando outros caras, né?

Às vezes e melhor viver e ser feliz do que ficar desesperada à procura de garantias.

Boa sorte.

Instagram
Share.

About Author

Luiza Costa

Brasiliense morando em Curitiba. Escritora, blogueira, youtuber. Espero te encontrar todos os dias nas redes sociais pra que possamos debater os mais variados temas e crescermos juntos.